Judiciário

Quinta-Feira, 22 de Maio de 2014, 16h:41 | Atualizado: 22/05/2014, 17h:30

PGR cita Jurupari para convencer avocação de Eder, além da prisão

.

eder_interna.jpg

Ex-secretário preso, Eder Moraes 

Regalias identificadas por agentes federais e por uma emissora de TV durante a detenção de Janete Riva, esposa do deputado José Riva (preso nesta terça (20) pela PF), na Operação Jurupari, que apurou crimes ambientais e foi deflagrada em maio de 2010, foram utilizadas como argumento por parte da Procuradoria-Geral da República para solicitar a avocação de competência, por conexão probatória, para o processo e julgamento do ex-secretário de Fazenda e da Casa Civil Eder Moraes, além de pedir a sua prisão.

A PGR, após apontar forte influência de Eder, ressalta que as mais altas autoridades estaduais estão “imbricadas” nos fatos da investigação, criando a possibilidade de que ele tenha privilégios. Neste contexto, cita a ação da Jurupari – quando foram presas, entre outras pessoas, Janete e o ex-secretário de Meio Ambiente Luis Daldegan, recolhidos no Corpo de Bombeiros da Capital.

A afirmação se baseia em imagens recebidas, à época, pela PF. “Demonstravam nitidamente as regalias (uso de aparelho celular, visitas ilimitadas e circulação livre) usufruídas e oferecidas no estabelecimento provisório de pena para os presos provisórios próximos ao governador (os filhos de José Riva e de Silval são casados). A situação somente foi resolvida, após decreto judicial de transferência dos presos”.

Antes de citar a Jurupari, a PGR reforça que as condutas de Eder demonstram que ele atuava nos serviços financeiros do banco clandestino operados por Júnior Mendonça e a mando de pessoas com a prerrogativa de foro, por isso, deve ser investigado na instância extraordinária. Para sustentar a argumentação, a Procuradoria cita três condutas irregulares: falsificação de cópia do requerimento do MPF, de lavra do procurador Thiago Lemos, de prisão preventiva em seu desfavor. O documento foi apreendido na casa dele.

Além disso, Eder procurou, conforme o despacho, o promotor Marcos Regenold Fernandes, do Gaeco, para obter proteção, tendo sido identificados pelo menos 2 diálogos indicativos de relações espúrias com o promotor. E, por último, segundo a PGR, há indícios robustos de que ele procurou, com provável auxílio de Regenold, tumultuar e desfocar a investigação, induzindo o Departamento da Polícia Federal de que queria ser um colaborador premiado. “Fica muito claro, com base no que efetivamente vem ocorrendo, que Eder Moraes Dias, se mantido em liberdade, procurará mobilizar todos os meios, em seu alcance, para obstruir a elucidação da verdade, criando risco concreto para o êxito da investigação”, destaca a PGR.

Ararath

A Operação Ararath, que investiga crimes financeiros e lavagem de dinheiro, foi deflagrada no ano passado. Desde então, já foram realizadas 5 etapas. Na última, além das prisões de Eder e Riva, os agentes federais reviraram as casas do governador Silval Barbosa (PMDB), do prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSB) e do conselheiro Sérgio Ricardo. Os últimos dois também tiveram o gabinete visitado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eduardo | Sexta-Feira, 23 de Maio de 2014, 12h02
    0
    0

    Homem muito inteligente, mas usa a sua capacidade para fazer coisas erradas dentro da administração pública.

Punição a 2 ex-presidentes da Câmara

haroldo curtinha 400   Apesar de ter julgado regulares as contas de gestão de 2016 da Câmara de Cuiabá, ano em que teve dois presidentes, o já falecido Júlio Pinheiro, entre janeiro e junho e, depois, Haroldo Kuzai (foto), de 20 de junho a 31 de dezembro, o conselheiro interino João Batista Camargo, em...

Guiratinga, frota sucateada e a farra

sinval vilela 400 curtinha   O vereador Sinval Vilela (foto), do DEM, disse que em Guiratinga, administrada por Humberto Domingos, o Bolinha, está havendo farra com dinheiro público. E lista descasos e atos de incompetência do prefeito. Conta que a prefeitura possui um caminhão pipa, mas está encostado no...

Verba a quem não tem litígio à União

emanuel pinheiro 400 curtinha   Apesar do governo estadual anunciar que está recebendo os R$ 359 milhões da União, essa verba oriunda do chamado Orçamento da Guerra (Emenda Constitucional 106) para ajuda no combate ao coronavírus só será liberada a partir do próximo dia 9 e para quem, seja...

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

Candidatíssima à vereadora em Cuiabá

gisele almeida 400 curtinha   A apresentadora de TV, Gisele Almeida (foto), vai mesmo encarar o teste das urnas como candidata à vereadora em Cuiabá. Irmã do ex-vereador, ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, ela não perde tempo nas articulações. Recentemente, recebeu no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.