Judiciário

Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 06h:40 | Atualizado: 14/12/2018, 12h:41

AÇÃO POR CAIXA 2

Selma denuncia ter sofrido extorsão para ser absolvida no TRE na ação por caixa 2

A senadora eleita Selma Arruda (PSL) afirmou ter sofrido três tentativas de extorsão para ser absolvida no processo por caixa 2 de campanha que tramita no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Apesar da gravidade da denúncia, a juíza aposentada não cita nomes nem relata se levou o caso ao conhecimento das autoridades competentes.

“Eu já fui três vezes extorquida por causa desta bagunça. Na primeira vez,  me pediram R$ 360 mil.  Na segunda,  R$ 600 mil, e na terceira, me pediram cargos para me absolver neste processo no TRE.  Eu não cedo a chantagem, eu não cedo a extorsão e vou continuar lutando. Se a gente ceder uma vez,  a corrupção se entranha em você e nunca mais sai de você”, declarou Selma,  a partir do minuto 18 da live no Facebook realizada ontem (13) à noite.

Além disso, Selma negou ter praticado caixa 2 e abuso do poder econômico. A senadora eleita também tentou explicar o empréstimo de R$ 1,5 milhão obtido junto ao primeiro suplente Beto Possamai (PSL),  na véspera de sua filiação partidária, que está sob investigação do TRE.

Selma começou a live justificando o motivo de sua ausência nas redes sociais. Segundo ela, foi por conta das notícias veiculadas na imprensa. Ela criticou a imprensa mato-grossense e negou caixa dois e abuso de poder econômico. Ela disse que tem convicção que será absolvida pela Justiça.

Sem entrar em detalhes do contrato, Selma justificou  o empréstimo dizendo que o financiamento da campanha pelo suplente evita o atrelamento com grupos. Por isso optou por não ficar comprometida com nenhum setor que costuma financiar a política no Estado.

 “Pra não ficar recebendo dinheiro de setores que eu ficaria amarrada, atrelada, eu optei por ter um suplente que pudesse arcar com estas despesas.  Entrevistei e gostei de Gilberto Possamai que financiou toda a campanha de marketing”, completou Selma.

Na live, Selma ainda se comparou ao presidente da República eleito Jair Bolsonaro (PSL) e seu filho, também senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que estão enfrentando denúncias sobre  depósitos bancários supostamente irregulares. Neste caso, culpa a imprensa, a esquerda derrotada nas eleições e diz que querem impedi-los de salvar o Brasil.

“Boa parte da mídia está se ocupando para me desconstruir, assim como estão fazendo com o capitão Bolsonaro, porque existe interesse, um contexto para que eu não entre, que quer que Bolsonaro não entre, que Flávio Bolsonaro não entre. Vou dizer uma coisa pra vocês, a esquerda perdeu, mas eles não estão mortos e estão unidos com a velha e podre política, com estes que colocaram o Brasil nesta derrocada. Não vão conseguir nos derrotar”, concluiu.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • O atalaia | Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 14h58
    1
    0

    A Senadora eleita parece que vive um ciclo hipnótico. Não é possível que não tenha aprendido a usar razoabilidade, a proporcionalidade e até mesmo a ética que parece ter-lhe faltado ante a situação ruinosa em que se envolveu....

  • Elias | Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 13h45
    1
    1

    Elias, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Anacleto de Campos Miranda | Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 11h39
    3
    0

    Selminha, agora que está no play, com Diplominha e tudo, já está mostrando que é uma ótima companheira de play. Fala, fala, fala, mas não entrega os amiguinhos. Fica tudo debaixo dos lençóis. Parabéns Selminha continue assim.

  • João costa | Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 11h08
    2
    0

    Se tivessem levado a sério as recomendações da doutora Eliana Calmon essas matérias não seriam mais veiculadas mas apesar de tudo o que ela fez pelo judiciário não foi reconhecido é agora vemos o por que.

  • Helio | Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 11h07
    1
    5

    Minha senadora vai pra Brasília e moraliza aquele territorio que hj e de ladrões Votei em voce e votaria novamente.

  • Donizeth | Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 09h06
    14
    1

    Sendo uma juiza, que conhece a legislação e diz que por 03 vezes fizeram proposta sobre seu processo e por que nao tomou uma atitude em denunciar essas pessoas de o nome, estranho,..... ou quer justicar a falta cometida?

  • nilton | Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 08h38
    14
    2

    extorsão? nome aos bois. Por quê esconder?

  • Ariosvaldez Rodrigues de LIma | Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 08h28
    7
    7

    Senadora, a senhora teve o meu voto; caso consiga resolver esta celeuma e venha a tomar posse, peço-te que, sob hipótese alguma, venha a votar em Renan para a presidência do senado!

  • Natascha Lopes | Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 08h12
    0
    0

    Natascha Lopes, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Leanddo | Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 08h03
    2
    2

    Leanddo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Matéria(s) relacionada(s):

Abicalil renova pedido e segue na AL

carlos abicalil curtinhas   O ex-deputado federal Carlos Abicalil (foto), ex-presidente do Sintep e com histórico de várias disputas eleitorais, sem êxito nas urnas, como de governador e de senador, renovou o pedido junto ao governo para continuar em desvio de função até junho de 2020. Ao invés de...

Praças terão espaço à inclusão social

emanuel pinheiro curtinha   Merece elogios a ideia do prefeito Emanuel Pinheiro (foto) de dotar todos os parques municipais de Cuiabá de equipamentos especiais para permitir diversão, entretenimento e atividades físicas a pessoas com deficiência. Isso mostra a preocupação do gestor com a inclusão...

DEM é fraco em Cuiabá há décadas

O DEM dos irmãos Júlio e Jayme Campos e agora do governador Mauro Mendes enfrenta resistência histórica na tricentenária Cuiabá. Fundado em 1985 como PFL, que absorveu dissidentes do velho PDS, o DEM hoje não possui uma cadeira entre as 25 na Câmara Municipal. Aliás, não elege vereador há três legislaturas. A última vez que o partido tentou disputa para prefeito da Capital foi em 2000 e, curiosamente, tendo...

Nininho, falta à sessão e justificativa

O deputado Ondanir Bortolini, o Nininho, contesta informação de que teria "amarelado" ao não comparecer à sessão ordinária da Assembleia, que resultou na aprovação da mensagem do governo sobre reinstituição dos incentivos fiscais, em primeira votação, pelo placar de 15 a 7. Em verdade, o parlamentar do PSD justificou oficialmente sua ausência. Explica que foi internado e, por orientação...

Efetivados irregularmente e recebendo

darci lovato curtinha   Entre os quase 100 servidores da Assembleia que já tiveram estabilidade funcional cassada pela Justiça em 1º grau por alguma irregularidade em documentos, estão ex-secretários municipais, colunista social, ex-policiais, radialista, ex-prefeito, ex-vereador e outros que já tentaram, sem...

Governo quita toda a folha de junho

O governo estadual concluiu nesta sexta (19) o pagamento de junho dos servidores ativos, inativos e aposentados que ganham acima de R$ 7,5 mil. Para essa quitação foram necessários R$ 61,8 milhões. Com isso, liquidou totalmente a folha de junho dos cerca de 100 mil funcionários públicos, que consomem R$ 472,7 milhões. No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5,5...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.