Judiciário

Sexta-Feira, 05 de Março de 2021, 18h:02 | Atualizado: 08/03/2021, 07h:02

OVERPRICED

TJ mantém operação contra a compra superfaturada de Ivermectina em Cuiabá

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça negou embargos de declaração do ex-secretário municipal de Saúde Luiz Antônio Possas de Carvalho, que tentava anular mandados de busca e apreensão cumpridos contra ele na Operação Overpriced. Possas é acusado de ter superfaturado a compra de Ivermectina por meio de dispensa de licitação durante a pandemia.

Vinícius Bruno

Emanuel Pinheiro e Luis Ant�nio Possas

O prefeito Emanuel Pinheiro chegou a considerar remanejar Possas, mas ele segue fora

A decisão de rejeitar os embargos foi por maioria, seguindo voto do relator, desembargador Juvenal Pereira da Silva. O julgamento foi feito em sessão virtual iniciada na quarta (3) e finalizada na tarde desta sexta (5). O acórdão ainda não foi publicado.

A operação foi deflagrada em 1º de outubro do ano passado pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor). Informações colhidas pela força-tarefa montada entre Polícia Civil, Ministério Público Estadual (MPE) e Controladoria Geral do Estado (CGE) teriam demonstrado que a compra de Ivermectina 6MG-Comprimido foi feita com sobrepreço de R$ 715 mil.

Possas vem conseguindo afrouxar as medidas cautelares que haviam sido impostas pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá, por meio da juíza Ana Cristina Silva Mendes. Já teve valores desbloqueados de suas contas bancárias e conseguiu direito de ocupar novamente cargos públicos, menos na secretária alvo do suposto esquema, por decisões da própria magistrada.

No Tribunal de Justiça, ele buscava anular a decisão que autorizou a operação, que apreendeu documentos e o aparelho telefônico do ex-secretário. Ele alega que a magistrada teria sido induzida a erro por uma confusão entre o preço do comprimido e o preço da caixa do medicamento. Com a decisão nos embargos, a operação foi mantida e o inquérito segue tramitando na 7ª Vara.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...