Judiciário

Domingo, 16 de Fevereiro de 2014, 07h:27 | Atualizado: 17/02/2014, 13h:37

Político-apresentador, Eder deve ser acionado por fazer propaganda ilegal

.

eder_programa

Eder Moraes, pré-candidato a deputado estadual

O ex-secretário do Escritório de Representação de Mato Grosso em Brasília, Eder Moraes (PMDB), pode ser alvo de ação no TRE por campanha extemporânea. O peemedebista é pré-candidato a deputado estadual e apresentador do programa Eder Moraes - Fatos & Versões, transmitido por três canais de Mato Grosso -TV MT, 27; Canal 47, Rede TV; e 8, TBO. A atividade, até então, é permitida conforme calendário eleitoral. O prazo para que políticos se afastem é até 30 de junho, quando se encerra a realização das convenções.  

Acontece que, segundo o presidente do Movimento de Combate Contra a Corrupção (MCCE) Antônio Cavalcante Filho (Ceará), além do espaço televisivo, Eder também se promove através de outdoors espalhados pela Capital. Teria ainda contratado equipe para fazer panfletagem de seu programa em bairros , o que pode configurar ato ilegal.

Para o líder da entidade fiscalizadora, essa é uma forma de massificar a marca do político, que é justamente o espaço que tem na televisão. "É evidente que tem que se tomar providências quanto a isso", reforça.

A preocupação é ainda maior devido ao "histórico" de Eder Moraes, de acordo com Ceará. Ele reclama que o ex-homem forte do governo Blairo Maggi (PR) e da gestão Silval Barbosa (PMDB) teve o nome envolvido no Escândalos dos Maquinários e na Operação Cartas Marcadas. Por isso, o movimentoo promete ficar atento. O RDNews tentou localizar Eder para comentar o caso, mas ele não atendeu ou retornou as ligações.

Fiscalização integrada
O MCCE garante que levará a situação para um grupo integrado criado pelo TRE juntamente com entidades como Ministério Público, OAB, Polícia Federal e a ONG Moral, a fim de fiscalizar a atuação de pré-candidatos que tentem se aventurar em campanhas políticas antes do período permitido. "O objetivo é garantir a lisura do processo eleitoral e que todos estejam no mesmo nível na campanha, que prevaleça a vontade do povo e não do dinheiro e, acima de tudo, queremos que a democracia seja respeitada, assim como a lei", afirma Ceará.

Até agora, o TRE recebeu duas denúncias de propaganda eleitoral antecipada. O primeiro caso é de Figueirópolis do Oeste e envolve político do PSD. Já sobre a segunda situação o tribunal não pôde fornecer informações para não comprometer a fiscalização da irregularidade, tendo em vista que foi expedido mandado de constatação. 

Conforme o órgão, ambas estão em fase inicial. Primeiro a Justiça expede mandado de constatação, onde o oficial de Justiça vai até o local verificar se a denúncia procede ou não. Em caso positivo, o infrator é intimado a fazer cessar a irregularidade em 48 horas. Após, a denúncia é enviada a Procuradoria Regional Eleitoral que irá analisar os fatos e decidir se oferece ou não a representação. Se a MP oferecer a denúncia, o juiz a recebe, faz a análise e profere a decisão. A multa, se cabível, só será aplicada neste momento. Sendo assim, por enquanto, não há condenações e nem multa aplicada.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • sergio | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2014, 15h29
    0
    0

    não e possível uma pessoa ter o patrimônio que não e compatível com o salario da mesma,e revoltante para nos pessoas de bem ter que conviver com isso renova mt

  • Eduardo | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2014, 07h29
    3
    8

    Pra variar, existem pessoas que morrem de inveja do sucesso de outras. É impressionante! Este MCCE, presidido pelo vulgo Sr. Ceará, que só aparece em época de campanha eleitoral, o que todos nós sabemos o porquê, não tem moral alguma para criticar quem quer que seja. Porque ele não se candidata a algum pleito? Provavelmente porque, em primeiro lugar não se elegeria e em segundo lugar, que ser presidente do MCCE parece ser mais vantajoso. Eder, continue erguendo essa bandeira de justiça social pelo Mato Grosso. Rumo a AL.

  • Alexandre | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2014, 07h04
    6
    3

    Quem votar nesse cidadão é porque gosta de viver mesmo no chiqueiro, já foi mostrado e demonstrado a indole desse sujeito, devagar com a dor, MT não suporta tantos malandros

  • Ondino Lima Neto | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2014, 06h29
    4
    2

    Já passou da hora, para que a justiça eleitoral proíba quem tem mandato, exercer função de apresentador de rádio e TV.

  • cicero amorim | Domingo, 16 de Fevereiro de 2014, 20h42
    8
    6

    MCCE e Ong Moral faz campanha para Pedro Taques. Indiretamente, quando persegue os adverários políticos dele. Podem apurar que todos saberão disso. Não há credibilidade nessas organizações. Porque eleas não questionam no Ministério Público as viagens de avião e farto material distribuído pela turma de Taques? É uma pergunta que eles deveriam responder, se quiserem alguma credibilidade.

  • joaodedeus47@hotmail.com | Domingo, 16 de Fevereiro de 2014, 17h11
    7
    4

    e eder a turma la do posto fernando correia esta esperando pagamento

Bolinha é multado por irregularidades

humberto bolinha 400 curtinha   Por causa de irregularidades cometidas ainda em 2017, ao fazer aquisições sem realizar licitação e/ou pesquisa de preço, o prefeito de Guiratinga, Humberto Domingues, o Bolinha (foto), recebeu multa do TCE de 12 UPFs-MT, correspondente hoje a R$ 1,7 mil. E será intimado pelo...

Puxando o "rei" pra baixo em Tangará

reinaldo morais 400 curtinha   A pré-campanha ao Senado do empresário Reinaldo Morais (foto), o "rei dos porcos", evangélico e bolsonarista, vem ganhando aceitação popular em vários municípios. Mas, em Tangará da Serra, enfrenta muita resistência. Algumas pessoas próximas ao...

3 estaduais e 2 federais para prefeito

juarez costa 400 curtinha   Se na Assembleia, três dos 24 deputados se articulam por candidatura a prefeito, na Câmara Federal dois entre oito da bancada mato-grossense também pretendem fazer o mesmo. Tratam-se do emedebista Juarez Costa (foto), que apostará todas as fichas no retorno ao comando de Sinop, e do petebista...

PSDB rachado sobre nome a prefeito

ricardo saad 400 curtinha   O tucanato enfrenta uma incógnita em Cuiabá. A bancada na Câmara, hoje composta pelos vereadores Renivaldo Nascimento, Ricardo Saad (foto) e Toninho de Souza, defende apoio ao projeto de reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro. O partido, presidido na Capital por Saad, já faz parte...

Poucos da AL se arriscam pra prefeito

silvio favero 400 curtinha   Inicialmente seriam seis dos 24 deputados estaduais dispostos a concorrer ao pleito de novembro deste ano. Mas a lista vem sendo reduzida à medida que se aproxima das convenções. Sílvio Fávero (foto), por exemplo, sabe que a chance de ganhar a Prefeitura de Lucas do Rio Verde, onde...

Transferindo pandemia para Cuiabá

lucimar campos 400   Prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos (foto) transferiu praticamente o pepino da pandemia da Covid-19 à gestão da cidade vizinha, comandada por Emanuel Pinheiro. Ela faz questão de enfatizar que, numa reunião com porta-vozes do governo estadual, do TCE, da Assembleia e dos dois maiores...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.