Judiciário

Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 09h:15 | Atualizado: 24/06/2019, 16h:17

PMs dizem que Scheifer estava “contente” após operação com morte de assaltante

Dois policiais militares que participaram de uma operação liderada pelo tenente do Bope Carlos Henrique Scheifer em Matupá afirmaram que ele estava “contente” com o resultado da ação. Os depoimentos contradizem a versão contida na denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) contra o cabo Lucélio Gomes Jacinto, o sargento Joailton Lopes de Amorim e o soldado Werney Cavalcante Jovino.

O MPE afirma que o registro da ocorrência desta operação teria causado desavença entre Scheifer e o cabo Jacinto. Eles teriam discutido sobre a maneira de registrar a morte do assaltante de bancos Marconi Souza Santos, atingido por Jacinto durante o cerco a uma casa em Matupá.

Rodinei Crescêncio

Julgamento caso Scheifer

Audiência em que militares são interrogados sobre a morte de Carlos Scheifer. 2 policiais, que participaram da operação, dizem que tenente estava feliz

A presença de um fuzil nas mãos do criminoso teria sido forjada, na opinião do tenente do Bope. O atrito teria culminado na morte de Scheifer naquele mesmo dia com um tiro que partiu do fuzil de Jacinto, segundo perícia feita pela Politec.

O soldado Daniel Ortega e o sargento Maciel Alves da Conceição prestaram depoimento à Justiça em 17 de junho. Eles foram arrolados pelas defesas dos três réus.

“Ele (Scheifer) estava contente, nos parabenizou pela abordagem. A minha guarnição fez a primeira abordagem lá no posto e graças a isso conseguiram chegar a esses outros indivíduos que estavam na casa. Ele estava contente”, disse o sargento Maciel.

O militar se referia a uma abordagem feita a outro membro do grupo de Marconi, no dia anterior, que levou o grupo do Bope a cercar uma casa em Matupá. No local, estavam, além de Marconi, outros dois comparsas que atuavam nos crimes conhecidos como “novo cangaço”.

Já o soldado Ortega descreveu momentos seguintes ao registro do boletim de ocorrência da morte de Marconi. “Ele estava eufórico, colocou a máscara de caveira (típica do Bope), tirou fotos e depois parabenizou a gente. Acredito que não estava descontente”, declarou à Justiça.

Para denunciar os militares, o MPE se baseou em depoimento do sargento Antônio João Ribeiro. O PM estava em Matupá para a operação e acompanhou a chegada de Scheifer ao hospital, depois de ser atingido. Ele teria ficado encarregado de ouvir Jacinto, Amorim e Jovino, mas teria escutado que deveria “esperar” porque os três estavam reunidos.

Inicialmente, o caso foi reportado como se Scheifer tivesse sido atingido por um criminoso. Depois da perícia da Politec, a investigação apontou para fogo amigo do cabo Jacinto. O MPE afirma que Scheifer sofreu uma emboscada dos colegas de farda e que uma farsa foi criada para esconder o crime.

Oitivas remarcadas

O juiz Marcos Faleiros, da 11ª Vara Especializada da Justiça Militar, remarcou outros depoimentos que estavam marcados para junho. As demais testemunhas serão ouvidas nos dias 9, 11 e 13 de dezembro deste ano.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Abicalil renova pedido e segue na AL

carlos abicalil curtinhas   O ex-deputado federal Carlos Abicalil (foto), ex-presidente do Sintep e com histórico de várias disputas eleitorais, sem êxito nas urnas, como de governador e de senador, renovou o pedido junto ao governo para continuar em desvio de função até junho de 2020. Ao invés de...

Praças terão espaço à inclusão social

emanuel pinheiro curtinha   Merece elogios a ideia do prefeito Emanuel Pinheiro (foto) de dotar todos os parques municipais de Cuiabá de equipamentos especiais para permitir diversão, entretenimento e atividades físicas a pessoas com deficiência. Isso mostra a preocupação do gestor com a inclusão...

DEM é fraco em Cuiabá há décadas

O DEM dos irmãos Júlio e Jayme Campos e agora do governador Mauro Mendes enfrenta resistência histórica na tricentenária Cuiabá. Fundado em 1985 como PFL, que absorveu dissidentes do velho PDS, o DEM hoje não possui uma cadeira entre as 25 na Câmara Municipal. Aliás, não elege vereador há três legislaturas. A última vez que o partido tentou disputa para prefeito da Capital foi em 2000 e, curiosamente, tendo...

Nininho, falta à sessão e justificativa

O deputado Ondanir Bortolini, o Nininho, contesta informação de que teria "amarelado" ao não comparecer à sessão ordinária da Assembleia, que resultou na aprovação da mensagem do governo sobre reinstituição dos incentivos fiscais, em primeira votação, pelo placar de 15 a 7. Em verdade, o parlamentar do PSD justificou oficialmente sua ausência. Explica que foi internado e, por orientação...

Efetivados irregularmente e recebendo

darci lovato curtinha   Entre os quase 100 servidores da Assembleia que já tiveram estabilidade funcional cassada pela Justiça em 1º grau por alguma irregularidade em documentos, estão ex-secretários municipais, colunista social, ex-policiais, radialista, ex-prefeito, ex-vereador e outros que já tentaram, sem...

Governo quita toda a folha de junho

O governo estadual concluiu nesta sexta (19) o pagamento de junho dos servidores ativos, inativos e aposentados que ganham acima de R$ 7,5 mil. Para essa quitação foram necessários R$ 61,8 milhões. Com isso, liquidou totalmente a folha de junho dos cerca de 100 mil funcionários públicos, que consomem R$ 472,7 milhões. No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5,5...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.