Judiciário

Segunda-Feira, 06 de Janeiro de 2020, 18h:11 | Atualizado: 07/01/2020, 10h:01

CUIABÁ

Por liberdade, jovem que capotou carro e matou um terá de pagar fiança de R$ 5 mil

Lucas Henrique Figuereido de Almeida capotamento

O jovem Lucas Henrique Figueiredo, após ser preso pela PM

A desembargadora Maria Erotides Kneip Baranjak, do Tribunal de Justiça (TJ-MT), determinou a soltura de Lucas Henrique Figueiredo de Almeida, de 23 anos, preso desde 1° de janeiro por furar um bloqueio policial e capotar o carro que dirigia na Capital. Na ocasião, um dos passageiros morreu e uma jovem ficou ferida.

A determinação é de ontem (5), após a defesa de Lucas ingressar com um pedido de habeas corpus. A desembargadora também estipulou uma fiança de cinco salários mínimos, equivalente a R$ 5.195 mil, para que ele responda em liberdade.

Inicialmente, a fiança havia sido fixada em 20 salário mínimos, porém, de acordo com a assessoria do TJ-MT, a desembargadora acatou parte do pedido da defesa, que alegou que o jovem possui renda mensal de R$ 1,4 mil. 

O jovem foi preso em flagrante por dirigir alcoolizado, em alta velocidade e sem CNH. No dia do acidente policiais ainda encontraram dezenas de latas vazias de cerveja dentro do carro. Conforme o Boletim de Ocorrência, os policiais que conversaram com Lucas relataram forte odor de álcool no hálito do jovem.

Questionado, ele acabou confessando que não tinha habilitação e havia bebido durante a madrugada, Lucas ainda se recusou a passar pelo teste do bafômetro. Após passar por audiência de custódia, ele teve a prisão preventiva decretada pelo juiz  Wladymir Perri, da 3ª Vara Criminal.

Desobedeceu ordem policial 

Segundo o Batalhão do Trânsito da Polícia Militar, Lucas dirigia em alta velocidade quando passou por um posto policial na região, ele também não teria reduzido para passar em um quebra-molas da via. Após perceberem as irregularidades, uma viatura seguiu o jovem e ordenou a parada por meio de sinais sonoros e luminosos. 

Lucas não obedeceu e seguiu ultrapassando vários veículos que trafegavam pela rodovia, além de invadir locais proibidos da pista. Ao passar por uma rotatória, ele perdeu o controle do carro, capotou e derrubou um poste. O jovem e Priscila conseguiram sair do carro, que ficou capotado na rodovia. 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • alexandre | Terça-Feira, 07 de Janeiro de 2020, 08h22
    1
    0

    porque o da RAM é 100 mil ?

Matéria(s) relacionada(s):

Conflito armado entre Ulysses e Elizeu

ulysses moraes curtinha   Já está dando confusão no PSL/DC o acórdão feito entre os deputados estaduais Ulysses (foto) e Elizeu. O primeiro confidenciou a amigos que não pretende apoiar a possível candidatura de Elizeu ao Senado, na eleição suplementar, marcada para abril. A considerar...

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

EP, macumba e pedido de desculpa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) admite ter sido infeliz ao usar o termo macumba quando se referiu à atuação e torcida de vereadores da oposição para seu governo não conseguir empréstimo de US$ 115 milhões para fazer investimentos. E citou que um deles teria feito...

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.