Judiciário

Segunda-Feira, 06 de Abril de 2020, 10h:33 | Atualizado: 07/04/2020, 07h:18

POSSÍVEL MACHISMO

Vídeo mostra promotora sendo inquirida sobre nudez com indígenas em inquérito

Em investigação sobre suposto desvio de recursos do Ministério Público Estadual (MPE), a promotora de Justiça Solange Linhares Barbosa aparece, em vídeo, sendo questionada se estaria trabalhando nua junto aos indígenas na região de Paranatinga (339 km da Capital). Solange está afastada do cargo desde fevereiro por decisão do Tribunal de Justiça.

Reprodução

Promotora de Justiça Solange Linhares Barbosa

 

A promotora é acusada de desviar de R$ 985,7 mil em projetos fictícios que deveriam beneficiar comunidades indígenas. No decorrer do processo, contudo, ela pode ter sido vítima da prática conhecida como  gaslighting (abuso psicológico relacionado ao gênero da vítima).

obteve a denúncia oferecida pelo procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges, e pelo coordenador do Naco Criminal, Domingos Sávio Barros Arruda, que tramita em segredo de justiça.  Na prática, a promotora Solange é chamada de “louca” pelos procuradores (veja trechos da denúncia ao final da matéria).

Isso porque, em pelo menos 16 trechos da denúncia, a acusação afirma que os projetos desenvolvidos em comunidades indígenas são “fantasia” ou “produto da imaginação” de Solange. Em outros trechos da denúncia, chegam a citar que o trabalho na Promotoria servia para o “deleite” e “prazer” da denunciada.

Ocorre que o possível  gaslighting, além de  violência de gênero, também pode configurar ato abusivo no aspecto processual.  De acordo com o artigo 46 do Código de Processo Penal (CPP), “da denúncia deve constar o essencial à configuração do tipo e suas circunstância”

Já o artigo 41 do CPP diz:  “A denúncia ou queixa conterá a exposição do fato criminoso, com todas as suas circunstâncias, a qualificação do acusado ou esclarecimentos pelos quais se possa identificá-lo, a classificação do crime e, quando necessário, o rol das testemunhas”.

Se considerar os artigos 46 e 41 do CPP, é possível concluir que  as reiteradas afirmações sobre a suposta  “mente fantasiosa” da promotora teriam sido colocadas na peça com objetivo de expô-la e humilhá-la.

É obvio que uma promotora de justiça não trabalha nua. Eu nunca fiquei nua para trabalhar. Eu respondo isso bastante ofendida

Promotora Solange Linhares

No entanto, a prática de gaslighting não se restringiu à denúncia formulada procuradores. obteve acesso ao vídeo do depoimento da promotora Solange no âmbito do MPE, no qual o procurador Flávio Fachone, a interpela insistentemente se ela ficava nua quando estava entre os indígenas desenvolvendo a função de promotora de justiça.

“É obvio que uma promotora de justiça não trabalha nua. Eu nunca fiquei nua para trabalhar. Eu respondo isso bastante ofendida” diz a promotora Solange, explicando que os indígenas do Xingu são semi isolados e não têm restrições quando a vestimentas.

 Gaslighting

Segundo os dicionários,  gaslighting é uma forma de abuso psicológico no qual informações são distorcidas, seletivamente omitidas para favorecer o abusador ou simplesmente inventadas com a intenção de fazer a vítima (sempre do gênero feminino) duvidar de sua própria memória, percepção e sanidade.

Segredo de justiça

Procurada pela reportagem, a promotora Solange não quis comentar a suposta prática de gaslighting . Disse apenas que confia na absolvição.

“O processo corre em segredo de justiça, de modo que não posso me manifestar publicamente sobre as acusações. Contudo, confio plenamente que ao final da instrução serei julgada inocente”, declarou.

Outro lado

Pela assessoria do MPE, os procuradores José Antônio Borges, Domingos Sávio Barros Arruda e Flávio Fachone declararam que não cometam casos que tramitam em segredo de justiça.

Galeria de Fotos

Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Credito: Reprodução

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • jj | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 14h02
    0
    0

    SEGUNDO A LEI ´DISK É PROIBIDO QUALQUER SERVIDOR, RECEBER SALARIO MAIOR DOQUE O GOVERNADOR, MAS AKI EM MT, TEM SERVIDOR QUE RECEBE COM BENEFICIOS A MAIS DE 90 MIL

  • Nelson | Segunda-Feira, 06 de Abril de 2020, 15h16
    6
    0

    Tem que perguntar como promotores de justiça e juízes em Mato Grosso ganham mais de R$100.000,00? Servidor público pode ganhar mais do que o teto?

  • Observador | Segunda-Feira, 06 de Abril de 2020, 14h33
    2
    1

    Que tipo de pergunta é essa?

  • Gente de Bem | Segunda-Feira, 06 de Abril de 2020, 12h06
    9
    2

    Esse MP estadual é uma piada!!!

Luta de Misael e asfalto no Despraiado

misael galvao curtinha 400   O presidente da Câmara da Capital, Misael Galvão (foto), está comemorando uma vitória suada: a retomada das obras de pavimentação em toda extensão das ruas Afonso Pena e Oswaldo Correa, no bairro Despraiado. Ele fez várias indicações para...

Deputado reforça equipe com Nego

nego ramos 400 curtinha   Com larga experiência na política, Valdeny dos Santos Ramos, o popular Nego Ramos (foto), agora reforça a equipe do deputado Emanuelzinho, que, aos 25 anos hoje, é o terceiro federal mais jovem do país, e foi o terceiro mais votado nas urnas de 2018, em Mato Grosso, com 76.781 votos....

Irmão de prefeito não deporá à CPI

francisco faiad 400 curtinha   Por meio de seu advogado Francisco Faiad (foto), Marco Polo de Freitas Pinheiro, o Popó, dono do instituto de pesquisa Mark e irmão do prefeito Emanuel Pinheiro, comunicou oficialmente hoje à CPI do Paletó, da Câmara da Capital, que não irá prestar depoimento nesta...

Nome reserva e vulnerável para IFMT

adriano 400 curtinha   O grupo do reitor Willian de Paula deve consolidar como candidato ao comando do Instituto Federal de Mato Grosso o professor Julio Santos, diretor do Campus de Alta Floresta. A eleição acontece em novembro. Mas há um candidato reserva da cúpula situacionista. Trata-se de Adriano Breunig (foto), que...

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.