Judiciário

Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020, 07h:45 | Atualizado: 14/08/2020, 14h:39

PRÉ-CAMPANHA

PSL aciona senador "tampão" por disparo de mensagens em massa no Whatsapp

Rodinei Crescêncio

Conven��o do PSD homologa candidatura de Carlos F�varo

O senador interino Carlos Fávaro está no cargo desde abril e vem articulando seu nome para disputar a eleição suplementar de novembro deste ano

O PSL acionou o senador interino Carlos Fávaro (PSD) na Justiça Eleitoral por causa de mensagens disparadas em massa pelo Whatsapp. O partido afirma que os disparos, que enaltecem a atuação de Fávaro em seu mandato temporário, podem configurar propaganda vedada no período pré-eleitoral e também abuso de poder econômico.

Reprodução

Disparos em massa Carlos Fávaro

Mensagens no Whatsapp elogian Carlos Fávaro

No documento, encaminhado ontem (13) ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), o diretório do PSL afirma que o senador tem “se valido de contratação de disparos em massa de mensagens de whatsapp para potencializar seu nome na eleição que se aproxima”. A petição é assinada pelo advogado Guilherme Oliveira Carvalho.

São citados dois telefones com código de área de São Paulo e de Santa Catarina que enviaram as mensagens elogiando o senador.

O PSL pede que a Justiça Eleitoral determine a busca de informações junto às operadoras de telefonia para identificar quem seriam os proprietários das linhas, que provavelmente foram contratadas pelo senador.

“Em que pese ser possível ao detentor de mandato eletivo a divulgação dos atos parlamentares, no presente caso, por tratar-se de pré-candidato ao Senado, cujo processo eleitoral está batendo à porta, tendo as postagens potencial de massificar o nome e angariar da simpatia e apoio do eleitorado, está sujeito às restrições estabelecidas para todos os demais pré-candidatos”, diz.

Fávaro está no cargo de senador desde abril. Ele assumiu a cadeira no lugar da ex-senadora Selma Arruda, que teve o mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico nas eleições de 2018. Parte dos gastos que levaram à cassação de Selma também foram feitos no período de pré-campanha, à margem dos registros.

“Ora, ao propagandear seus feitos como senador interino, evidente que o requerido se coloca como melhor opção ao Senado, o que não é vedado, diga-se, desde que não o faça por formas proscritas, como está ocorrendo”, afiram o PSL.

O partido pondera que apesar de a divulgação do mandato ser algo legítimo, a contratação dos disparos em massa poderia ser enquadrada em propaganda paga na internet que está proibida até 26 de setembro, com exceção de posts patrocinados nas redes sociais do próprio pré-candidato.

No documento, o PSL pede que seja deferida uma liminar para que Fávaro informe se contratou empresa para disparos em massa, apresentando contrato, fonte dos recursos e outros comprovantes. Também que sejam identificados os números e que o senador se abstenha de fazer novos disparos.

Galeria de Fotos

Credito: Reprodução
Credito: Reprodução

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Nilson Raimundo de Freitas | Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020, 20h44
    0
    0

    É sempre assim em épocas de pre campanha e campanha Eleitoral os ataques, denuncias e processos sempre são direcionados a quem tem maior vantagem ou chance de eleição, e está claro que para Mato Grosso principalmente para o interior o nome de Fávaro pode dar esperança...TMJ

  • alexandre | Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020, 10h27
    4
    1

    vai perder o mandato ou vai ficar inelegível ?

  • Ze da roça | Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020, 09h55
    3
    1

    O PODER É TRANSITÓRIO PORTANTO VOTE NO NOVO POLÍTICO E SEM EXPERIÊNCIA E NUNCA VOTE NO PRIMO IRMÃO AFILHADO FILHO AMIGO DE POLÍTICOS

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.