Judiciário

Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 07h:52 | Atualizado: 03/03/2021, 07h:59

IMPROBIDADE

STJ reverte condenação e ex-prefeito terá novo julgamento por doações de terrenos

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Campbell Marques reverteu condenação do ex-prefeito de Barra do Garças (512 km de Cuiabá) Roberto Angelo De Farias, o Beto Farias, por improbidade administrativa. Pela decisão, o Tribunal de Justiça deverá fazer novo julgamento para analisar embargos de declaração em que a defesa do ex-prefeito defende a legalidade de doações de imóveis da prefeitura a empresas no município.

Edevilson Arneiro

Beto Farias

O ex-prefeito Beto Farias teve decisão favorável no STJ em ação sobre doações de imóveis

Beto Farias se insurgiu contra decisão do TJ que negou a possibilidade de recurso a ele depois de manter condenação dada em 1ª instância.

A defesa do ex-prefeito alega que não há que se falar em direcionamento nas doações dos terrenos porque a Metalúrgica Hidroaço Ltda não foi a única a receber os imóveis. Diversas outras empresas foram beneficiadas por leis enviadas por Beto e aprovadas pela Câmara, e que depois foram tornadas inconstitucionais pelo TJ. Beto argumenta que o Judiciário mato-grossense não analisou que a doação foi feita com pareceres técnicos e jurídicos, e que havia jurisprudência para embasar o entendimento. Assim, não haveria qualquer improbidade.

 O então prefeito, na opinião da defesa, teria tomado “tomou todas as cautelas pertinentes, mormente respaldo em pareceres jurídicos e em lei municipal autorizativa aprovada por unanimidade pela a Câmara de Vereadores”. O Ministério Público Federal (MPF) se posicionou por acatar o recurso da defesa.

O ministro assinalou que Beto Farias enviou projeto de lei à Câmara para doar imóveis à também empesa E.S. Mata Bezerra ME, que atua no comércio varejista. A lei foi aprovada, mas para o Ministério Público Estadual (MPE), que move a ação em 1ª instância, não havia interesse público e não teria havido qualquer tipo de licitação para a doação. O TJ manteve a condenação.

“Com efeito, observa-se que o Tribunal de origem entendeu pela caracterização de ato de improbidade administrativa a partir da premissa de que houve a produção de lei autorizativa da doação de imóvel público como artifício a permitir a ilegalidade da conduta e que o interesse público não está devidamente justificado, pois a mera geração de empregos não é suficiente para fundamentar a doação de bem imóvel pertencente ao Poder Público sem prévia licitação”, registrou Mauro Campbell.

O Tribunal de Justiça, apontou o ministro, não analisou a tese de que a doação foi feita com pareceres técnicos e jurídicos, encaminhados ao STJ pela defesa do ex-prefeito. Para Campbell, a decisão do TJ foi omissa nesse ponto.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...