Judiciário

Quinta-Feira, 28 de Novembro de 2019, 08h:55 | Atualizado: 28/11/2019, 14h:59

Fim do mandato?

TSE coloca em pauta e julgamento "final" de Selma sobre caixa 2 será na próxima 3ª

O ministro Og Fernandes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), colocou na pauta da sessão da próxima terça (3) o processo de cassação do mandato da senadora Selma Arruda (Pode) por caixa 2 e abuso de poder econômico. Selma recorre da decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), que cassou o mandato e determinou que ela e seu primeiro suplente, Gilberto Possamai (PSL), fiquem inelegíveis por oito anos.

beto possamai selma 680

Selma Arruda e  suplente Beto Possamai durante um dos "arrastões" na campanha eleitoral

Caso o TSE confirme a decisão, uma nova eleição deverá ser realizada para o Senado em Mato Grosso. O PSD do ex-vice-governador Carlos Fávaro pede que ele, que foi o terceiro colocado na eleição de 2018, seja empossado. Esse posicionamento teve apenas um voto favorável no julgamento do TRE-MT, dado pelo desembargador Pedro Sakamoto, corregedor-geral do Tribunal à época.

Outros três processos estão na pauta do TSE para terça. Ainda há questões preliminares a serem julgadas, como a entrada do Podemos no PSL como parte interessada no processo. Por isso, a expectativa é que, ainda que o julgamento de Selma tenha início, não seja finalizado nessa data.

A juíza aposentada é acusada de gastar R$ 1,2 milhão fora dos registros oficiais durante a pré-campanha e o período de campanha em 2018. A maior parte dos recursos teriam sido utilizados para confecção de materiais e realização de pesquisas pela Genius At Work, agência do publicitário Junior Brasa. Também teriam sido contratados advogados, contadores, assessores e outros profissionais.

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) ainda aponta que Possamai teria colocado R$ 1,5 milhão na campanha de maneira irregular. Selma alega que o valor se tratava de um “mútuo”, um empréstimo, que não teria relação com a campanha. A PRE sustenta, porém, que os valores foram utilizados em parte em pagamentos à Genius por meio de cheques, anexados ao processo como prova.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Orlandir Cavalcante | Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, 15h19
    1
    0

    iNTERESSANTE. No caso dela a segunda instancia ela aguarda no cargo? kkkkkkk hipocrisia

  • CORNÉLIO CASSIMIRO | Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, 11h28
    2
    2

    Bom dia à todos, deixem à Senadora Selma trabalhar, o que existe de verdade, é muita gente com medo dos conhecimentos e capacidades Jurídicas que ela tem, está é há mais pura realidade, ela tem muita Competência e Capacidade, e estes conhecimentos e capacidades que à Senadora tem, incomoda à muita gente, simples assim.

  • GILMAR DE PAULA | Quinta-Feira, 28 de Novembro de 2019, 16h46
    6
    7

    O resultado, sem entrar no mérito de culpa da Senadora, é mais que previsível. A Senadora está em campanha pela aprovação da prisão após condenação em segunda instância e pela aprovação da CPI da toga. A bandidagem política que está bem encaminhada para a cadeia e os membros do judiciário denunciados, não irão perdoar. Assim sendo, a Senadora será em breve ex-senadora.

  • Orlandir Cavalcante | Quinta-Feira, 28 de Novembro de 2019, 13h23
    15
    4

    La se foi a torre da moralidade kkkk uma piada esta mulher kkkkkk

  • Robson Souza | Quinta-Feira, 28 de Novembro de 2019, 12h21
    16
    4

    Esse senhora foi uma surpresa extramente desagradável. Cassação já. Como pode ser tão soberba e desagregadora desse jeito.

  • Julio Arrais | Quinta-Feira, 28 de Novembro de 2019, 10h20
    11
    8

    A falsa moralista deverá ser cassada. Nova eleições devem ser marcadas. Tenho esperança que o povo de Mato Grosso tão candente em eleger inimigos de seus direitos, agora possam eleger um (a) senador(a) que realmente não represente os rentistas e o agronegócio. É a hora de colocarmos no senado brasileiro um representante da esquerda deste estado. Assim espero.

Matéria(s) relacionada(s):

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.