Judiciário

Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 15h:32 | Atualizado: 02/06/2020, 11h:01

CAMPANHA DE 2018

PF investiga eventual omissão de doação de R$ 1,5 mi para a campanha de Selma

Marcos Oliveira

Selma Arruda

A secadora cassada Selma Arruda, durante reunião de comissão no Senado; PF investiga doação de suplente, em inquérito proposto pelo MPF

A Polícia Federal vai investigar possíveis crimes cometidos pela senadora cassada Selma de Arruda (Pode) quanto ao uso e declaração de R$ 1,5 milhão que teriam sido doados pelo 1º suplente, Gilberto Possamai. A pedido do MPF, será verificado se houve omissão de declaração de receita na prestação de contas da campanha eleitoral da então candidata em 2018 e as despesas realizadas com esse dinheiro. Se for culpada, Selma pode pegar pena de até 5 anos de prisão além de multa.

O dinheiro, segundo Selma, seria de empréstimo que ela teria feito junto a Possamai, que também está sendo investigado pela Delegacia de Defesa Institucional da Polícia Federal.

À época a denúncia também foi feita por Carlos Fávaro (PSD), derrotado por Selma nas urnas. Em abril desse ano, após o Senado determinar o afastamento da juíza aposentada, Fávaro assumiu interinamente a vaga até nova eleição.

Selma e Possamai são investigados sub suspeita de omitir informações que deveriam contar nos documentos enviados à Justiça Eleitoral. O valor de R$ 1,5 não foi declarado como recursos da campanha e ambos dizem que se tratou de empréstimo pessoal de Possamai para Selma.

Cassação

A cassação da senadora foi após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) identificar uso de caixa 2 e abuso de poder econômico durante a campanha de 2018.

Em janeiro, o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, determinou à Mesa Diretora do Senado que desse posse ao terceiro colocado, Carlos Fávaro. Mas isso ocorreu somente em abril.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • João Vacarias | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 16h01
    0
    0

    João Vacarias, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Joelson e as traições política e familiar

joelson 400   Dos 23 vereadores pela Capital que vão à reeleição, o que mais deve enfrentar dificuldades para obter êxito nas urnas é o sargento Joelson (foto), que aproveitou a janela de março e trocou o PSC pelo Solidariedade. Primeiro, por causa da atuação pífia. Trata-se de um...

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.