Judiciário

Quinta-Feira, 29 de Maio de 2014, 08h:07 | Atualizado: 29/05/2014, 12h:26

OPERAÇÃO ARARATH

Tribunal solicita informações à Justiça Federal para investigar magistrados

TJ

04 - Roberto Teixeira Seror juiz.jpg

Roberto Seror teria recebido valor para negociar decisão com desembargadores

 

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso solicitou informações à Justiça Federal sobre o possível envolvimento de dois magistrados no esquema ilegal de lavagem de dinheiro e crimes contra o sistema financeiro nacional que operava no Estado. O desembargador afastado Evandro Stábile e o juiz Roberto Teixeira Seror são apontados em supostas vendas de sentenças no âmbito do Judiciário.

O nome de ambos os magistrados vieram à tona após a quebra de sigilo dos inquéritos da Operação Ararath, deflagrada pela Polícia Federal, decretada pelo juiz Jeferson Shneider, nesta terça (27).

Seror aparece na planilha de empréstimos feitos pelo ex-secretário Eder Moraes, apreendida pela PF. O delator Júnior Mendonça, empresário apontado como operador das transações financeiras ilegais, explicou aos agentes que Eder o havia confidenciado que o valor de R$ 500 mil discriminado no documento seria para pagar o juiz, que teria negociado uma sentença junto ao Pleno do TJ na qual foi determinado o sequestro de R$ 80 milhões da Brasil Telecom, destinados ao erário.

Empréstimo feito por Eder teria pago decisão para Governo obter R$ 80 mi

Já Stábile, segundo depoimento de Júnior e documento, também teria recebido R$ 500 mil para evitar a cassação do prefeito de Sinop, Juarez Costa (PMDB), a pedido do governador Silval Barbosa (PMDB), à época vice-governador e pré-candidato ao Governo. O prefeito enfrentava um processo na Justiça Eleitoral acusado de distribuir combustível em troca de votos durante a campanha eleitoral de 2008. Stábile só chegou deferir liminar para que Juarez voltasse ao posto, pois tinha sido cassado em primeira instância. Logo depois o desembargador foi afastado pouco tempo depois devido a Operação Asafe, por venda de sentença, em 2010.

Para manter apoio em Sinop, Silval tentou impedir cassação de Juarez

Caso as acusações contra os dois magistrados sejam consideradas “consistentes” pelo poder Judiciário, ambos responderão a processo administrativo. No caso do juiz, a apuração interna ficará a cargo da Corregedoria de Justiça e, quanto ao desembargador, a investigação será feita pelo Tribunal Pleno.

Já outros envolvidos na Operação Ararath, tiveram ontem (29), no final da tarde, o bloqueio de bens decretado pela Justiça Federal. Contudo, não divulgaram os nomes. O intuito é segurar possíveis recursos que devam voltar aos cofres públicos. 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Henriqueta | Quinta-Feira, 29 de Maio de 2014, 18h18
    1
    0

    Vocês já repararam que apesar de todo suporte jornalístico e etc e tal, o TJ frequenta com assiduidade as páginas policiais?

  • carlos cross | Quinta-Feira, 29 de Maio de 2014, 12h00
    0
    0

    carlos cross, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • marcelo | Quinta-Feira, 29 de Maio de 2014, 08h28
    0
    0

    marcelo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

Empolgado e já morando em VG

emanuelzinho 400   O deputado federal Emanuelzinho (foto), do PTB, está tão empolgado com a possibilidade de concorrer a prefeito de Várzea Grande que não só transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para o município vizinho, ainda no ano passado, como também alugou um apartamento...

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.