Legislativo

Quinta-Feira, 18 de Abril de 2019, 17h:04 | Atualizado: 18/04/2019, 17h:18

25 vereadores defendem intervenção e solicitam que Emanuel decida até terça

Rodinei Crescêncio

Misael Galv�o

Presidente da Câmara, Misael Galvão, está empenhado em solucionar impasse do hospital

Os vereadores por Cuiabá se reuniram na manhã desta quinta (18) para tratarem sobre a situação da Santa Casa de Misericórdia, que está há mais de um mês com os atendimentos suspensos. A reunião aconteceu logo após o encontro do presidente da Câmara   Misael Galvão (PSB) com o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). 

Tanto Misael quanto os outros 24 vereadores solicitam que o prefeito tome uma decisão quanto à intervenção da unidade filantrópica. O prazo para o posicionamento é terça (23), informaram os vereadores.

Conforme explicou Misael, os vereadores se uniram, sem levantar bandeira partidária, para conseguir uma solução à Santa Casa.

No mês passado, o Parlamento Municipal encaminhou ao prefeito um requerimento sugerindo a intervenção na Santa Casa. O documento foi assinado por 18 vereadores e visa garantir a reabertura da unidade de saúde, tendo em vista os inúmeros pacientes que são atendidos no local.

A indicação foi aprovada em plenário e ratificada pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou os contratos firmados pela Prefeitura de Cuiabá com os Hospitais Filantrópicos da Capital.

“O prefeito precisa tomar uma decisão. A situação está insustentável. Muitas pessoas precisam daquela unidade de saúde para dar continuidade aos seus tratamentos. Estamos falando de saúde, de vidas. Não vejo outra saída a não ser a intervenção. Então, aguardamos um posicionamento do prefeito”, finalizou Misael. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Filomena | Sexta-Feira, 19 de Abril de 2019, 11h01
    0
    0

    O caso Santa Casa de Cuiabá já saturou. Em um Estado responsável e país competente, essa situação não chegaria a tanto. Mas veja onde chegamos? Ainda tem gente que acha que o culpado é o poder público, até pode ser. Mas e a gestão da instituição que se diz filantrópica, mas com Estatuto de direito privado? Acredito que o poder público, incluindo políticos tenham sim culpa, mas, mais ainda sua gestão que se limitou na maioria dos anos a alinhar com a política, colocando-se a serviço dos interesses políticos, e inúmeras vezes servindo-se também da sociedade ao arrecadar recursos de toda ordem em nome da filantropia. Vamos tirar essa máscara!

  • População Cuiabana | Sexta-Feira, 19 de Abril de 2019, 04h58
    1
    0

    Caro Renildo César , o Caso da Santa Casa e Gravíssimo ! Existe um relatório da MPE apontando desvio de recursos públicos e má gestão da Santa Casa que fica travestido de filantrópica , utilizando as crianças com câncer para sensibilizar o Gestor Público a liberação de dinheiro público para atender interesses particulares . Tem que intervir sim, e se nas UPAS ou Pronto Socorro estiver desviando , vamos intervir. Chega de bandidagem !

  • Ggm | Quinta-Feira, 18 de Abril de 2019, 18h51
    2
    1

    Quem deveria resolver os desvios da santa casa, tem plano de saúde. Opovo que se lasque.

  • renildo cesar | Quinta-Feira, 18 de Abril de 2019, 17h41
    3
    0

    NÃO ENTENDI O PORQUE OS 25 VEREADORES QUEREM ESTA INTERVENÇÃO, POIS SE ESTAMOS TENDO PROBLEMAS NO PRONTO SOCORRO, NAS UNIDADES DE SAUDE E PSF POR FALTA DE FUNCIONÁRIOS, MEDICAMENTOS E MATERIAIS DE CONSUMO, ATO PROVOCADO POR 05(CINCO) VEREADORES DO FACEBOOK! ESTES 05 DEVIRIA INVESTIGAR SIM, PORUE OS 05 DO FACEBOOK NÃO INVESTIGUE OS DIRETORES DA SANTA CASA? OS 05 É RESPONSÁVEL POR TUDO QUE ESTA ACONTECENDO, SÓ APONTAR ERROS É COISA DO PT, DA ESQUERDA MALDITA, APONTA OS ERROS E MOSTRE AS SOLUÇÕES.

Matéria(s) relacionada(s):

Kalil descarta candidatura a prefeito

kalil baracat curtinha   O secretário de Governo Kalil Baracat (foto), do MDB, assegura não ter nenhum projeto para disputa a prefeito de Várzea Grande e nem foi procurado pelo casal Jayme e Lucimar Campos, senador e prefeita, para debater o assunto. Pondera que ainda é cedo e que as discussões eleitorais...

Selma retribui elogio de Sérgio Moro

selma arruda curtinha   A senadora Selma Arruda (foto), que foi elogiada e utilizada como exemplo pelo ministro da Justiça  na CCJ do Senado, fez questão de expressar solidariedade a Sérgio Moro.  O ministro  está na defensiva desde que o site The Intercept começou a publicar supostas conversas com...

Cotia também quer disputar Cáceres

cotia curtinha   Surge mais um pré-candidato a prefeito de Cáceres, além dos três aliados do prefeito Francis Maris e de outros cinco pretendentes pela oposição. Trata-se de Renancildo Soares França, o Cotia (foto), filiado ao PSD. Ex-assessor do ex-federal Pedro Henry, do ex-vice-governador...

5 ensaiam em Cáceres pela oposição

tulio fontes curtinha   Enquanto três tucanos da base do prefeito Francis vivem expectativa por candidatura pelo palanque situacionista em Cáceres, grupos de oposição se movimentam para lançar nomes competitivos. O advogado e ex-prefeito por dois mandatos Túlio Fontes (foto), do PV, demonstra certo...

Base de Francis, Júnior e divergências

eliene liberado curtinha   O prefeito de Cáceres Francis Maris, no segundo mandato e, portanto, fora do projeto majoritário de 2020, não esconde mais de ninguém que o nome preferencial para a disputa à sucessão é do seu secretário de Turismo, Júnior Trindade. E isso não tem...

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.