Judiciário

Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 08h:05 | Atualizado: 19/09/2019, 15h:44

CASO RODRIGO CLARO

TJ "subentende" que Mauro não concorda com inocência e pede ações sobre Ledur

O desembargador Gilberto Giraldelli, do Tribunal de Justiça, determinou que o procedimento administrativo que pode tirar o cargo da tenente do Corpo de Bombeiros Izadora Ledur deve retornar ao governador Mauro Mendes (DEM) para que ele tome providências. O Conselho de Justificação dos Bombeiros deu parecer pela manutenção dela na corporação.

ledur

A conduta de Ledur é apurada no caso que culminou na morte do aluno Rodrigo Claro

Ledur responde a ação penal pela morte do aluno Rodrigo Claro durante o curso de formação dos Bombeiros na disciplina de salvamento aquático. O Ministério Público Estadual (MPE) aponta que a tenente teria torturado Rodrigo durante travessia na Lagoa Trevisan, o que culminou na morte do jovem em novembro de 2016.

A decisão do conselho foi enviada ao governador em 28 de fevereiro deste ano, com apenas uma culpa atribuída à tenente: de ter desferido golpes com nadadeiras em alguns alunos durante o treinamento.

Ela ainda escapou, administrativamente, das acusações de não cumprir o projeto pedagógico do curso nem o plano de segurança, de ter sido negligente com a segurança ao não providenciar ambulância e materiais de apoio, de ter sido negligente ao liberar Rodrigo para de deslocar por meio próprios até a coordenação do curso, mesmo ciente de que o militar sentia “fortes dores de cabeça”, e de ter exposto a imagem do Corpo de Bombeiros pela repercussão do caso.

Para o conselho administrativo, apesar da infração disciplinar, Ledur “reúne condições de permanecer na ativa do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso”. Como chefe máximo da corporação, o governador pode aceitar ou não a decisão do conselho. Contudo, ao receber o relatório, Mauro encaminhou, no mesmo dia, ofício ao Tribunal de Justiça, sem qualquer manifestação, segundo o desembargador.

“Logo, e nos termos do art. 13 da sobredita lei, se houvesse anuído com a conclusão do Conselho de Justificação – o que, frise-se, não é o caso, pois sequer existe manifestação a respeito –, o Exmo. Sr. Governador do Estado, possivelmente, teria se manifestado pelo arquivamento do processo (inciso I) ou pela aplicação de pena disciplinar (inciso II), mas se remeteu os autos a este Tribunal de Justiça, subentende-se que não concordou com o relatório, e conforme dispõe o caput do dispositivo legal em questão, em não aceitando o julgamento do Conselho de Justificação, o gestor deve fazê-lo por despacho motivado que, como já dito, inexiste nos autos”, destacou na decisão de 16 de setembro.

Para Giraldelli, o Tribunal de Justiça não tem competência para decidir sobre a perda do cargo de militares, tarefa que caberia exclusivamente ao governador do Estado.

"Destarte, sob qualquer ótica, é inviável a permanência do feito nesta e. Corte de Justiça, por absoluta incompetência para se pronunciar a respeito da matéria submetida à debate, razão pela qual, sem maiores delongas e com fulcro no art. 51, inc. XV, do RITJMT, de forma monocrática, declaro a incompetência deste e. Sodalício estadual e determino o retorno dos autos ao Chefe do Poder Executivo Estadual, para adoção das providências que reputar necessárias", determinou.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • justiça seja feita | Sábado, 21 de Setembro de 2019, 12h19
    0
    0

    Não se pode condenar por emoção ou clamor social e sim por ordem tecnica sem interferencia politica....Quando é crime contra politicos eles choram por processo justo, quando é servidor foda se....Para os amigos a lei, para os inimigos os rigores da lei...

  • DILCEU BORGES | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 14h19
    3
    0

    demissão e prisão é isso que ela merece. tem que pagar pela morte

  • Thales Marino Fonseca | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 08h20
    6
    0

    ####################################################### EXONERA GOVERNADOR! Mauro Mendes EXONERA essa Cínica !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Elson Oliveira | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 12h40
    41
    5

    Demita ela Governador! Caso contrário pode acontecer novamente o que aconteceu com o soldado Rodrigo. Sabemos que se depender do Comando ela será protegida, já que é filha de coronel...

  • Romilda | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 11h09
    50
    4

    Essa mulher já deveria ter sido expulsa da corporação. O nosso menino não merecia tanta crueldade. Pronto falei

  • mãe de menino | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 09h52
    54
    5

    A população aguarda ansiosa pela DEMISSÃO dessa tenente.

  • JORGE LUIZ | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 09h24
    47
    3

    FALAR O QUÊ DESSA DECISÃO DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO DO CORPO DE BOMBEIROS ONDE REZAM A CARTILHA DO CORPORATIVISMO PRINCIPALMENTE QUANDO QUEM ESTÁ NO BANCO DE RÉUS NADA MAIS É A FILHA DE UM CORONEL DESSA INSTITUIÇÃO, ASSIM ESSE CONSELHO PÕE A CORPORAÇÃO NA LAMA COMO OUTRAS INSTITUIÇÕES MILITARES QUE NÃO SABEM EXTIRPAR DE SEUS QUADROS PESSOAS PERNICIOSAS E ARROGANTES COM ESSA TAL

  • Alexandre da Silva | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 09h14
    47
    3

    Ela não deve só ser demitida ela deve ser presa.

  • alex r | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 08h47
    54
    3

    Como cidadão gostaria que não só ela mas os que a acobertam também fossem desligados.. Entendo que há corporativismo e crimes graves junto a tais decisões , que infelizmente mancham a corporação.

  • Eleitor bem informado | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 08h30
    57
    3

    Já devia ter sido demitida. Conduta arrogante e ilícita que tirou uma vida.

Matéria(s) relacionada(s):

Will sai do PSDB e adere ao Podemos

itamar Will 400   O líder comunitário do bairro Pedro 90 Itamar Will, conhecido por fazer a defesa apaixonada do ex-governador Pedro Taques nos grupos de Whatsapp, apresentou carta de desfiliação do PSDB após 22 anos de militância  e está aderindo ao Podemos. Agora, passa a ser...

Advogado de MT toma posse no CARF

thiago dayan curtinha advogado 400   O advogado Thiago Dayan (foto) tomou posse no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF), em Brasília, na última terça (15). Ele se tornou o único representante de Mato Grosso no Conselho Federal, responsável por julgar decisões de instância administrativa,...

Dutrinha será reinaugurado só em abril

francisco vuolo curtinha 400   Convocado a comparecer nesta quarta à reunião da Comissão de Trabalho, Administração, Serviços e Obras da Câmara Municipal, para explicar sobre a situação do estádio Dutrinha, especialmente em relação ao andamento das obras, o...

Botelho, vaidade e implante capilar

Eduardo Botelho _ 400   Vaidoso, o presidente da AL Eduardo Botelho vai se submeter a um procedimento estético. Se afasta por uma semana para realizar um implante capilar. Bem humorado, anunciou que ficará fora alguns dias para atender pedidos femininos. Depois, disse que vai usar boné e pediu para não ser fotografado...

CPI da Energisa e resultado incerto

elizeu_curtinha_400   O deputado de primeiro mandato Elizeu Nascimento (foto) vai presidir os trabalhos da CPI da Energisa, que realiza a sua primeira reunião nesta 4ª. Thiago Silva, Paulo Araújo e Carlos Avalone vão atuar ativamente nas investigações, sendo membros titulares, mas o resultado ainda é...

Prefeito Pátio tira verba da Santa Casa

jose medeiros 400 curtinha   O ex-senador e deputado federal José Medeiros (foto) reclama da postura oportunista do prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis. Explica que, por meio de emenda de bancada, foram destinados R$ 12,9 milhões para a Santa Casa atender pacientes do SUS da região Sul, compreendendo 20...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.