Judiciário

Terça-Feira, 23 de Fevereiro de 2010, 18h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

EMBATE JURÍDICO

Travassos lamenta decisão do CNJ e promete recorrer ao STF

Mariano Travassos   O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Mariano Travassos, lamentou a decisão do Conselho Nacional de Justiça de determinar a aposentaria compulsória dele e de mais nove magistrados do Estado por recebimento de créditos irregulares. Ele disse que vai ingressar com mandado de segurança no STF. Segundo Travassos, o julgamento do CNJ fugiu aos limites jurídicos e teve conotação política.

   Em nota divulgada pela assessoria do TJ, ele voltou a alegar inocência e negou ser integrante do “esquema” montado para beneficiar a maçonaria. Segundo ele, do ponto de vista jurídico, as alegações são frágeis e sem provas. O magistrado argumenta que não há nada que desabone sua conduta desde que ingressou no Judiciário. “No decorrer de 30 anos de magistratura, jamais houve qualquer fato contrário à lisura de sua carreira, construída com ética, moralidade e respeito ao patrimônio público”.

   Ele ponderou que teve a inocência atestada pelo então corregedor-geral da Justiça, desembargador Orlando de Almeida Perri, responsável por enviar as denúncias ao CNJ de pagamentos irregulares durante a gestão do desembargador José Ferreira Leite (2003-2005), que também teve a aposentadoria compulsória determinada nesta terça.

   Travassos alegou não integrar a maçonaria e ter repassado valores à instituição, já que à época ocupava o cargo de corregedor-geral da Justiça, o que não lhe dava autorização para efetuar os pagamentos.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • mario | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 17h50
    0
    0

    eta rd newes como voces sao covarde agora pode falar deste caras do tribunal porque agora eles vao de bengala para praca jogar dama aposemtou agora seu site libera para o povo dizer a verdade e voces ficava incobrindo nao seja covarde cara

  • IVAN NUNES | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 14h59
    0
    0

    QUEM LAMENTA SR. DES. TRAVASSOS É O POVO, QUA AINDA TEM QUE PAGAR PENSÃO AOS SENHORES, QUE DIZ HOMENS DA LEI..QUE EXEMPLO!! E AINDA DIZ QUE VAI RECORRER...EU ACHO Q VCS TEM É QUE CORRER DAI DE VERGONHA..SE TI VER VERGONHA...ACHO QUE NÃO TEM MAIS JEITO..PEGA SEU BANQUINHO E SAIA DE MANCINHO....VIVA A JUSTIÇA....IVAN

  • Francisco Campos | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 14h31
    0
    0

    Em Poconé, esse mando de caloteiros junto com o SICRED, deram um prejuízo no fechamento do ´´Banco``de mais de 2 milhôes de Reais, este dinheiro estava depositado em conta corrente de pessoas, muitas delas bem humilde e pobres. Quando será devolvido esse dinheiro para os correntistas, cadê a polícia federal para apurar e fazer justiças.

  • profª jô | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 14h22
    0
    0

    Meus queridos majistrados acredito que se sua consciencias falassem em voz alta voces estaria ferrados. Todas as pessoas que que tem um pouquinho de consciencia sabem que voces são uns vampiros e ainda posam de inocente. Coitados dos ladões de galinha que estão no carumbé esses sim são inocentes.

  • PAPA BENTO XVI | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 13h55
    0
    0

    Esta Descomungado!! Crime= ação ou omissão

  • Lena Liz | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 10h25
    0
    0

    Coitadinho está se sentindo injustiçado, que pena! Ele tinha mais é que estar trancado dentro de uma sela pensando um pouco nas atitudes, que segundo ele não fez, mas com certeza sabia. Isto o caracteriza igual aos outros "ladrões". Nos população cuiabana somos totalmente contra a penalidade da "aposentaria compulsoria", isto pra nós não é penalidade e sim regalias e privilegios que pessoas como estes jamais poderia ter direito. estamos indignados, esta decisão tem que ser revista, ele não tem direito a nada, nem ao direito de usar suas OAB, para fazer trabalhos autonômos. o lugar deles é na cadeia como todos os que cometem atos ilicitos como por exemplo roubo.

  • Paulo Salem | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 07h44
    0
    0

    Estou comemorando esta decisão, porém um pouco indignado com a chamada aposentadoria compulsória. Isso é privilégio e não devemos aceitar. Se existiu o tal esquema (como afirma o CNJ) e alguem se beneficia com recursos indevidos (roubos) como deveram serem punidos? Os direitos não são iguais? todos não são iguais perante a lei?

  • Alexandre | Terça-Feira, 23 de Fevereiro de 2010, 21h53
    0
    0

    Tive acesso e li na integra o parecer do Procurador Geral, e o voto do relator, como jurista apoio plenamente a decisão, mas com todo o respeito, o Presidente do Tribunal (Des. Mariano) foi injustiçado, não há nada de concreto contra ele, nenhuma prova ou seuqer indício de sua participação no esquema, há apenas o recebimento de atrasados em seu favor, o que, diferente dos demais, não indica qualquer participação no "esquema". Justiça sim, mas sem abusos, sou jurista do interior, sequer conheço o ilustre Presidente, mas a "boca pequena" sabe quem são os corruptos deste tribunal, e desse rol não faz parte o Des. Mariano.

  • Jedae | Terça-Feira, 23 de Fevereiro de 2010, 20h24
    0
    0

    ESSA É NOSSA JUSTIÇA???? IMAGINA ENTÃO OS BANDIDOS?

  • Ana Maria Silva | Terça-Feira, 23 de Fevereiro de 2010, 20h07
    0
    0

    No mínimo ele errou por omissão. Até as paredes sabem dos esquemas que existem no judiciário de MT.

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...