Judiciário

Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019, 08h:24 | Atualizado: 12/12/2019, 19h:28

EFEITO-CASSAÇÃO

Selma e suplentes vão pagar custo após eleição: valor precisa ser certo e exigível

Após a realização de eleições suplementares para a vaga deixada por Selma Arruda (Pode), cujo mandato foi cassado em 2ª instância pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Ministério Público Federal (MPF) ou a Advocacia-Geral da União (AGU) devem solicitar o ressarcimento à Justiça Eleitoral do valor a ser gasto com o pleito extraordinário. A estimativa é que o custo seja entre R$ 8 milhões e R$ 9 milhões. 

beto possamai selma 680

Selma Arruda e primeiro suplente Beto Possamai em um dos arrastões feitos na campanha

O procurador-geral regional Eleitoral de Mato Grosso, Pedro Melo Pouchain Ribeiro, explica que o ressarcimento, por ser tema da esfera cívil e não assunto eleitoral, não será tratado pelo MP Eleitoral.

“Os gastos que decorrem desse ilícito eleitoral podem ser imputados não tão somente a senadora, como a chapa, em especial ao primeiro suplente. Cabe ao MPF ingressar com uma ação para que a chapa arque com a eleição suplementar”. 

Selma, o 1º suplente Beto Possamai e a 2ª suplente Cleire Mendes, que são do PSL,  foram cassados pelos crimes de caixa 2 e abuso do poder econômico. 

Por outro lado, a cobrança só pode ser feita após a realização das eleições. “Para se fazer esse tipo de cobrança, o valor precisa ser certo, líquido e exigível. Juridicamente, há essa possibilidade, inclusive o MPF tem precedentes desta situação no Tocantins, que entrou com ações contra os candidatos que deram causa uma nova eleição para ressarcir esses recursos”, esclarece.

Apesar do aspecto econômico que envolve a eleição suplementar, Pedro defende que a maior preocupação no momento é que a nova disputa seja realizada de maneira correta e legítima.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Selma Arruda | Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019, 17h06
    3
    3

    Recebeu 678.458 votos válidos segundo a noticia, eu ajudo com 30 reais fácil. Se metade dos que votaram nela entendem que ela foi perseguida e também ajudarem com 30 reais ela paga isso fácil. Obrigado Dra Selma por mostrar coragem e enfrentar os corruptos desse países. Você é uma das poucas pessoas que fazem a gente acreditar que ainda da pra resolver sem partir para a barbárie.

  • Carlos | Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019, 14h21
    3
    2

    Deixa pra fazer a eleição junto da eleição do paletó.

Matéria(s) relacionada(s):

Estado reduz número de homicídios

alexandre bustamante curtinha 400   O secretário Alexandre Bustamante (foto), de Segurança Pública, está comemorando a redução do número de crimes em MT.  O Estado fechou 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. Nos 12 meses do ano passado foram contabilizados...

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

Fatura por média e multa à Energisa

thiago 400 ager curtinha   Após fiscalização no 2º semestre do ano passado, a Ager-MT multou em R$ 14,4 milhões a Energisa. Descobriu-se irregularidades na área comercial da concessionária de energia. Thiago Bernardes (foto), coordenador Regulador de Energia da Agência, explica que, no trabalho...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.