Judiciário

Terça-Feira, 27 de Abril de 2010, 19h:12 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

JUDICIÁRIO

TRE cassa prefeito Clovis e Nei assume; Poconé tem nova eleição

Clovis é cassado de novo; Nei assume e Poconé vai ter nova eleição

Clovis Martins, que perde o mandato   O prefeito poconeano Clovis Damião Martins (PTB) e a vice Nilce Meire Rodrigues Leite (PT) estão cassados pela segunda vez. O martelo da Justiça Eleitoral caiu sobre a cabeça deles em sessão do Pleno do TRE nesta terça à noite.

    Agora, vai assumir o comando do município o presidente da Câmara Municipal, vereador Nei Rondon, do mesmo PTB de Clovis, para mandato tampão. Ele vai continuar no cargo até a realização da eleição suplementar. Enquanto isso, passa a presidir a Mesa Diretora do Legislativo o pedetista Rodemilson Barros. Clovis deve voltar à ativa como fiscal de tributos do Estado.

   Por 4 a 2, os juízes-membros do Pleno entenderam que, de fato, Clovis cometeu abuso de poder econômico. Ele comprovou voto na base da oferta de emprego na prefeitura. O petebista que havia conseguido a reeleição sobre Euclides Santos (ex-PMDB e hoje no PSDB), foi cassado em junho do ano passado pelo juiz da 4ª Zona Eleitoral de Poconé, Edson Dias Reis. Ele recorreu e, poucos dias depois, conquistou liminar para reassumir o posto. Agora, no julgamento do mérito, foi derrotado de vez. O parecer do relator Samir Hammoud foi pelo provimento do recurso. Acompanhou a relatoria Eduardo Jacob. Já os membros do Pleno César Augusto Bearsi, Sebastião de Arruda Almeida, Jorge Luiz Tadeu Rodrigues e Rui Ramos Ribeiro, negaram provimento.

    A situação jurídica de Clovis se complicou por causa da comprovação de compra de voto e de uso da máquina em campanha. Um dos casos concretos diz respeito a duas eleitoras, sendo elas Luzinete Pereira Leite e sua filha Gysele Caroline Leite Silva. Na pré-campanha, o petebista foi à residência e pediu apoio da família. Luzinete disse que a filha estava desempregada e, Clovis, prontamente, adiantou que iria contratá-la como DAS da prefeitura. Assim o fez. Durante a campanha voltou à residência da família para ter segurança do voto e ficou surpreso quando a mãe da servidora contratada declarou que não iria votar no prefeito petebista.

    Na bronca, Clovis determinou a exoneração. Foi o bastante para a demissionária procurar o Ministério Público e denunciar o esquema. Essa denúncia serviu de prova cabal para o juiz Edson Dias decretar a perda do mandato de Clovis, que se reelegeu com 9.323 votos. O prefeito cassado ainda foi multado em R$ 5,3 mil. Em juízo, o petebista alegou que a denúncia não passa de armação política de pessoas que apoiaram seu adversário Euclides.

   Clovis ganhou a reeleição por uma diferença de 726 votos. Euclides obteve 8.597 votos. Nas eleições de 2004, Euclides era prefeito e acabou derrotado por Clovis por menos de 100 votos. Agora, o secretário de Infraestrutura do prefeito cuiabano Chico Galindo pode se animar para entrar no páreo novamente. Enquanto Clovis buscará reverter a situação no âmbito do TSE, Poconé ficará sob comando do petebista Nei Rondon.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Urbano Sene | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 20h17
    0
    0

    Poconé está entre os 10 municipios do Estado de Mato Grosso com o pior IDH - Indice de Desenvolvimento Humano, aquele que mede a qualidade de vida do povo. Concordo quando dizem que Poconé nunca recebeu tanto dinheiro, quanto agora, São muitos milhões de reais do Governo do nosso Presidente Lula do Partido dos Trabalhadores, da qual me orgulho de fazer parte. É incrivel como o povo poconeano é tratado pelo poder executivo municipal, ou melhor, pela turma do Ney Rondon, Clóvis e compahia... Trata as questões sociais com despreso. É só vê como está a saude em Poconé, hospital falido e o Prefeito cassado não teve peito em assumir a responsabilidade pela condução do hospital sob alegação de que prejudicaria os sócios dessa sociedade que está afundada em uma dívida de milhões de reais. Enquanto isso, quem paga o pato é a população que não tem uma saude dígna... O governo federal não tem como investir recursos do SUS no Hospital porque é uma sociedade de saúde privada, não é pública. E o povo como está??? Tá com a corda no pescoço. E a educação? Um verdadeiro caos!.. Tem centenas de alunos da Zona Rural que estão sem aulas há meses, e ninguem da prefeitura nem ao menos tem uma explicação para o tamanho desmando pelo qual passa o municipio de Poconé. Ah! Sem contar a privatização da nossa agua, o povo sendo obrigado a tomar agua de garimpo e pagar caro por isso! O povo pobre não tem dinheiro para comprar agua mineral, na visão dessas pessoas que estão aí, mercúrio não faz mal a saúde, acredita? que morra todos nós... E o tal desenvolvimento humano que mencionei acima? Todos os prefeitos que já passaram pela administração da prefeitura tiveram a oportunidade de trabalhar a geração de renda para o nosso povo e não o fez!.. Qual o argumento tem Sr. Euclides Santos que ficou 08 anos na prefeitura e não soube criar as possibilidades de geração de trabalho e renda para a população? Quanto tempo faz que esse Grupo do prefeito cassado está mamando na prefeitura, inclusive comandado pelo Sr. Ney Rondon e companhia que agora pousa de "o defensor da ética e da moral", mas que nas escuras usa do poder que o povo conferiu a ele para coagir pessoas. Nós dos movimentos sociais temos o compromisso com a vida. Sou militante e com muita honra defendo as causas sociais do povo do campo e da cidade. Militante do PT e defendo eleição já para prefeito de Poconé.

  • CELMA CRISTINA P DA SILVA | Segunda-Feira, 03 de Maio de 2010, 15h48
    0
    0

    Fico feliz pelo Sr. Euclides Santos pala chance de vencer essa eleição, por que tive o prazer de acompanhar a campanha e o dia da eleição em poconé e fiquei pasma com tamanha sujeira da oposição contra o Sr. Euclides Santos., isso torço pela sua nova eleição.

  • Dalila | Quinta-Feira, 29 de Abril de 2010, 18h26
    0
    0

    Que a justiça seja feita! Se for verdade tudo isso,eu só digo uma coisa Foraaaaaaa clovis martins vai serr melhor

  • Dalila | Quinta-Feira, 29 de Abril de 2010, 18h23
    0
    0

    Dalila, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • paty | Quinta-Feira, 29 de Abril de 2010, 13h31
    0
    0

    vamos pedir a Deus que alguem faça alguma coisa por Poconé... chega de palhaçada a justiça está se cumprindo....

  • Marcelo | Quarta-Feira, 28 de Abril de 2010, 12h24
    0
    0

    Deixa de conversa fiada seu Ney Rondon, todo mundo te conhece, é farinha do esmo saco, Vamos ter nova eleição. A JUSTIÇA DE DEUS E DO HOMEM JÁ FOI FEITA. Nossa Poconé vai ser passada alimpo. E o caso SICOOB ?. O povo não suporta mais tantos desmando, o povo está pobre e revoltado com esse prefeitinho cassado e sua corja que você faz parte.

  • Aroldo Marques Silva | Quarta-Feira, 28 de Abril de 2010, 11h50
    0
    0

    A proposito senhores da justiça vcs já cassaram o prefeito mas o que vcs fizeram no caso do SICOB PANTANAL, será que não ha nada mais a fazer ou estão tremendo de medo dos envolvidos ou mesmo do CNJ.

  • José | Quarta-Feira, 28 de Abril de 2010, 10h56
    0
    0

    Essa turma daqui que fica mudando de nome, e-mail e utilizando a net aqui da prefeitura para PUXAR SACO do PREFEITO CASSADO que nem aqui deveria estar mais. O povo esta MUITO FELIZ com a prova de democracia e transparência.

  • NEY RONDON | Quarta-Feira, 28 de Abril de 2010, 09h36
    0
    0

    Lamentamos muito, que nossa querida cidade esteja passando por isso. Uma atitude que nada ajuda o nosso muinicipio, muito pelo contrário, só atrapalha o andamento das obras e realizações conquistada pelo atual prefeito, que diga-se de passagem, o melhor que nós tivemos desde que entrei na política, a mais de 20 anos. Muitos estariam contente em poder substitui-lo, principalmente aqueles que não tem compromisso com as melhorias que POCONÈ precisa, os adversários pessoais comemoram, porque os adversários políticos, sem maldade, entedem que o trabalho sério, é que tem que prevalecer, sem demagogia. Como Presidente da camara municipal de Poconé, estarei assumindo, conforme decisão judicial, mas conciente de que é necessário que se faça justiça, a verdadeira, não só a dos homens, mas em especial a justiça de DEUS. Quanto ao mandato que exercerei, com lealdade, com senso de justiça, voltado acima de tudo, para o interesse da nossa comunidade, que nós preferia-mos que fosse dado a mim pela vontade popular e não de maneira como está. Ao povo de POCONÉ, só resta rezar e torcer para que volte o mais rápido possível aquele que nós escolhemos para dirigir a nossa CIDADE.

  • Manoel de Souza Santos | Quarta-Feira, 28 de Abril de 2010, 09h03
    0
    0

    Mais uma vez a justiça errou em cassar o Clóvis, pois quem perde não é a pessoa do Clóvis e sim todos nós poconeanos e a nossa cidade. Infelizmente a democrácia só existe na constituição e vem sendo disrespeitada em todos os momentos, aqui valeu a vontade da monoria aonde o prefeito priorizou a educação e foi penalizado por isso. Poconeanos enquanto os derrotados ficarem fabricando provas ou usando certas pessoas para reverter situação desfavoraveis a tais a nossa Poconé e toda população será sempre prejudicada. Há lembrando o ex-prefeito este tem de ficar bem longe do municipio, pois já passou por 2 vezes no executivo e foi um desastre a sua administração(Pifia).

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...

Prefeito de Araputanga negocia praça

enilson rios prefeito 400 araputanga   O prefeito de Araputanga, Enilson Rios (foto), que ganhou as eleições do ano passado por uma diferença de apenas 56 votos sobre Joel Martins, com placar de 3.492 a 3.436, está no centro de uma polêmica. Ele aceitou uma proposta do Sicredi para utilização de um...

Barra recebe R$ 1,9 mi pra bancar UTIs

adison gon�alves 400   Em Barra do Garças, com 61 mil habitantes e 5.929 casos confirmados de Covid-19, inclusive com 207 mortes, incluindo 26 óbitos de indígenas em consequência da doença, o prefeito Adilson Gonçalves (foto) abriu crédito suplementar no orçamento de R$ 1,9...

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...

ICMS e R$ 150 mi a mais a municípios

rogerio gallo 400 curtinha   O secretário Rogério Gallo (foto), da Fazenda, assegura que o governo estadual já enviou para os municípios, no primeiro trimestre deste ano, R$ 150 milhões somente em ICMS arrecadado a mais do que estava previso na lei orçamentária. O valor é 8 vezes...

Fúrio, última ação no MPE e morte

celio furio 400   Célio Joubert Fúrio (foto), que morreu nesta sexta, aos 56 anos, vítima da Covid-19, foi um incansável combatente de atos de improbidade administrativa em MT e na defesa do patrimônio público. Integrava aos quadros do Ministério Público Estadual havia 29 anos. Ele atuou...

MAIS LIDAS