Judiciário

Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019, 18h:13 | Atualizado: 16/10/2019, 19h:37

Nova Mutum

TJ revoga demissão de agentes dopados por mulheres antes de fuga em cadeia

  • Rodinei Crescêncio
Pedro Sakamoto

O desembargador Pedro Sakamoto, da Segunda Cãmara Criminal do TJ-MT, que atendeu pedido de agentes prisionais

A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça acatou um pedido da defesa dos agentes prisionais Fabian Carlos e Luiz Mauro, que respondem a um processo pela fuga de 28 detentos pela porta da frente da cadeia de Nova Mutum (a 264 km de Cuiabá), e revogou a pena de demissão dos servidores, que havia sido determinada em primeira instância. Ambos chegaram a ser presos após alegarem que foram dopados por duas mulheres que entraram na unidade com bebidas alcoólicas e ajudaram a libertar os reeducandos. A decisão seguiu o voto do relator do caso Pedro Sakamoto.

O TJ julgou o caso no dia 13 de março de 2019, porém, o processo criminal transitou em julgado no dia 10 de outubro. De acordo com o advogado dos réus, Carlos Frederick,o fato aconteceu em virtude de discussões jurídicas estabelecidas após o julgamento do TJ-MT. 

No voto, Sakamoto entendeu que não houve conduta dolosa por parte dos agentes e determinou que a pena máxima seria de um ano de reclusão. Assim, ficou revogada a punição, sendo que o Juizado Especial deverá avaliar pela aplicação de punição ou suspensão condicional do processo. De acordo com Frederick, a tendência é que haja suspensão.

Com a classificação do crime como culposo, o desembargador acatou ao pedido de revogação da demissão dos agentes prisionais, tornando "sem efeito" a perda da função pública de ambos.

"Há culpa consciente, e não dolo eventual, quando o agente, embora preveja a possibilidade do resultado, não deseja nem acredita na sua ocorrência. Agem com negligência os agentes prisionais que, violando imperativos funcionais e o dever objetivo de cuidado, admitem a entrada de pessoas não autorizadas no ergástulo, em horário impróprio, e ingerem bebidas alcoólicas fornecidas por estas, com o propósito de com elas manterem relações sexuais, facilitando, culposamente, a fuga de detentos", diz trecho do voto. 

Quanto a Nayara Mendes Pereira de Souza e Isis Kevillin, acusadas de terem dopado os agentes com uso de rivotril misturado nas bebidas alcóolicas, o desembargador ressaltou a necessidade de revisão das penas.

Por conta da alteração, Nayara antes condenada a 12 anos de prisão, teve pena restabelecida para 11 anos e 8 meses, além de 15 dias de pagamento de multa (em valor mínimo unitário). Sakamoto manteve o regime inicial fechado. Já Isis teve sentença alterada para 10 anos e 9 meses de reclusão e 15 dias-multa, também devendo ser cumpridos, inicialmente, em regime fechado. 

Entenda o caso 

Na noite do dia 5 de fevereiro de 2015, Nayara e Isis entraram na cadeia supostamente a pedido de dois agentes para uma "festinha" entre eles. Elas usaram uísque e rivotril para dopar os agentes com objetivo de soltar os detentos. Isis é irmã de Bruno Ojeda Amorim, que responde por quatro crimes sendo eles: roubo, tentativa de homicídio, formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo. Já Nayara era namorada do detento, que teria planejado a situação. 

Da cadeia, os detentos furtaram três espingardas calibre 12, dois revólveres calibre 38 e várias munições. Uma das armas foi recuperada em posse de um detento que foi recapturado. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

Suposta delação tira sono de Alencar

alencar soares 400 curtinha   A notícia de que o STJ já teria homolagada delação de Sérgio Ricardo caiu como uma bomba. Mesmo depois do ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE vir a público desmenti-la, assegurando não ter motivos para fazer tal colaboração premiada, os efeitos...

SD também deseja Taques ao Senado

pedro taques 400 curtinha   Empolgado com resultado de uma pesquisa interna, na qual estaria bem pontuado, aparecendo entre os preferidos ao Senado, mesmo após deixar o cargo de governador bastante desgastado, Pedro Taques (foto) passou a flertar não só com o Cidadania, conduzido no Estado pelo seu ex-secretário Marco...

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.