Judiciário

Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 17h:53 | Atualizado: 21/03/2020, 17h:07

Ligação com tráfico

Por risco de contrair coronavírus, TJMT manda soltar o vereador Jânio Calistro

Rodinei Crescêncio

Opera��o Cleanup j�nio calistro

  Jânio Calistro, que estava preso desde 19 de  dezembro, conseguiu habeas corpus alegando ser idoso, hipertenso e diabético e por isso, do grupo de risco

O desembargador Gilberto Giraldelli, da Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJMT), deferiu habeas corpus interposto pela defesa do vereador por Várzea Grande Jânio Calistro (MDB). Denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) por associação para o tráfico e ligação com a facção criminosa que atua dentro e fora do sistema prisional de Mato Grosso, Calistro está preso desde 19 de dezembro do ano passado.

No habeas corpus, o advogado Ricardo Monteiro alegou que Calistro tem mais de 60 anos, é hipertenso e diabético e por isso, está no grupo de risco para contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19). Por isso, apontou o risco de ser contaminado no sistema prisional e rogou pela soltura.

Na decisão, o desembargador Giraldelli lembrou que o  Conselho Nacional de Justiça  (CNJ) editou a Recomendação n.º 62, de 17 de março de 2020, propondo a adoção de medidas preventivas à propagação do vírus no âmbito dos estabelecimentos do sistema prisional, onde o índice de transmissibilidade é alto, colocando em risco não só a saúde das pessoas privadas de liberdade, mas também dos agentes prisionais, visitantes e da população em geral; inclusive mediante a reavaliação das prisões provisórias, nos termos do art. 316 do CPP, priorizando-se, em suma, idosos, indivíduos que se enquadrem em grupo de risco, mulheres gestantes, lactantes, mães ou pessoas responsáveis por menores até 12 anos ou deficientes, pessoas presas há mais de 90 dias ou que estejam relacionadas a crimes praticados sem violência ou grave ameaça à pessoa, e detentos recolhidos à unidades prisionais sob ordem de interdição ou com ocupação muito superior à capacidade, cujas instalações favoreçam a propagação do novo coronavírus, sendo tais medidas vigentes, em princípio, por 90 dias.

Com base na resolução do CNJ, o magistrado colocou Calistro em liberdade provisória. Além disso, determinou que o juízo de primeiro grau imponha medidas cautelares ao vereador.

No âmbito da Câmara de Várzea Grande, Calistro é alvo de comissão processante que pode resultar na cassação do mandato por quebra de decoro. Ontem (19), o suplente Caio Cordeiro (PSC) foi empossado na cadeira do emedebista.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • rico | Segunda-Feira, 23 de Março de 2020, 08h29
    0
    0

    rico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • jj | Segunda-Feira, 23 de Março de 2020, 08h05
    0
    0

    jj, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Tato Giraldelli | Segunda-Feira, 23 de Março de 2020, 08h00
    3
    0

    Do coronavirus ele PODE escapar..... mas da justiça DIVINA ...JAMAIS

  • Diego A L | Domingo, 22 de Março de 2020, 10h48
    4
    0

    Teria que permanecer em prisão domiciliar e com tornozeleira eletrônica, não obter HC, agora volta para a Câmara dos horrores de VG, como se nada tivesse acontecido...

  • alexandre | Domingo, 22 de Março de 2020, 07h17
    3
    0

    Absurdo...este é nosso jud...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

PL quer suspender dívidas das cidades

max russi curtinha 400   Ex-prefeito de Jaciara, o deputado Max Russi (PSB) apresentou projeto que visa suspender os pagamentos das dívidas dos municípios com o Estado, durante o período de calamidade pública que foi decretado pelo governo por causa da pandemia do coronavírus. Max ressalta que MT não deve...

Articulação pra tentar voltar ao Procon

gisela simona 400 curtinha   Com adiamento e ainda sem nova data para a eleição suplementar ao Senado, Gisela Simona (Pros), que se afastou do Executivo para concorrer ao pleito, quer retornar ao cargo de secretária-adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon), vinculado à secretaria...

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.