Judiciário

Domingo, 22 de Novembro de 2020, 17h:52 | Atualizado: 24/11/2020, 07h:34

PARQUE RICARDO FRANCO

TJ mantém bloqueio de R$ 38 mi de ex-ministro de Dilma por desmate em MT

A 2ª Câmara de Direito Público e Coletivo do Tribunal de Justiça manteve o bloqueio de R$ 38,2 milhões das contas do ex-ministro Eliseu Padilha, que fez parte dos governos dos ex-presidentes Michel Temer e Dilma Rousseff. Padilha teve os valores bloqueados em uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual (MPE) por desmatamento feito dentro do Parque Estadual Serra de Ricardo Franco, em Vila Bela da Santíssima Trindade.

Antônio Cruz/Agência Brasil

Elizeu Padilha

O ex-ministro Eliseu Padilha é um dos donos da área em que o MPE aponta desmatamento

A fazenda Cachoeira é do ex-ministro em parceria com a esposa, Maria Eliane Aymone Padilha, o empresário Marcos Antonio Assi Tozzatti e as empresas Jasmim Agropecuaria e Florestamento Ltda e Rubi - Assessoria e Participações Ltda. Na propriedade, o grupo cria gado, supostamente dentro da área de preservação. Todos foram acionados pelo MPE.

“Constatado o dano ambiental consistente no desmatamento ilegal do Parque Estadual Serra Ricardo Franco, a indisponibilidade de bens é medida necessária para garantir o resultado útil da demanda, com a finalidade de se proporcionar os meios necessários à reparação e proteção efetiva, não meramente simbólica, do meio ambiente. Ademais, a gravidade da medida imposta é diretamente proporcional à magnitude dos danos causados ao meio ambiente”, diz o acórdão que negou o desbloqueio dos valores.

No recurso, Padilha e os demais, com exceção da Rubi, argumentavam que o bloqueio prejudica a atividade econômica do grupo e “de todas as pessoas que deles dependem, como família, empregados e fornecedores, se apresentam nefastas e com evidente efeitos deletérios”. Com a continuidade do bloqueio, determinado em 2016, “não tardará para impor-lhes a insolvência civil, que, por estarem impedidos de usarem suas economias, não conseguirão honrar seus compromissos nos modos e tempos devidos”.

O argumento principal é que o parque estadual foi criado em 1997, mas nunca houve a efetiva demarcação ou outras providências para orientar quem estivesse na região antes de sua criação. O MPE chegou a fechar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Governo do Estado, sob Pedro Taques e com Carlos Fávaro no Meio Ambiente, para levantar a situação de quem estava antes da criação do parque e quem entrou depois.

O grupo de Padilha ainda nega que tenha desmatado os mais de 700 hectares citados no auto de infração registrado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente em 2016 e cita que a multa administrativa prescreveu e acabou sendo anulada.

“É necessário ressaltar que, a alegação de que o Parque Serra de Ricardo Franco é algo que nasceu e morreu no papel, está a se constituir em uma espécie de mantra sagrado recitado por pessoas naturais e jurídicas como justificativa ou dirimente da responsabilidade pela destruição do meio ambiente. Porém, a negligência estatal, pelo contrário, torna ainda mais premente à adoção de medida eficaz para evitar a persistência da degradação, bem como para se iniciar, sem perda de tempo, a recuperação ambiental”, escreveu o desembargador Luiz Carlos da Costa em um dos recursos contra o bloqueio do MPE.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • CHIRRÃO | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 08h32
    0
    0

    TAQUES E FAVARO TEM SUAS DIGITAIS !!

  • DE OLHO | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 09h24
    3
    3

    MAS A GLOBO E A ESQUERDA SÓ FALAM QUE A CULPA É DO BOLSONARO !!

  • Orlandir Cavalcante | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 09h16
    5
    2

    Citam Dilma e escondem o Eliseu pAdilha kkkk

  • Hefranxier. | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 08h54
    5
    2

    Isso que é uma manchete, citam a ex-Presidenta Dilma, mas ocultam o acusado e, também o Temer; certamente o acusado não deve ser do PT, porque se fosse, vocês também, teriam citado o Partido, a ex-Presidenta Dilma e ocultado os demais.

  • Amaral antunes | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 06h32
    5
    0

    Quadrilheiro de Temer

  • Edelson Rosa Amorim de Campos | Domingo, 22 de Novembro de 2020, 18h31
    5
    1

    Foto de Alexandre Padilha e reportagem à respeito de Elizeu Padilha🙄

Governo vai ter consultoria hospitalar

gilberto figueiredo 400 curtinha   O governo estadual terá consultoria em assistência hospitalar. O processo de contratação é tocado pela secretaria de Saúde, sob Gilberto Figueiredo (foto). A ideia é buscar melhorar o atendimento à população e os índices de...

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.