Judiciário

Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 09h:17 | Atualizado: 23/05/2019, 19h:52

Silval vai trabalhar com carteira assinada no império de comunicação da família

Rodinei Crescêncio

Ex-governador Silval Barbosa

Silval Barbosa é dono de um império no ramo da comunicação

Cumprindo pena no regime semiaberto desde terça (21), o ex-governador Silval Barbosa irá trabalhar em empresas da família na Avenida do CPA, no bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá. No local, funcionam as sedes de pelo menos três empreendimentos do ramo de comunicação: a Continental Comunicações Ltda, a Rádio Educadora Nova Geração Ltda e a Sistema Integrado de Comunicação Ltda. Esta última teria sido comprada com dinheiro de propina.

Ao autorizar Silval a cumprir pena no regime semiaberto, o juiz Geraldo Fidelis, da Vara de Execuções Penais de Cuiabá, determinou que o ex-governador fique recolhido em casa entre as 22h e as 6h. No restante do tempo, ele deve trabalhar. Para comprovar o exercício profissional, o delator precisa apresentar em sete dias a carteira de trabalho ou contrato de trabalho devidamente assinado, ou, ainda, documento que ateste a constituição da empresa.

As empresas não estão registradas em nome de Silval. A Continental, por exemplo, tem o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) registrado em nome de Antonio da Cunha Barbosa Filho, irmão de Silval conhecido como Toninho, e Rodrigo da Cunha Barbosa, um dos filhos do ex-governador. Para se ter uma ideia do império, até 2012, segundo o ministério Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, a família de Silval tinha 73 concessões de TV e rádio em todo o Estado, a maior parte na região Norte - onde ele começou a carreira política, como prefeito de Matupá.

Aberta em 2000, quando Silval era deputado estadual, a empresa está ativa, pelo menos, desde 2005 e tem capital social declarado de apenas R$ 20 mil.

As empresas administram concessões de rádios e canais de TV que operam em municípios do interior como Guarantã do Norte, Diamantino, Pontal do Araguaia, Mirassol D’Oeste, Pontes e Lacerda, Matupá, Juara, entre outros.

A Rádio Nova Geração é mais antiga das três que funcionam na Capital. Ela foi aberta em 1997, segundo dados do Ministério da Fazenda, quando Silval era prefeito de Matupá (695 km da Capital). Rodrigo também consta como sócio desta empresa ao lado da ex-primeira-dama do Estado Roseli Barbosa. O capital social declarado é maior que o da Continental: R$ 80 mil.

No mesmo local também está registrada a Sistema Integrado de Comunicação Ltda, uma programadora de redes de TV e rádio aberta em 2001. Constam como sócios Toninho e Carla Cristina Barbosa com outros R$ 80 mil de capital social.

Rodinei Crescêncio

Ex-governador Silval Barbosa em audi�ncia com o juiz Geraldo Fidelis

Ex-governador Silval Barbosa em audiência admonitória com o juiz Geraldo Fidelis nesta terça, quando ele ganhou o direito de ir para o regime semiaberto

As empresas foram constituídas durante a trajetória de Silval na vida pública. Ele foi eleito pela primeira vez a um cargo em 1993, como prefeito de Matupá. Em seguida, passou por dois mandatos de deputado estadual, tendo sido eleito em 1998 e reeleito em 2002. Entre 2004 e 2006, Silval foi presidente da Assembleia, até disputar o cargo de vice-governador ao lado de Blairo Maggi (PP), que era o governador à época e tentava a reeleição.

Ao fechar acordo de colaboração premiada com a Procuradoria Geral da República (PGR), Silval contou que comprou a empresa Sistema Integrado de Comunicação por R$ 1 milhão do também ex-presidente da Assembleia José Riva. A negociação teria ocorrido em 2013, quando a empresa ainda tratava com o Ministério das Comunicações para obter concessões de radiodifusão e televisão.

Segundo Silval, seu irmão Toninho apenas serviu como uma espécie de laranja para ocultar o nome do então governador do quadro societário da empresa. Os recursos para a compra da rede, que tinha quatro concessões incluindo a Rádio Difusora de Juara, teriam vindo de propinas pagas pelo empresário Willians Mischur, dono da Consignum.

Outras empresas

Além das concessões de TV e rádio, a família de Silval atua em outros ramos empresariais no Estado. A RB Barbosa Participações Ltda, aberta em 2014, funciona no mesmo local das irmãs da comunicação. Esta empresa tem como atividade principal a atuação como holding de instituições não-financeiras, além de aluguel, compra e venda de imóveis próprios. Rodrigo é sócio da empresa ao lado de Nathalia Villar de Queiroz Garofalo. Outra holding, a Cuba Investimentos e Participações, que tem Toninho como único sócio, também funciona no mesmo endereço.

Já a Agropecuaria TB Ltda, de nome fantasia Agropecuaria Serra Dourada, tem sede em Nossa Senhora do Livramento. Toninho também é sócio desta empresa, aberta em 2015, ao lado de Tania Mara Germino da Silva Barbosa. No mesmo ramo, a Barbosa Armazens Gerais Ltda está sediada em Matupá, com capital social de R$ 1,5 milhão e aberta em 1991, e tem entre seus donos Toninho e Dionissio da Cunha Barboza, também irmão do ex-governador.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Maurício | Sábado, 25 de Maio de 2019, 21h06
    0
    0

    Uma vergonha nossa pseudo justiça ... Esse merece apodrecer na cadeia !!!

  • Nascimento | Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019, 10h48
    1
    0

    SERÁ QUE A FAMILIA JÁ TOMOU AS PROVIDENCIAS DEVIDAS

  • Kennedy | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 20h44
    0
    0

    Bommmmmm

  • Lucia Matos | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 12h51
    10
    2

    Meus caros, o caso não é se o crime compensa ou não... o acerto de contas final é o que importa, lembrem-se, a justiça divina é o verdadeiro julgamento. Aqui somos julgados por homens, falhos e corrompíveis como nós... agora, após a morte, a história é bem diferente...

  • ILDO DA SILVA | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 11h41
    9
    2

    E dizem por ai que o crime nao compensa!!!!!

  • Armindo de Figueiredo Filho | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 11h40
    5
    1

    """I M P É R I O""" H E M !!!!!!! Fim de papo ......

  • José | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 09h24
    10
    2

    QUANDO É QUE SERÁ INVESTIGADO O DESGOVERNO PEDRO TAQUES ? O DESGOVERNO PEDRO TAQUES QUEBROU O ESTADO POR CAUSA DOS MAIS DE R$25 BILHÕES DE IRREGULARIDADES EM 2015 A 2018. Até agora não foi apurada a responsabilidade de todos os membros do desgoverno taques quanto aos desvios e fraudes do desgoverno da transformação do estado em caos e roubalheira, cujas irregularidade somadas já ULTRAPASSARAM OS $25 BILHÕES. Só para lembrar aí vai a lista detalhada dos mais de $25 bilhões em irregularidades pendentes de serem apuradas: R$69 milhões em desvios na caravana da transformação; perdão de R$645 milhões em dívida da petrobrás; perdão de R$5 milhões de reais em dívidas da unimed cuiabá; a operação Rêmora por desvio de R$57 milhões na SEDUC; operação Bereré por desvio de R$30 milhões no Detran; operação Grampolândia na segurança pública usada para chantagear adversário; delação de Alan Malouf sobre Brustolin recebendo R$80 mil por fora todo mês; delação de Alan Malouf e Perminio indicando que secretários (Permínio, Brustolin, Julio Modesto e etc) recebendo mensalinho de R$30 mil/mês; mensalinho R$100 milhões por dentro para os deputados; rombo de R$4 bilhões no caixa e desvio de $500 milhões do Fundeb; desvio de R$1,2 milhões no fundo de trabalho escravo; desvio e apropriação de R$300 milhões dos municípios; desvio e apropriação de R$300 milhões dos poderes; aumento de $2 bilhões nos Incentivos Fiscais; aumento de milhares de cargos políticos comissionados, aumentou da folha de pagamento pela contratação de mais de 10.000 pessoas; uso da justiça para proteger seus amigos e secretários conforme disse o cabo Gerson; delação de Alan Malouf tratando de 12 tipos de corrupção entre elas os $10 milhões de caixa 2 administrados por Alan Malouf e Julio Modesto; licitação irregular de 11 bilhões para transporte interestaduais; desvio de R$58 milhões em pontes na SINFRA; $300 milhões em vantagem cobrada de quem recebeu antecipado no decreto do bom pagador; crédito de R$100 milhões para o primo Paulo Taques; maracutaia com a juizá candidata para ferrar o Silval e a família dele; irregularidades de R$3 bilhões no Edital nº 02/2018 da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) sobre rodovias MT 246, MT 343, MT 358 e MT 480. Além disso, apropriação indébita de R$70 milhões descontado dos salários dos servidores públicos para pagar empréstimos consignados, estouro da folha pagando vantagens para apaniguados políticos que receberam salários acima de R$100 mil, contratação irregular de 2000 cabos eleitorais na SEDUC para fazer campanha para o ex-secretário Mahafon, peculato ao gastar R$10 milhões em telefone por secretaria do estado durante a campanha eleitoral para o governo 2018; R$180 milhões em indenizações irregulares pagas em 2018 as empresas supostamente prestadoras de serviços na Secretaria de Estado de Saúde Secretaria. Pedro Taques e Gallo cometeram crime de responsabilidade de R$3,7 bilhões ao deixar restos a pagar para o próximo governo sem a devida provisão de fundos exigida na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Matéria(s) relacionada(s):

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

Pivetta vai despachar em 2 gabinetes

otaviano pivetta 400 curtinha   O governador em exercício a partir desta quinta, empresário Otaviano Pivetta (foto), vai dividir o tempo no Palácio Paiaguás pelos próximos oito dias despachando em dois gabinetes. Ora sentará na cadeira do titular Mauro Mendes, que viajou numa comitiva para a Bolívia,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.