Judiciário

Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 17h:50 | Atualizado: 18/06/2019, 19h:01

COMUNIDADE LGBT

TJ manda Galli pagar de imediato R$1,5 mil após condenação por homofobia

Rodinei Crescêncio

Victorio Galli

Ex-deputado federal Victório Galli, durante a campanha eleitoral de 2018, quando perdeu

A desembargadora Maria Aparecida Ribeiro, do Tribunal de Justiça, determinou que o ex-deputado federal Victório Galli (PSL) pague, de imediato, 30% de uma multa de R$ 100 mil imposta a ele por danos morais coletivos. A decisão é de quarta (12).

Galli foi condenado por declarações consideradas homofóbicas. O caso transitou em julgado na 1ª instância, mas a defesa do ex-deputado afirma que houve cerceamento de defesa.

A ação foi feita pela Defensoria Pública de Chapada dos Guimarães em março de 2017. Galli alegou ter feito estudos profundos para concluir que a Disney e o Mickey fazem apologia ao "homossexualismo", termo considerado preconceituoso em relação à comunidade LGBTI. O então deputado também ligou outros personagens da Disney a uma suposta trama para “enganar” crianças e torná-las gay.

“Com efeito, ainda que em análise perfunctória, verifica-se que aquele foi validamente citado na indenizatória de origem; apresentou, por meio de advogados regularmente constituídos, contestação opondo-se à pretensão da Defensoria Pública e teve, ainda, a oportunidade de novamente se manifestar após a impugnação ofertada pela referida instituição.  Além disso, foi devidamente intimado, na pessoa de seus advogados, da sentença de procedência prolatada pelo juízo a quo, porém, embora sucumbente, não interpôs o recurso cabível a tempo e modo”, narrou a desembargadora.

Maria Aparecida Ribeiro entendeu que o ex-deputado teve chance de se defender durante todo o processo e que a condenação deveria ser mantida.

“Logo, aparentemente foram observados os princípios do contraditório e da ampla defesa no processo de origem, princípios esses que, em tese, não são maculados por eventual atuação deficitária dos causídicos que representam a parte e nem pelo julgamento antecipado da lide, o qual se trata de instituto previsto na legislação processual civil”, escreveu.

A defesa de Galli ainda pedia a realização de audiência de conciliação com a Defensoria Pública. O pedido foi negado pela magistrada.

Editado em 17/06 às 8h16:

O advogado Marcos Rachid informou ao que o ex-deputado deverá pagar, de imediato, apenas 5% dos R$ 30 mil, ou seja, R$ 1,5 mil.

"De proêmio, diante das peculiaridades dos autos e da atual situação financeira do autor, que deixou de exercer o mandato eletivo de Deputado Federal, defiro apenas e tão-somente o seu pedido de parcelamento das custas processuais de ingresso e do depósito de 5% previsto no art. 968, II, do CPC, determinando-lhe o pagamento, de imediato, de 30% (trinta por cento) do valor devido e do remanescente (70%), ao final do processo, nos termos do art. 98, §6º, do CPC e do art. 468, §6º, da CNGC", diz o trecho da decisão citado pela defesa de Galli.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

Suposta delação tira sono de Alencar

alencar soares 400 curtinha   A notícia de que o STJ já teria homolagada delação de Sérgio Ricardo caiu como uma bomba. Mesmo depois do ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE vir a público desmenti-la, assegurando não ter motivos para fazer tal colaboração premiada, os efeitos...

SD também deseja Taques ao Senado

pedro taques 400 curtinha   Empolgado com resultado de uma pesquisa interna, na qual estaria bem pontuado, aparecendo entre os preferidos ao Senado, mesmo após deixar o cargo de governador bastante desgastado, Pedro Taques (foto) passou a flertar não só com o Cidadania, conduzido no Estado pelo seu ex-secretário Marco...

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.