Judiciário

Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 09h:31 | Atualizado: 02/03/2021, 15h:52

GRAMPOLÂNDIA

TJ aplica multa a promotor de Justiça por adiar recurso contra desembargador

A 1ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça aplicou multa à defesa do promotor de Justiça Marco Aurélio de Castro por entrar com embargos de declaração e tentar protelar um recurso dele contra ação movida pelo desembargador Marcos Machado por danos morais. Na mesma decisão, de 12 de fevereiro, os magistrados rejeitaram os embargos, que tramitam sob segredo de Justiça. A multa pode chegar a 2% do valor da causa.

RDNews

Promotor Marco Aur�lio

O promotor de Justiça Marco Aurélio Castro era coordenador do Gaeco quando áudio vazou

“Os embargos de declaração têm finalidade específica, exigindo indicação clara, precisa e fundamentada do ponto da decisão impugnada que se mostra viciado pela contradição, obscuridade e/ou omissão (CPC, art. 1.022), de modo que, versando a interposição de aclaratórios sobre os temas recursais já enfrentados e decididos, ou seja, como mero pretexto à rediscussão dos fundamentos decisórios, tanto a rejeição dos embargos é medida impositiva quanto a imposição da multa prevista no artigo 1.026, §2º, do CPC é perfeitamente cabível ante o caráter manifestamente protelatório da interposição”, diz o acórdão.

A defesa de Marco Aurélio entrou com novo recurso especial e a defesa do desembargador foi intimada a se manifestar na semana passada.

Marcos Machado move a ação de indenização por danos morais desde 2018 pelo vazamento de uma interceptação telefônica de ligação entre ele e o ex-governador Silval Barbosa. Os advogados do promotor buscam os recursos no Tribunal de Justiça para que Marco Aurélio seja retirado do polo passivo da ação, sob argumento de que ele não teria relação com o vazamento e que, se fosse o caso, o Estado deveria ser acionado e não ele pessoalmente.

Na época, em setembro de 2015, a primeira-dama Roseli Barbosa havia sido presa em operação do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) e Silval buscava ajuda do desembargador para a soltura dela, o que não ficou evidenciado pela ligação.

A conversa vazou à imprensa e o desembargador processou Marco Aurélio, que era coordenador do Gaeco, a TV Centro América e o jornalista Alex Barbosa. O promotor de Justiça acabou sendo denunciado criminalmente pela Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) depois que o cabo Gerson Luiz Ferreira Corrêa Júnior, envolvido na Grampolândia Pantaneira, confirmou que o coordenador do Gaeco teria encaminhado o arquivo da Operação Arqueiro à TV.

Na esfera criminal, a PGJ avalia a proposição de acordo de não-persecução penal a Marco Aurélio, conforme previsto no “pacote anticrime”, criado em 2019 pelo Congresso a pedido do Ministério da Justiça.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

MAIS LIDAS