Legislativo

Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 15h:05 | Atualizado: 19/09/2019, 19h:47

INCENTIVOS FISCAIS

A pedido de Dilmar, Nininho e Janaina, CPI ouve doleiro em sessão secreta na AL veja

Rodinei Crescêncio

Lucio Funaro

O doleiro Lúcio Funaro conversa com a imprensa logo após decisão de membros da CPI em realizar a reunião desta 5ª à portas fechadas na AL

A pedido dos deputados Dilmar Dal Bosco (DEM), Nininho (PSD) e Janaina Riva (MDB), a CPI da Renúncia e Sonegação ouve o doleiro Lúcio Funaro em sessão secreta, na tarde desta quinta (19). O deputado Wilson Santos (PSDB), que preside a CPI, e o próprio doleiro pediram para que as informações fossem prestadas com publicidade e transparência.

Funaro fechou delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR) em que narra casos de corrupção, incluindo a JBS em Mato Grosso.

O pedido apresentado pelos três parlamentares foi baseado em parecer do procurador-geral da Assembleia, Grhegory Maia, feito a pedido. A decisão de tornar o depoimento secreto se baseou nos “aspectos fáticos e políticos” envolvidos e em itens da Lei de Organizações Criminosas, de 2013, e da recém-aprovada Lei de Abuso de Autoridade.

Dilmar é suplente da CPI e participa da sessão no lugar de Carlos Avalone (PSDB), atualmente licenciado da Assembleia. “Na minha concepção, nós temos duas alternativas: ou a suspensão por prudência desta CPI, até eu estou como suplente, mas como o depoente veio de outra localidade, que coloque o depoimento em segredo”, disse antes de encaminhar o pedido ao presidente da comissão.

Rodinei Crescêncio

Janaina Riva e Nininho

Deputados Janaina Riva e Nininho durante votação na AL, que decidiu pelo sigilo no depoimento de Lúcio Funaro

Wilson Santos, então, abriu a fala ao próprio doleiro, que ressaltou sua experiência em depoimentos do tipo e pediu que a fala fosse aberta ao público e à imprensa.

“Eu, por experiência política, vida no mundo político que deve ultrapassar aí os 20 anos, eu já depus em várias comissões parlamentares de inquérito, em âmbito estadual e federal, e nunca teve sigilo em nenhuma CPI em que compareci. Eu não me sinto constrangido, ameaçado, de relatar qualquer fato os quais eu presenciei, tive contato, porque é a verdade, e a verdade tem que prevalecer diante desta Casa, tem que ser de conhecimento do público. O Brasil vive hoje uma nova fase e é do interesse da população saber o que acontece nas casas legislativas, no Executivo e no Judiciário”, disse Funaro.

O presidente da CPI, Wilson Santos, destacou que existe projeto na Assembleia para acabar com votações secretas e que “a sociedade exige transparência”, além de citar que Janaina e Nininho, que assinaram o pedido de sigilo, também votaram por convocar Funaro anteriormente. E destacou que o acordo com a PGR inclui a obrigação de colaborar com todos os procedimentos de investigação.

“Ele está aqui acompanhado de seu advogado, já depôs na CPI do BDNES na Câmara dos Deputados, em depoimento público, aberto, que despertou em alguns colegas deputados a consciência da necessidade de convocá-lo. Ele foi legalmente convocado, comparece respeitosamente a esta cidade, sequer é deste Estado, eu não vejo nenhuma necessidade de fazermos uma sessão secreta, tendo em vista que depois dessa sessão ele pode conceder uma coletiva de imprensa e prestar todas as informações que a imprensa quiser”, afirmou.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Falta na votação da emenda impositiva

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (foto), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara e pré-candidato a senador na suplementar de 26 de abril, explica que não procede a informação de que teria votado favorável à PEC 34/19, que assegura o orçamento impositivo de...

Feliz da vida na base e com emendas

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto) já chegou com moral no Governo Mauro Mendes. Depois de um ano fazendo oposição ao Palácio Paiaguás, o deputado tucano se tornou governista de carteirinha. E começa a colher os dividendos. Uma de suas emendas de R$ 300 mil para ajudar na...

Voto a favor e agora contra Congresso

O pitbull do governo Bolsonaro, deputado federal José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso, ao menos segundo sustentam seus adversários políticos. Contam que Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30 bilhões, vetado pelo presidente. Eis que agora, ele próprio, defende a...

Pátio, "chororô" e chance de reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), com seu estilo populista, adotou a estratégia de se passar por vítima dos grupos políticos. Leva sempre a mensagem para as massas de que é um prefeito rejeitado pela elite política pelo simples fato de estar apoiando os...

Taques nem aí para colegas tucanos

pedro taques 400 curtinha   Caiu a ficha, enfim, da cúpula do PSDB em MT sobre o jogo de cena de Pedro Taques (foto). Os tucanos esperaram até ontem para ver se o ex-governador iria ao partido se pronunciar sobre eventual pretensão em disputar o Senado. Taques deu de ombros para os colegas de partido, que lançaram hoje,...

Campos e tese sobre vice de Emanuel

joacelestino_curtinha_400   Depois de uma reunião na segunda passada, na casa do prefeito Emanuel, com pré-candidatos ao Senado, entre eles, Leitão, Neri, Max, Júlio e Jayme, ficaram conversando de forma reservada o prefeito de Cuiabá e os irmãos Campos. Ali, finalizaram um acordo de cavalheiros para que o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.