Judiciário

Quarta-Feira, 31 de Julho de 2019, 09h:01 | Atualizado: 31/07/2019, 18h:30

STJ suspende bloqueio de bens de ex-deputado na ação de recuperação judicial

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, determinou o desbloqueio de bens do Grupo Viana, que se encontra em recuperação judicial. O grupo, que tem entre seus sócios o ex-deputado Zeca Viana (PDT), questionava decisões do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) em 28 ações com pedido de bloqueio de bens.

Gilberto Leite

Zeca Viana

No recurso, grupo de Zeca Viana citou decisões dos tribunais de São Paulo, Bahia e Goiás

O principal problema apontado pelo TJMT é a data da inscrição de Zeca, de sua esposa, Ivanir Maria Gnoatto Viana, e do filho do casal, Mateus Eduardo Gonçalves Viana, na Junta Comercial como empresários rurais. A recuperação judicial foi pedida em 31 de janeiro, mas o registro teria sido feito no início daquele mesmo mês. A legislação impõe a necessidade de dois anos do registro para que o pedido seja aceito.

O grupo do ex-deputado alega ter cerca de R$ 310 milhões em dívidas com diversos credores que só poderiam ser pagos mediante recuperação judicial.

A defesa do ex-deputado citou decisões do próprio STJ e também de tribunais de São Paulo, Bahia e Goiás, que firmaram entendimento de que, no caso de produtores rurais, o ingresso na recuperação deve exigir apenas a inscrição na Junta Comercial, independente do prazo.

Há grãos do grupo bloqueados em fazendas e armazéns e também havia leilões marcados para 16 e 17 de julho. A defesa alegava que os leilões "colocarão um fim definitivo ao propósito do pedido de recuperação judicial, uma vez que recaem sobre quase a metade das áreas agricultáveis próprias, e onde estão, igual a melhor fazenda e a sede do Grupo Viana".

O ministro, na decisão de terça (30), entendeu que a manutenção da decisão do TJMT poderia causar "danos insuscetíveis de reparação na hipótese de não deferimento da tutela cautelar".

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Paulo Santos | Quinta-Feira, 01 de Agosto de 2019, 16h40
    0
    0

    O Mais novo golpe dos Barões Picaretas, usam, abusam, desviam, Vivem vida Faraônica, aí... Quem paga são as empresas, os Credores, que a TAL jUSTIÇA, acha que é dona, dá prazo, dá desconto, prorroga prazo..Aí é Fácil neh. A justiça deve tirar de suas regalias e não Arbitrar sobre o que não lhe pertence. Aí ela não quer mas ARBITRAR sob o Alheio em detrimento de Vigaristas, aí tudo bem. No dos outros é refresco. É indecente isto. AMigo quebrou, vende seus bens e paga. Ninguém trabalha pra sustentar Picaretas e Vigaristas Não.

Matéria(s) relacionada(s):

Expediente suspenso e posse no TCE

guilherme maluf 400 curtinha   O expediente no TCE-MT será suspenso na segunda, a partir das 12 horas. É que às 15 horas acontece a sessão especial na Escola Superior de Contas, marcando a posse de Guilherme Maluf (foto) na presidência do órgão fiscalizador. O hoje presidente Domingos Neto passa ao...

Túlio, desgaste e disputa em Cáceres

tulio 400 caceres   Derrotado a deputado estadual duas vezes, a última em 2018, Túlio Fontes (foto) não sustenta mais o que declarou há três meses, quando anunciou que ficaria de fora da corrida à Prefeitura de Cáceres. Mesmo tendo abandonado o município por um bom tempo, desde quando concluiu...

Disputa em Sinop e vaga na Câmara

juarez costa 400 curtinha   O deputado federal Juarez Costa (foto) tem espalhado que será candidato a prefeito de Sinop, posto já ocupado por ele por dois mandatos. No fundo, o emedebista espera que Rosana Martinelli (PL), que foi sua vice e depois se elegeu prefeita nas urnas de 2016, desista do projeto de reeleição...

Francis forçando a barra ao Senado

francis maris 400 curtinha   Francis Maris (foto), empresário e prefeito de Cáceres, é mesmo corajoso. Ele anunciou que vai reunir colegas prefeitos da região Oeste para discutir a ideia de entrar na disputa ao Senado, na eleição suplementar para a vaga de Selma, cassada esta semana. Francis se acha "o...

Sindal repudia postura de "indicado"

O presidente do Sindal Jovanildo da Silva se diz traído por Osmar Capilé, representante dos segurados da AL e que exerce cargo de diretor dos Aposentados, que votou favorável a nova alíquota de 14% no Conselho da Previdência. O apoio ao aumento da cobrança gerou revolta entre os servidores do Legislativo, que partiram para cima de Jovanildo cobrando explicações. Em nota de repúdio, o sindicato, que o indicou como representante no...

Arena fechada ao público por 3 dias

virginia mendes curtinha 400   Nos seis primeiros dias de portas abertas, a Arena Encantada, considerada o maior parque natalino que Mato Grosso já viu, recebeu quase 10 mil visitantes. Mas ficará três dias inacessível ao grande público. Na segunda (16), a Arena será exclusiva das milhares de crianças...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.