Legislativo

Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019, 09h:43 | Atualizado: 21/08/2019, 10h:06

Câmara de Cuiabá

20 parlamentares votam para arquivar pedido de cassação contra Renivaldo

Francinei Marans

Abilio Junior e Renivaldo Nascimento

Vereadores Abílio Júnior e Renivaldo Nascimento protagonizam uma das discussões dentro da Câmara de Cuiabá

O pedido de cassação impetrado pelo vereador Abílio Júnior (PSC) contra o colega Renivaldo Nascimento (PSDB) foi arquivado por 20 votos contrários na Câmara de Cuiabá. A votação foi realizada na sessão ordinária desta terça (20) e visava a criação de uma Comissão Processante para investigar possível quebra de decoro parlamentar.

Ao todo, além dos 20 pelo arquivamente, houve três abstenções, e dois não votaram por força do regimento interno, sendo o presidente Misael Galvão (PSB) e o próprio Abílio, por ser requerente.

Abílio utilizou a tribuna para defender o requerimento. “Aqui é igual uma escola, tem os que são brincalhões, os que levam a sério, mas também tem o valentão, que pratica bullying, que parte para a agressão. Existe um certo corporativismo nesta Casa, que protege o valentão, que pratica injustiça, mas que é protegido. bullying é crime no Brasil, mas aqui tem gente que diz que não se deve mexer com ele porque ele é bravo”, fazendo referência a Renivaldo.

Durante a sessão, Renivaldo argumentou que o seu acusador tem histórico de fazer circo. “Não sou eu que tenho 15 BOs registrados por falta de respeito. Eu sempre respeitei e respeito as pessoas. Sou servidor público há 33 anos na secretaria Estadual de Fazenda, concursado. Respeito sempre é bom. O que o Abílio faz é premeditado para querer mídia negativa”.  

O processo tinha sido aberto na última semana. Abílio alegou que o tucano tem praticado de forma recorrente ameaças verbais e físicas contra outros vereadores. Além de Abílio, também foram vítimas das agressões, segundo ele, os vereadores Felipe Wellaton (PV), Ricardo Saad (PSDB), Dilemário Alencar (Pros), Lueci Ramos (PSDB) - suplente que chegou a legislar - e Orivaldo da Farmácia (PRP).

Abílio e Renivaldo possuem histórico de enfrentamentos dentro do plenário que quase terminaram em vias de fato. No último embate, o tucano chegou a dar tapas na mão de Abílio, que o encarou com dedo em riste durante audiência pública realizada em março, para debater a taxação dos aplicativos de transporte em Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

EP cita 4 pela força do MDB em Cuiabá

rafael bastos 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro disse neste sábado, no encontro do MDB, que acabou atraindo a presença de representantes de outros 12 partidos, que a agremiação emedebista foi construída e ganhou força e espaço na Capital graças aos filiados históricos Rafael...

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.