Judiciário

Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 07h:52 | Atualizado: 03/03/2021, 07h:59

IMPROBIDADE

STJ reverte condenação e ex-prefeito terá novo julgamento por doações de terrenos

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Campbell Marques reverteu condenação do ex-prefeito de Barra do Garças (512 km de Cuiabá) Roberto Angelo De Farias, o Beto Farias, por improbidade administrativa. Pela decisão, o Tribunal de Justiça deverá fazer novo julgamento para analisar embargos de declaração em que a defesa do ex-prefeito defende a legalidade de doações de imóveis da prefeitura a empresas no município.

Edevilson Arneiro

Beto Farias

O ex-prefeito Beto Farias teve decisão favorável no STJ em ação sobre doações de imóveis

Beto Farias se insurgiu contra decisão do TJ que negou a possibilidade de recurso a ele depois de manter condenação dada em 1ª instância.

A defesa do ex-prefeito alega que não há que se falar em direcionamento nas doações dos terrenos porque a Metalúrgica Hidroaço Ltda não foi a única a receber os imóveis. Diversas outras empresas foram beneficiadas por leis enviadas por Beto e aprovadas pela Câmara, e que depois foram tornadas inconstitucionais pelo TJ. Beto argumenta que o Judiciário mato-grossense não analisou que a doação foi feita com pareceres técnicos e jurídicos, e que havia jurisprudência para embasar o entendimento. Assim, não haveria qualquer improbidade.

 O então prefeito, na opinião da defesa, teria tomado “tomou todas as cautelas pertinentes, mormente respaldo em pareceres jurídicos e em lei municipal autorizativa aprovada por unanimidade pela a Câmara de Vereadores”. O Ministério Público Federal (MPF) se posicionou por acatar o recurso da defesa.

O ministro assinalou que Beto Farias enviou projeto de lei à Câmara para doar imóveis à também empesa E.S. Mata Bezerra ME, que atua no comércio varejista. A lei foi aprovada, mas para o Ministério Público Estadual (MPE), que move a ação em 1ª instância, não havia interesse público e não teria havido qualquer tipo de licitação para a doação. O TJ manteve a condenação.

“Com efeito, observa-se que o Tribunal de origem entendeu pela caracterização de ato de improbidade administrativa a partir da premissa de que houve a produção de lei autorizativa da doação de imóvel público como artifício a permitir a ilegalidade da conduta e que o interesse público não está devidamente justificado, pois a mera geração de empregos não é suficiente para fundamentar a doação de bem imóvel pertencente ao Poder Público sem prévia licitação”, registrou Mauro Campbell.

O Tribunal de Justiça, apontou o ministro, não analisou a tese de que a doação foi feita com pareceres técnicos e jurídicos, encaminhados ao STJ pela defesa do ex-prefeito. Para Campbell, a decisão do TJ foi omissa nesse ponto.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...

Prefeito de Araputanga negocia praça

enilson rios prefeito 400 araputanga   O prefeito de Araputanga, Enilson Rios (foto), que ganhou as eleições do ano passado por uma diferença de apenas 56 votos sobre Joel Martins, com placar de 3.492 a 3.436, está no centro de uma polêmica. Ele aceitou uma proposta do Sicredi para utilização de um...

Barra recebe R$ 1,9 mi pra bancar UTIs

adison gon�alves 400   Em Barra do Garças, com 61 mil habitantes e 5.929 casos confirmados de Covid-19, inclusive com 207 mortes, incluindo 26 óbitos de indígenas em consequência da doença, o prefeito Adilson Gonçalves (foto) abriu crédito suplementar no orçamento de R$ 1,9...

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...

ICMS e R$ 150 mi a mais a municípios

rogerio gallo 400 curtinha   O secretário Rogério Gallo (foto), da Fazenda, assegura que o governo estadual já enviou para os municípios, no primeiro trimestre deste ano, R$ 150 milhões somente em ICMS arrecadado a mais do que estava previso na lei orçamentária. O valor é 8 vezes...

Fúrio, última ação no MPE e morte

celio furio 400   Célio Joubert Fúrio (foto), que morreu nesta sexta, aos 56 anos, vítima da Covid-19, foi um incansável combatente de atos de improbidade administrativa em MT e na defesa do patrimônio público. Integrava aos quadros do Ministério Público Estadual havia 29 anos. Ele atuou...

MAIS LIDAS