Judiciário

Quarta-Feira, 14 de Agosto de 2019, 16h:39 | Atualizado: 14/08/2019, 20h:05

rival de arcanjo

Por falta de antecedentes, TJ dá liberdade a Dom, citado como líder do jogo do bicho

Mikhail Favalessa

Frederico Muller e Edson Nobuo Ybumoto

Frederico Muller e Edson Nobuo Ybumoto, em maio, ao deixarem a Defaz, em Cuiabá, após prestarem depoimento

A 3ª Câmara Criminal de Cuiabá determinou que seja dada liberdade ao empresário Frederico Muller Coutinho, conhecido como “Dom” e acusado de ser líder do Grupo FMC/Ello no jogo do bicho em Mato Grosso. Ele está preso preventivamente desde 29 de maio, quando foi deflagrada a Operação Mantus contra o jogo ilegal.

Votaram por libertar o empresário os desembargadores Rui Ramos Ribeiro, Gilberto Giraldelli e Juvenal Pereira da Silva. O parecer do procurador de Justiça Mauro Viveiros havia sido por negar liberdade ao empresário sob argumento de evitar continuidade dos supostos crimes ligados ao jogo do bicho.

Os magistrados discordaram do membro do Ministério Público Estadual (MPE) e seguiram voto do desembargador Rui Ramos, relator do pedido feito pela defesa do empresário. Na semana passada, a Câmara havia concedido liberdade a Giovanni Zem, acusado de liderar ao lado de João Arcanjo Ribeiro a outra facção do jogo do bicho conhecida como Colibri. Ao próprio Arcanjo, porém, a liberdade ainda não foi concedida.

“Estou concedendo a ordem da mesma forma que concedi em relação a outros porque ele não ostenta nenhum antecedente criminal nesse caso. É a mesma situação dos demais, de modo que aquelas medidas (cautelares) também me parecem suficientes para evitar a continuidade dessa atividade que, em tese, está sendo reconhecida, até porque houve denúncia. Não é a prisão o único modo de se conter essa atividade”, disse Rui Ramos.

O relatou citou o bloqueio de valores já determinado pela Justiça quando da deflagração da operação e também medidas que deverão ser aplicadas como monitoramento por tornozeleira eletrônica, impedimento de entrar em contato com demais investigados e testemunhas do caso, entre outros, como maneiras de evitar a continuidade dos crimes.

“Se demos para a outra facção, temos que dar a mesma decisão para esse caso, notadamente quando não há nenhuma diferença substancial”, concordou Giraldelli.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Bianca | Quinta-Feira, 15 de Agosto de 2019, 19h09
    0
    0

    Tudo como antes no quartel de Abrantes.

Falta na votação da emenda impositiva

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (foto), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara e pré-candidato a senador na suplementar de 26 de abril, explica que não procede a informação de que teria votado favorável à PEC 34/19, que assegura o orçamento impositivo de...

Feliz da vida na base e com emendas

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto) já chegou com moral no Governo Mauro Mendes. Depois de um ano fazendo oposição ao Palácio Paiaguás, o deputado tucano se tornou governista de carteirinha. E começa a colher os dividendos. Uma de suas emendas de R$ 300 mil para ajudar na...

Voto a favor e agora contra Congresso

O pitbull do governo Bolsonaro, deputado federal José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso, ao menos segundo sustentam seus adversários políticos. Contam que Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30 bilhões, vetado pelo presidente. Eis que agora, ele próprio, defende a...

Pátio, "chororô" e chance de reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), com seu estilo populista, adotou a estratégia de se passar por vítima dos grupos políticos. Leva sempre a mensagem para as massas de que é um prefeito rejeitado pela elite política pelo simples fato de estar apoiando os...

Taques nem aí para colegas tucanos

pedro taques 400 curtinha   Caiu a ficha, enfim, da cúpula do PSDB em MT sobre o jogo de cena de Pedro Taques (foto). Os tucanos esperaram até ontem para ver se o ex-governador iria ao partido se pronunciar sobre eventual pretensão em disputar o Senado. Taques deu de ombros para os colegas de partido, que lançaram hoje,...

Campos e tese sobre vice de Emanuel

joacelestino_curtinha_400   Depois de uma reunião na segunda passada, na casa do prefeito Emanuel, com pré-candidatos ao Senado, entre eles, Leitão, Neri, Max, Júlio e Jayme, ficaram conversando de forma reservada o prefeito de Cuiabá e os irmãos Campos. Ali, finalizaram um acordo de cavalheiros para que o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.