Judiciário

Quarta-Feira, 19 de Maio de 2010, 14h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

POCONÉ

TSE nega recurso a Clóvis porque afastamento ainda não ocorreu

  O ministro Hamilton Carvalhido, do Tribunal Superior Eleitoral, negou nesta terça (19) provimento ao recurso impetrado pelo prefeito cassado de Poconé Clóvis Martins, que tentava obter uma liminar de efeito suspensivo para ser reconduzido ao comando da cidade. O magistrado entendeu que não há necessidade em deferir o pedido tendo em vista que a decisão do Tribunal Regional Eleitoral em afastar Clóvis da prefeitura ainda não foi executada. O petebista continua no comando da cidade, mesmo após ter sido cassado pela Justiça por suposta compra de votos e uso indevido da máquina.

  Além de indeferir a liminar, o ministro salienta na decisão que não vê nenhum tipo de excepcionalidade no caso envolvendo Clóvis e que, por isso, não há nenhum “fato impeditivo à obtenção da medida cautelar perante o próprio TRE”. “Por enquanto não adianta pleitear a liminar porque a decisão não foi executada. Se isso ocorrer vamos ingressar com recursos no TRE e TSE”, frisa o advogado Ronan de Oliveira.

  Ainda conforme ele, o TRE indeferiu o recurso impetrado pela Coligação Trabalho e Desenvolvimento, na época formada por PR, PSL, PMDB e PV, que tentava deixar Clóvis e sua vice Meire Adauto inelegíveis. Assim, no caso da Justiça Eleitoral determinar a realização de eleição suplementar, o petebista poderá disputar o pleito. “Não há nenhum impedimento para que concorra a vaga no caso da existência de novas eleições”, enfatiza Ronan. Neste possível cenário a tendência é que a disputa de 2008 se repita.

  Ocorre que o secretário de Infraestrutura de Cuiabá Euclides Santos já se articula para disputar a vaga. Ele foi derrotado em 2008 pelo petebista após uma disputa acirrada. Clóvis foi eleito com 9.323 votos. Já Euclides, que era filiado ao PMDB e hoje está no PSDB, teve 8.597. Por 4 votos a 2 o TRE cassou o mandato do petebista. Entre as denúncias que pesam contra o prefeito está a de que ele teria oferecido a uma professora emprego na prefeitura. Em troca, ele teria pedido que ela e seus familiares votassem nele, incorrendo não só em crime de compra de votos, como abuso do poder econômico. Clóvis nega ter praticado o ato ilegal. Argumenta que a denúncia não passa de armação política, de pessoas que apoiaram Euclides.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • POCONEANO DE VERDADE | Quinta-Feira, 20 de Maio de 2010, 19h19
    0
    0

    Esse povinho do PT é engraçado, depois que come,mama, chupa, depois que a casa caiu, joga o bagaço fora. Em todo tempo o PT no poder, na mamadeira, agora pouquinho oS dois Cassados , PREFEITO E VICE CROVIS(PTB) E MEIRE(PT), agora disk são novidade... foi assim no mandato do Euclides Santos e no mandato do Luis Vicente, agora o PTezinho , CASSADO JUNTO COM CROVIS, VEEM COM A MESMA CONVERSA DE SEMPRE. Esse URBANO ou melhor TIO URBANO É BOM MESMO NA PANELA, NEM A VEREADOR ELE NUNCA CONSEGUI, SE FOR O QUE EU CONHEÇO QUE TEVE MENOS VOTO DO QUE O JOÃO LOUCO QUE NÃO VOTOU NEM NELE MESMO. FUI

  • PAULO ASSIS | Quinta-Feira, 20 de Maio de 2010, 17h54
    0
    0

    NASCI E CRIEI AQUI EM POCONÉ, MORO AQUI, TENHO SITIO NA ZONA RURAL E NÃO CONHEÇO ESSE URBANO, CONHEÇO NA VERDADE O ARROZ TIO URBANO, ESSE SIM EU CONHEÇO E COMO TODO DIA, AGORA ESSE URBANO, NINGUEM AQUI CONHEÇO

  • POCONEANO | Quinta-Feira, 20 de Maio de 2010, 14h26
    0
    0

    Conheço muito bem O Professor Urbano Sene. Um militante dos movimentos sociais, comprometido com as causas sociais do nosso povo. Tenho parentes que moram na Zona Rural e vejo eles tecerem elogios ao Ex Secretário de Agricultura de Poconé Sr. Urbano. É uma pessoa que nunca deixou de lutar pelos interesses do povo da zona rural. Infelizmente ainda existem pessoas que desconhecem os problemas do nosso municipio, ou simplesmente fecham os olhos para não o ver. São cegos de tudo... Até de consciência. As pessoas não gostam de pessoas sérias e honestas e quando falam a verdade, são criticadas. Essas pessoas desconhecem a verdadeira realidade do povo da cidade e da zona rural. Foi o melhor secretário de Agricultura q Poconé já teve, sempre fez presença na Zona Rural e por isso é conhecedor dos problemas lá existente. Mesmo agora, continua ajudando a organizar os trabalhadores para buscar uma forma de trabalho e geração de renda para as comunidades. Quem conhece esse homem é o povo da Zona Rural!.. Esse sim, tem compromisso com o povo..

  • PEDRO PEREIRA | Quinta-Feira, 20 de Maio de 2010, 11h46
    0
    0

    Esse URBANO, sempre nas teta da prefeitura, só porque perdeu a chupeta, outra coisa, o PT fez parte da admonistração durante oito anos da administração do EUCLIDES SANTOS, fez parte tambem da administração do LUIZ VICENTE, INCLUSIVE O SENHOR lourival do PT era secretario da administração que até reduziu o salarios dos funcionarios, agora fez parte da administração do CLOVIS MARTINS, e ALEM DE TUDO O VICE DE CLOVIS É DO PT A MEIRE ADAUTO QUE FOI CASSADA JUNTO COM CLOVIS. CHEGA DE PT CHEGA DE PT, AQUI PT NUNCA DEFENDEU O POVO A NÃO O INTERESSE PROPIO

  • SÓ RINDO | Quarta-Feira, 19 de Maio de 2010, 23h07
    0
    0

    SR URBANO SENE ME DA ATÉ GRAÇA VOCÊ FALAR MAL DO MANDATO DE CLÓVIS, SERÁ QUE É SÓ POR QUE VOCÊ NÃO FAZIA NADA COMO SECRETARIO E FOI MANDADO EMBORA E NÃO SE ESQUEÇA QUE VOCÊ E A VICE PREFEITA MEIRE ADALTO SÃO DO PT.

  • Urbano Sene | Quarta-Feira, 19 de Maio de 2010, 21h13
    0
    0

    Moro em Poconé e fico muito triste com o descaso e a falta de compromisso dos governantes que passaram pela administração Pública deste municipio, com os menos favorecidos. Poconé figura entre os 10 municipios do Estado com o pior IDH - Indice de Desenvolvimento Humano (aquele que mede a qualidade de vida das pessoas). Não podemos admitir que um municipio com tamanha potencialidade para o Turismo, Agricultura Familiar, Pecuária, mineração, etc... dentre outras formas de produção, continue a ver pessoas passando dificuldades em suas familias por não ter renda. Caos na saúde e Educação. É triste ver alunos que residem na Zona Rural até agora sem transporte escolar para poderem dar continuidades em seus estudos. Passam os governos e os problemas se agravam cada vez mais... Se não fosse o Governo do Presidente Lula do PT e Governo do Estado, não sei o que seria da nossa cidade. A briga do poder pelo poder a qualquer custo...Euclides ficou 08 anos no poder, o que fez? Nada, nada, nada... O prefeito cassado e sua turma se orgulham em dizer que estão aí a quase 20 anos... E, eu pergunto: E o povo como está? Com a corda no pescoço...Nosso povo merece respeito... Agora é a vez do PT, Partido que está mudando o Brasil, governar Poconé pela primeira vez e transformar a realidade deste municipio, dar dignidade as pessoas que aqui vivem.

  • Francisco Figueiredo | Quarta-Feira, 19 de Maio de 2010, 18h31
    0
    0

    Informações que nos proximos dias terá mais uma audiêcia com os réus prefeito cassado clovis Martins e o Bicheiro Arcanjo, processo esquema dos grãos, sec. de fazenda, o rombo de milhões nos cofres do Estado. Esse é o cara....que envergonha mesmo nos poconeanos

  • ROBERTO DE SOUSA | Quarta-Feira, 19 de Maio de 2010, 16h03
    0
    0

    Esse cara só envergonha nossa Poconé. Esperamos que a policia federal de uma resposta no caso SICOOB, roubaram milhões do povo, milhares pais de familia e até agora nada de punição.

  • Junior | Quarta-Feira, 19 de Maio de 2010, 15h56
    0
    0

    Moro em VG mas voto em Poconé e é uma vergonha tudo que está acontecendo por lá, desde a época do prefeito Euclides já tinha este festival de denúncia, agora com Clóvis continua a mesma coisa. Eu me sinto envergonhado e desacreditado dos políticos de minha cidade, no fundo são todos farinha do mesmo saco, brigam pelo poder, compram votos se elegem e não tem dignidade e honestidade para governar. Fora Euclides e fora Clóvis.

  • Agostinho Cansado | Quarta-Feira, 19 de Maio de 2010, 14h57
    0
    0

    NÃO É SÓ NO "TJ", "TRE" E "TCE" QUE TEM SUJEIRA EM BAIXO DOS TAPETES NÃO!!!!!!!!!!!, TEM SUJEIRA EM BAIXO DOS TAPETES DE MUITAS COMARCAS POIS OS PROCESSOS DE COMPRA DE VOTOS CONTINUAM ENGAVETADOS, CASO DE COTRIGUAÇU, ONDE EXISTEM PROCESSOS COM UM CAMINHÃO E MEIO DE “PROVAS ROBUSTAS E CONTUNDENTES DE COMPRAS DE VOTOS, ALEM DE PROVAS CABAIS DE USO DE CAIXA DOIS”, E TUDO CONTINUA ENGAVETADO, PERGUNTO???????, SERIA UMA VERTICALIZAÇÃO DAS SENTENÇAS???????, COM A PALAVRA A “PF”!!!!!!!!!!.

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...