Judiciário

Sexta-Feira, 25 de Junho de 2010, 08h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Silvério pede celeridade no resultado da inspeção ao CNJ

   O Conselho Nacional de Justiça concluiu nesta quinta (24) os trabalhos de inspeção feitos no Tribunal de Justiça. A equipe, composta pelo juiz-auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça, Friedman Wendpap, e mais cinco técnicos, iniciou a coleta de dados na quarta (23) e já retornou para Brasília para elaborar o relatório, que não tem data prevista para conclusão.

   “Nossa expectativa é que o relatório fique pronto o mais rapidamente possível, para esclarecer, em definitivo, as indagações dos servidores”, informou o presidente do TJMT, desembargador José Silvério Gomes.

  Solicitada por ele próprio e também pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado (Sinjusmat), a inspeção tem o objetivo de verificar o funcionamento do sistema financeiro do Tribunal, especialmente quanto ao cálculo de verbas, créditos e pagamento de passivos aos servidores ativos, inativos e pensionistas, já que esse é o motivo da greve dos servidores.

   “A medida contribui para que se possa coibir eventuais abusos, verificar a disponibilidade de verbas e, se for o caso, garantir aos servidores clara compreensão de eventuais limitações financeiras, orçamentárias e de responsabilidade fiscal”, declarou o corregedor-nacional de Justiça, ministro Gilson Dipp, que acolheu o pedido.

   O TJ passa por um momento extremamente delicado desde que 10 magistrados foram punidos pelo CNJ com aposentadoria compulsória, em fevereiro deste ano, sob a acusação de desvio de recursos. Na ocasião, receberam a pena máxima do Conselho os desembargador Mariano Travassos, José Ferreira Leite e José Tadeu Cury, além dos juízes Marcelo Souza de Barros, Antônio Horácio da Silva Neto, Irênio Lima Fernandes, Marcos Aurélio dos Reis Ferreira, Juanita Cruz da Silva Clait Duarte, Graciema Ribeiro de Caravellas e Maria Cristina Oliveira Simões. Logo depois, em março, foi a vez do desembargador José Jurandir de Lima passar pelo crivo do CNJ. Também foi condenado à aposentadoria  compulsória.

   Além de todos esses escândalos, o Superior Tribunal de Justiça investiga a participação de magistrados num suposto esquema de venda de sentenças no Estado. Os desembargadores Evandro Stábile, que preside o Tribunal Regional Eleitoral, e José Luiz de Carvalho e os juízes Eduardo Jacob e Círio Miotto foram afastados.

   Um outro escândalo que assola o TJ é referente ao pagamento de verbas irregulares a magistrados. Uma lista emitida pelo departamento de folha de pagamento do Tribunal de Justiça é questionada pelo desembargador aposentado Paulo Lessa e gera polêmica no meio judiciário. A briga acontece porque os servidores protestam quanto ao fato dos magistrados receberem pagamentos supostamente irregulares, enquanto eles não conseguem receber créditos pendentes há alguns anos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...

Magistrado quer restrições mais duras

orlando perri 400 curtinha   Ao deferir pedido de liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pelo chefe do MPE-MT, José Antonio Borges, em meio a conflitos de normas editadas pelo governo estadual e pela Prefeitura da Capital, o desembargador Orlando Perri (foto) enfatiza que é preciso endurecer as medidas...

Paisagista, aliança com Pátio e a AL

claudio paisagista 400   Claudio Ferreira, o Paisagista (foto), está tão empolgado com a votação para prefeito de Rondonópolis no ano passado que pretende encarar outro teste das urnas, agora para deputado estadual, em 2022. Pelo DC, ele tentou a sucessão municipal e chegou a 17.498 votos, ficando...

90 novas UTIs só neste ano em MT

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) disse que o governo estadual tem se empenhado ao máximo na luta pelo combate ao novo coronavírus. E enfatiza que somente neste início de ano, o Estado já habilitou 90 novos leitos de UTI para atender casos graves de Covid-19. Entre janeiro e março, foram abertos...