Judiciário

Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 08h:05 | Atualizado: 19/09/2019, 15h:44

CASO RODRIGO CLARO

TJ "subentende" que Mauro não concorda com inocência e pede ações sobre Ledur

O desembargador Gilberto Giraldelli, do Tribunal de Justiça, determinou que o procedimento administrativo que pode tirar o cargo da tenente do Corpo de Bombeiros Izadora Ledur deve retornar ao governador Mauro Mendes (DEM) para que ele tome providências. O Conselho de Justificação dos Bombeiros deu parecer pela manutenção dela na corporação.

ledur

A conduta de Ledur é apurada no caso que culminou na morte do aluno Rodrigo Claro

Ledur responde a ação penal pela morte do aluno Rodrigo Claro durante o curso de formação dos Bombeiros na disciplina de salvamento aquático. O Ministério Público Estadual (MPE) aponta que a tenente teria torturado Rodrigo durante travessia na Lagoa Trevisan, o que culminou na morte do jovem em novembro de 2016.

A decisão do conselho foi enviada ao governador em 28 de fevereiro deste ano, com apenas uma culpa atribuída à tenente: de ter desferido golpes com nadadeiras em alguns alunos durante o treinamento.

Ela ainda escapou, administrativamente, das acusações de não cumprir o projeto pedagógico do curso nem o plano de segurança, de ter sido negligente com a segurança ao não providenciar ambulância e materiais de apoio, de ter sido negligente ao liberar Rodrigo para de deslocar por meio próprios até a coordenação do curso, mesmo ciente de que o militar sentia “fortes dores de cabeça”, e de ter exposto a imagem do Corpo de Bombeiros pela repercussão do caso.

Para o conselho administrativo, apesar da infração disciplinar, Ledur “reúne condições de permanecer na ativa do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso”. Como chefe máximo da corporação, o governador pode aceitar ou não a decisão do conselho. Contudo, ao receber o relatório, Mauro encaminhou, no mesmo dia, ofício ao Tribunal de Justiça, sem qualquer manifestação, segundo o desembargador.

“Logo, e nos termos do art. 13 da sobredita lei, se houvesse anuído com a conclusão do Conselho de Justificação – o que, frise-se, não é o caso, pois sequer existe manifestação a respeito –, o Exmo. Sr. Governador do Estado, possivelmente, teria se manifestado pelo arquivamento do processo (inciso I) ou pela aplicação de pena disciplinar (inciso II), mas se remeteu os autos a este Tribunal de Justiça, subentende-se que não concordou com o relatório, e conforme dispõe o caput do dispositivo legal em questão, em não aceitando o julgamento do Conselho de Justificação, o gestor deve fazê-lo por despacho motivado que, como já dito, inexiste nos autos”, destacou na decisão de 16 de setembro.

Para Giraldelli, o Tribunal de Justiça não tem competência para decidir sobre a perda do cargo de militares, tarefa que caberia exclusivamente ao governador do Estado.

"Destarte, sob qualquer ótica, é inviável a permanência do feito nesta e. Corte de Justiça, por absoluta incompetência para se pronunciar a respeito da matéria submetida à debate, razão pela qual, sem maiores delongas e com fulcro no art. 51, inc. XV, do RITJMT, de forma monocrática, declaro a incompetência deste e. Sodalício estadual e determino o retorno dos autos ao Chefe do Poder Executivo Estadual, para adoção das providências que reputar necessárias", determinou.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • justiça seja feita | Sábado, 21 de Setembro de 2019, 12h19
    0
    0

    Não se pode condenar por emoção ou clamor social e sim por ordem tecnica sem interferencia politica....Quando é crime contra politicos eles choram por processo justo, quando é servidor foda se....Para os amigos a lei, para os inimigos os rigores da lei...

  • DILCEU BORGES | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 14h19
    3
    0

    demissão e prisão é isso que ela merece. tem que pagar pela morte

  • Thales Marino Fonseca | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 08h20
    6
    0

    ####################################################### EXONERA GOVERNADOR! Mauro Mendes EXONERA essa Cínica !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Elson Oliveira | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 12h40
    41
    5

    Demita ela Governador! Caso contrário pode acontecer novamente o que aconteceu com o soldado Rodrigo. Sabemos que se depender do Comando ela será protegida, já que é filha de coronel...

  • Romilda | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 11h09
    50
    4

    Essa mulher já deveria ter sido expulsa da corporação. O nosso menino não merecia tanta crueldade. Pronto falei

  • mãe de menino | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 09h52
    54
    5

    A população aguarda ansiosa pela DEMISSÃO dessa tenente.

  • JORGE LUIZ | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 09h24
    47
    3

    FALAR O QUÊ DESSA DECISÃO DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO DO CORPO DE BOMBEIROS ONDE REZAM A CARTILHA DO CORPORATIVISMO PRINCIPALMENTE QUANDO QUEM ESTÁ NO BANCO DE RÉUS NADA MAIS É A FILHA DE UM CORONEL DESSA INSTITUIÇÃO, ASSIM ESSE CONSELHO PÕE A CORPORAÇÃO NA LAMA COMO OUTRAS INSTITUIÇÕES MILITARES QUE NÃO SABEM EXTIRPAR DE SEUS QUADROS PESSOAS PERNICIOSAS E ARROGANTES COM ESSA TAL

  • Alexandre da Silva | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 09h14
    47
    3

    Ela não deve só ser demitida ela deve ser presa.

  • alex r | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 08h47
    54
    3

    Como cidadão gostaria que não só ela mas os que a acobertam também fossem desligados.. Entendo que há corporativismo e crimes graves junto a tais decisões , que infelizmente mancham a corporação.

  • Eleitor bem informado | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 08h30
    57
    3

    Já devia ter sido demitida. Conduta arrogante e ilícita que tirou uma vida.

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

3 fortes para prefeito de Rondonópolis

ze do patio 400 curtinha   Apesar da "inflação" de prefeitáveis em Rondonópolis, com quase 10 se colocando como virtuais candidatos a prefeito, a disputa deve ficar acirrada mesmo entre três. Um deles é Zé do Pátio (foto), do Solidariedade. Vai tentar o terceiro mandato não consecutivo e...

Ex-deputada vai à vereadora em VG

zilda pereira 400 curtinha   A ex-deputada estadual Zilda Pereira Leite (foto) permaneceu pouco tempo na base dos Campos em Várzea Grande. Chateada por não ter sido renomeada como secretária de Educação, de cuja pasta havia se afastado por problemas de saúde, Zilda se filiou ao PSB, do pré-candidato...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.