Judiciário

Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 09h:23 | Atualizado: 16/04/2018, 16h:17

Presidente do CRM pede cuidado para não pré-julgar e ressalta dever de salvar vidas

O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) se reunirá às 18h desta terça (17) para discutir que providências podem ser adotadas com relação à médica Letícia Bortolini, que no sábado (14) suspeita de atropelar e causar a morte o verdureiro Francisco Lúcio Maia, 48 anos, além de deixar o local sem prestar socorro. Ao , a presidente do Conselho, Maria de Fátima de Carvalho Ferreira, pede cautela para que não seja feito um julgamento precipitado da médica.

Reprodução

Maria de F�tima

Presidente do Conselho Regional de Medicina de MT, Maria de Fátima, pede cautela 

“A gente ouviu uma decisão judicial já até concluindo sobre a personalidade da pessoa, acho que sem avaliação mais profunda de nada. A gente é muito cuidadoso no sentido de não formular juízo de valores no momento em que a gente precisa, primeiro, coletar informações, dados, para não cometer injustiça, nem de um lado nem de outro”, critica em referência à decisão da juíza Renata do Carmo Evaristo Parreira da 9ª Vara Criminal, que concluiu que Letícia tem “personalidade criminosa” e decretou a prisão preventiva da médica.

A presidente do CRM-MT ressalta que o caso não ocorreu no exercício da profissão, “então a gente tem que discutir qual vai ser a abordagem porque o CRM atua sempre na questão do código de ética médica”. Neste sentido, ao ser questionada sobre o juramento que todo médico faz ao iniciar na profissão, pondera que todos têm obrigação de salvar qualquer vida que esteja próxima. “Acho que isso é até de código de conduta para qualquer pessoa”.

O caso

Acho que isso é até de código de conduta para qualquer pessoa

Letícia, que apresentou sinais de embriaguez, teria atropelado Francisco na avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, na madrugada de sábado. Ele tentava subir no canteiro central com seu carrinho com verduras quando foi atingido e arremessado contra uma árvore, morrendo no local. A médica, que dirigia um Jeep branco, “não chegou nem a frear”, conforme relato de uma testemunha que viu o atropelamento, e fugiu em alta velocidade, mas foi seguida até entrar em um condomínio de classe alta, na Capital.

A médica foi presa e autuada em flagrante por homicídio culposo na direção de veículo e omissão de socorro. Na tarde do domingo (15), Letícia passou audiência de custódia. A juíza Renata negou o arbitramento de fiança e decretou a prisão preventiva de Letícia. O advogado da médica, Giovane Santin, não se manifestou e estuda uma estratégia de defesa.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Tobias de Aguiar | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 13h30
    3
    1

    Como um ébrio poderá salvar a vida daquele que deveria dar guarida??? Indefensável. CRIME CONTRA A VIDA. DOLO EVENTUAL !

Matéria(s) relacionada(s):

Selma sob risco de ganhar e não levar

selma arruda curtinha   Uma das grandes surpresas nas urnas de MT, a juíza aposentada Selma Arruda (PSL), eleita senadora na 1ª vaga, ao alcançar 678.542 votos, ainda vai ter muita dor de cabeça até o fim da investigação em que é acusada de abuso de poder econômico, através de caixa...

Deputado culpa Emanuel pela derrota

valtenir pereira curtinhas   Valtenir Pereira (foto), do MDB, tem culpado, em parte, pela derrota nas urnas pelo quarto mandato, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, do mesmo partido. Em privado, reclama que o prefeito, que recebeu o seu apoio para chegar ao Palácio Alencastro em 2016, lhe passou as pernas, pois havia se comprometido em...

Eraí paga R$ 1 mi de dívidas de Taques

erai maggi   O empresário Alan Malouf revelou, em delação no STF, que em meados de 2016, já no segundo ano do Governo Taques, o rei da soja Eraí Maggi (foto), do Grupo Bom Futuro, lhe pagou R$ 1 milhão, inclusive em espécie. Segundo Alan, o pagamento serviu para abater o débito de parte de um...

Modesto embolsa R$ 300 mil de extra

julio modesto curtinhas   Não foi somente Paulo Brustolin, que recebera salário extra milionário para comandar a pasta de Fazenda do Governo Taques, totalizando R$ 1,4 milhão (R$ 500 mil de "luva" e mais R$ 80 mil mensais entre janeiro e dezembro de 2015). Segundo o delator Alan Malouf, um grupo de empresários,...

Mais de R$ 1 milhão só de salário extra

paulo brustolin sefaz curtinhas   Em delação homologada no Supremo em janeiro deste ano, o empresário Alan Malouf conta que o executivo Paulo Brustolin (foto), numa negociação chancelada pelo governador Taques, recebeu R$ 500 mil a título de "luva" para assumir o cargo de secretário estadual de...

Vice migra para PP e deve ir a prefeito

ubaldo barros curtinha   O vice-prefeito de Rondonópolis, professor universitário e empresário Ubaldo de Barros (foto), só esperou o resultado das urnas para migrar de partido. Trocou o PSL pelo PP, que terá uma cadeira na Câmara, com Neri Geller, e outra na Assembleia, com Paulo Araújo. Embora...

Pivetta atuará como gestor do Núcleo

otaviano pivetta curtinhas   Com carimbo de bom gestor que ajudou Lucas do Rio Verde, enquanto prefeito por 3 mandatos, a ganhar o topo nacional em referências, como de IDH e de educação, o empresário e vice-governador eleito Otaviano Pivetta (foto), do PDT, não vai assumir secretaria na gestão Mauro. Mas...

Distante e com maior votação em ROO

adilton sachetti curtinha   Embora distanciado de Rondonópolis - vive mais em Cuiabá -, o deputado federal e sojicultor Adilton Sachetti conquistou uma votação histórica ao Senado no município. Dos 333.082 obtidos nas urnas, 61.397 vieram da cidade onde ele foi prefeito e depois perdeu a...

Respaldo dá a Taques a maior votação

thelma de oliveira curtinha   Diferente de Rondonópolis, onde o apoio e empenho do prefeito Pátio contribuiu para tirar voto de Taques, em Chapada dos Guimarães, a prefeita Thelma de Oliveira conseguiu entregar o que prometeu de votos. Ela teve uma participação importante na boa votação do governador...

MAIS LIDAS