Judiciário

Segunda-Feira, 23 de Agosto de 2010, 18h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:27

GENERAL CARNEIRO

Tribunal nega recurso a Magali

Magali Vilela (PP)   O juiz-membro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) César Augusto Bearsi indeferiu nesta segunda (23) o pedido de liminar em ação cautelar impetrada por Magali Vilela (PP), que tentava se manter como prefeita de General Carneiro. A progressista comandava a cidade desde janeiro de 2009, quando o prefeito eleito Juracy Rezende, o Buchudo (PT), foi cassado. Ela decidiu ingressar com o recurso depois que o juiz da 47ª Zona Eleitoral Otávio Vinícios Affi Peixoto rejeitou a denúncia de compra de votos supostamente praticada por ele em 2008, arquivando todo o processo.

  Magali ficou revoltada com o fato da Justiça determinar a posse de Buchudo, que ocorreu nesta segunda, e queria “barrar” a entrada do petista na prefeitura. Com a decisão, a cerimônia de posse de Buchudo e seu vice João Bosco Vilela de Moraes fica oficializada. “A liminar ora requerida, se deferida, fere de morte a soberania popular manifestada nas urnas de General Carneiro, na medida em que manteria como chefe do Executivo, pessoa não legitimada", argumentou Bearsi ao indeferir o recurso impetrado por Magali.

  O magistrado salientou também que o fato da progressista ter realizado obras e serviços em General Carneiro não a credencia para ficar no posto já que estava cumprindo sua obrigação como gestora. Esta é a primeira vez que Buchudo consegue sentar na cadeira de prefeito. Ele foi cassado por compra de votos e irregularidades das contas de campanha antes mesmo de tomar posse. Magali assumiu o posto e, desde então, os dois travavam uma guerra jurídica. Neste período, Buchudo ingressou com vários recursos no TRE e o Pleno reformou a decisão da primeira instância e determinou que o processo voltasse à 47ª Zona Eleitoral para que o vice dele fosse citado. Após ouvir João e reavaliar o processo, o magistrado entendeu que o petista é inocente e decidiu arquivar toda a ação – veja mais aqui.

Postar um novo comentário

Comentários (55)

  • pedro | Domingo, 31 de Outubro de 2010, 20h48
    0
    0

    pedro, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Pedro | Quinta-Feira, 07 de Outubro de 2010, 14h45
    0
    0

    O que esta acontecendo minha cidade virou a cidade sem lei e sei comando ta tudo dominado, e esses administradores que estão fazendo da cidade a cozinha de suas casas e la no Distrito de Paredão Grande ate o pínguço manda na comunidade

  • Carlos | Quarta-Feira, 06 de Outubro de 2010, 21h51
    0
    0

    Socorro Ministerio Publico o que esta acontecendo em General Carneiro saiu a turma da Magali agora entra a turma do buxudo eles estão demitindo pais e maes de familia e colocando gente que não trabalha apenas para mamar nas tetas da prefeitura virou a cidade do terror enquanto uns passam fome outros comem caviar as custas da prefeitura e dizam que a Magali era perseguidora mas mostram o contrario ate quando o Ministerio Publico vai ficar omisso e não vai entervir em General Carneiro

  • Aparecida , | Segunda-Feira, 27 de Setembro de 2010, 13h04
    0
    0

    Em se tratando de palavroes, deixo claro que jamais perderia o meu tempo xingando gestora municipal em periodo de mandato passageiro,pois ela mesma é sabedora de sua situação judicial neste municipio. acho que não precisa ninguém nem perder o tempo em fazer esse tipo de comentário ridículo.Sucesso essa paixão que voces estão sentindo vai passar...............

  • pedro | Domingo, 19 de Setembro de 2010, 21h21
    0
    0

    pedro, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Luciano | Segunda-Feira, 13 de Setembro de 2010, 09h12
    0
    0

    E gente nao e desmerecendo ninguem , acho que todo mundo tem suas qualidades , mas ja viram o povo que esta trabalhando na prefeitura sem qualificação nenhuma . As pessoas nunca se emportaram em estudar em melhorar sua qualificação.Nem vem falar que e por falta de oportunidade nao pq sempre teve onibus e ajuda na mensalidade. E pq o pessoal de General ta acostumado a ganhar o peixe e numca irem pescar ele. O povo ta muito mal acostumado. E com o Buxudo vai ser da mesma forma ele nao quer saber de trabalhar e sim ver o que a Magali fez de errado . E demintir o pessoal que ela contratou. Começa a trabalhar e mostrar serviço . pq ta feio!!

  • paula | Domingo, 12 de Setembro de 2010, 15h37
    0
    0

    GENERAL PEDE SOCORRO, SERÁ QUE O POVO DO BUCHUDO TAMBÉM É CEGO? NÃO ESTÃO VENDO A AGUA QUE CHEGA AS NOSSAS TORNEIRAS A SUJEIRA? COMO PODEMOS TOMOS USAR ESSA AGUA COZINHAR? AONDE ESTÁ O SECRETARIO VALDENIZIO QUE NÃO ESTÁ TRATANDO DA NOSSA AGUA? ESTAMOS BEBENDO A AGUA DIRETO DO BARREIRO SEM TRATAMENTO NENHUM O LIXÃO DESSENDO ATÉ LÁ,PELO AMOR DE DEUS TENHA DOR.

  • cecilia | Quarta-Feira, 08 de Setembro de 2010, 14h18
    0
    0

    VOLTA MAGALI NOS PRESIZAMOS DE VC GENERAL ESTA MORENDO

  • maria heliza | Quarta-Feira, 08 de Setembro de 2010, 14h08
    0
    0

    É JURACY vc esta na prefeitura por que foi elegindo pelo povo,vc prometeu da emprego para eles que voto em vc. Mas por que que vc esta empreguando o povo do cial e nao os que te apoio. SE liga gente vc estao ficando de lado enquanto o povo do marcial esta tomando conta da vaga de vcs.hhhhahahh. Presta atensão seus besta abre o olho.fuiiiiiii

  • JOANA | Domingo, 05 de Setembro de 2010, 16h04
    0
    0

    OUTRA GENTE A DONA SONIA FONSECA FICOU DE BUTUCA DURANTE 20 MESES ENFRENTE A PREFEITURA SÓ ESPERANDO A MAGALI SAIR PARA ELA VOLTAR NÃO ESPEROU NEM ESFRIAR A CADEIRA. AGORA SIM VAI VOLTAR AS CONSTRUÇÕES.

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.