Judiciário

Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019, 11h:15 | Atualizado: 17/04/2019, 16h:42

Vidal e Sakamoto encerram gestão e com avanços no Código Eleitoral e na biometria

Rodinei Crescêncio

Pedro Sakamoto e Marcio Vidal

Pedro Sakamoto e Marcio Vidal deixam comando do TRE  e destacam cadastro biométrico

Os desembargadores Márcio Vidal e Pedro Sakamoto se despediram da gestão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) com a avaliação de que a elaboração de minuta para um novo código eleitoral e o avanço no cadastramento biométrico dos eleitores foram as ações mais marcantes.

Os resultados da gestão dos últimos dois anos do TRE-MT foram apresentados na segunda (15) à imprensa. “A Justiça eleitoral tem cumprido o seu papel e segue evoluindo. Nesse período procuramos desenvolver todos os projetos em direção a sociedade. Elaboramos a minuta de um novo Código Eleitoral, matéria que está sendo tratada no Tribunal Superior Eleitoral para futuramente ser encaminhada ao Parlamento. Julgamos imprescindível esta atualização, temos um código de 1965, portanto, desatualizado a nossa realidade”, pontuou o presidente do TRE-MT, desembargador Márcio Vidal.

Durante a coletiva de imprensa, além do presidente, o corregedor eleitoral, desembargador Pedro Sakamoto, o diretor geral do Tribunal, Nilson Bezerra, e os secretários estiveram presentes. “Existem pessoas que pensam que a Justiça Eleitoral só trabalha a cada dois anos, um grande engano. Trata-se da Justiça mais abrangente de todas, a jurisdição universal da cidadania. É a Justiça que atinge o maior número de pessoas e só aqui em Mato Grosso são 2,1 milhões de pessoas atendidas. Todos os dias temos atividades no julgamento de processos, prestação de contas, cadastros eleitorais, serviços de cartório, e a organização da eleição”, destacou Vidal.

Existem pessoas que pensam que a Justiça Eleitoral só trabalha a cada dois anos, um grande engano

Márcio Vidal

Ele ainda destacou as dificuldades no pleito de 2018, quando a Justiça Eleitoral foi atacada pelas Fake News, nos posicionamentos claros em defesa da transparência e lisura do processo eleitoral. “O cidadão precisa participar, se informar, assumir a responsabilidade que é viver em sociedade. Nós criamos o programa Cidadania em Debate, onde discutimos estes assuntos na televisão, buscando alcançar um maior número possível de pessoas. Criamos o projeto Diálogos da Cidadania, um trabalho onde percorremos os municípios de Mato Grosso com palestras e debates sobre controle social e participação popular, a importância do voto entre outros temas. Foi um conjunto de ações que tornou nossa condução do TRE uma Gestão Cidadã”.

Um dos principais avanços do tribunal nestes últimos dois anos foi apresentado pelo desembargador Pedro Sakamoto. Ele destacou que foram atendidos aproximadamente um milhão de eleitores biometricamente. “Tivemos um avanço bem significativo. Acredito que até o final de 2020, ou 2021, a próxima gestão poderá concluir o cadastramento biométrico dos eleitores. Antes da meta estabelecida pelo TSE para 2022. Este foi um trabalhado desafiador realizado pelo Tribunal”.

Para alcançar este resultado, Sakamoto agradeceu a todos os órgãos públicos que colaboraram com a Justiça Eleitoral. “Percorremos várias Prefeituras, Câmaras, Órgãos Estaduais, explicando a importância do cadastro biométrico e como cada ente público poderia colaborar. Entregamos a nossa gestão com 70% dos eleitores cadastrados biometricamente. Quando assumimos eram 26%. Agradeço a todos os servidores da Justiça Eleitoral que se dedicaram e tornaram possível este grande passo”.

Sobre os avanços em tecnologia, o diretor geral do TRE, Nilson Bezerra, explicou o funcionamento do aplicativo Soberano, rede Wi-Fi, entre outros. “Apesar do permissivo legal de participação na vida do legislativo, a população não o faz em razão da dificuldade técnica da coleta de assinaturas em papel. O aplicativo surge para possibilitar esta participação. É muito difícil você conferir um milhão de assinaturas por exemplo, pra saber se essa pessoa é ou não eleitor. Certamente o aplicativo terá novas utilizações, como colher opinião da população sobre projetos em tramitação, depende de vontade política agora. Sobre a rede wi-fi, é necessária a internet para que as pessoas tenham acesso aos processos eleitorais, assim como os profissionais da imprensa precisam dessa rede para produzir seu conteúdo. O Tribunal investiu para se tornar cada vez mais transparente, e fomos reconhecidos com este título nacionalmente como o Tribunal mais transparente de Mato Grosso e o décimo em todo o país em todas as Justiças”.

Os desembargadores Gilberto Giraldelli e Sebastião Barbosa Farias foram escolhidos pelo Pleno do Tribunal de Justiça para comandar o TRE-MT pelos próximos dois anos. Eles assumem a gestão a partir da próxima semana.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • lazara | Sábado, 20 de Abril de 2019, 21h52
    0
    0

    lazara, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Matéria(s) relacionada(s):

Sindal e a traição por alíquota de 14%

jovanildo antonio sindal curtinha 400   Jovanildo Antonio da Silva (foto), presidente do Sindal que já tem uma atuação pífia, agora está levando porrete de todo lado dos servidores da Assembleia. É que, ao invés de sair em defesa da categoria e se manifestar contra o projeto do governo de elevar a...

2ª suplente de Selma amarga 2 perdas

clerie fabiana curtinha 400   Clérie Fabiana Mendes (foto), que surgiu do nada na vida pública e ganhou notoriedade como 2ª suplente da senadora Selma Arruda, vai perder duas vezes. Primeiro, ficará sem o cargo eletivo, por causa da cassação da chapa, encabeçada por Selma, por caixa 2. Segundo,...

Após aprontar, Abílio pede desculpas

juca do guaran� curtinha 400   Acuado, Abílio Brunini (PSC) recorreu agora a uma outra estratégia na esperança de escapar da cassação do mandato, depois de tanto aprontar, com denúncias sem provas, constrangimento, brigas, manipulação e ataques a diversas pessoas. Da...

Cervejaria cuiabana devolve R$ 270 mi

rogerio gallo 400 curtinha   Após negociação, por intermédio do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (CIRA), uma cervejaria de Cuiabá vai devolver aos cofres públicos cerca de R$ 270 milhões nos próximos dias. O montante se refere a diferenças no ICMS...

Lei em Cuiabá veta cortar luz e telefone

misael galvao 400 curtinha   Seguindo exemplo de outros municípios, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), rejeitou veto do prefeito Emanuel e promulgou uma lei, que proíbe empresas de gás e concessionárias de serviço público de energia elétrica, no caso a Energisa,...

Visita a todos setores e agradecimento

domingos neto tce 400 curtinha   Numa demonstração de humildade e respeito aos servidores, o presidente do TCE Domingos Neto visitou nesta 4ª todo os setores do Tribunal para agradecer pessoalmente o esforço, dedicação e a contribuição de cada colaborador para que sua gestão do...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.