Legislativo

Quarta-Feira, 26 de Março de 2014, 16h:42 | Atualizado: 27/03/2014, 10h:48

defesa

Advogado teme que opinião pública influencie em julgamento de cliente

Davi Valle/Rdnews

mahon_interna.jpg

Advogado Eduardo Mahon, ao chegar na sede da Polinter nesta 4ª

O advogado Eduardo Mahon teme que a prisão de João Emanuel (PSD), na manhã desta quarta (26), insufle a opinião pública e esta influencie no julgamento da Justiça e da Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá, onde é investigado por desvio de dinheiro público por meio de fraudes em licitação. “A tática do Ministério Público é esta. Fica difícil para os vereadores da Comissão e para o Judiciário tomarem uma decisão isenta diante da opinião pública inflamada”.

Mahon garante que não há motivo ou fato novo para que fosse efetuada a prisão preventiva e defende que esta ação seria uma tentativa do MP para a desmoralização pública e massacre de imagem do seu cliente. O jurista destaca que a pena aplicada é determinada apenas em casos em que há risco da pessoa fugir ou de atrapalhar as investigações, o que não estaria ocorrendo, segundo ele, até porque João Emanuel renunciou ao cargo de presidente. O advogado ainda acusa o MP de agir com covardia, por acelerar o andamento do processo e “forçar” a opinião pública diante do caso.

O jurista também ressalta que a acusação lhe parece a mesma e que os fatos são absolutamente requentados, tendo em vista que até o momento, conforme Mahon, todos os pedidos foram cumpridos, desde responder ação civil de improbidade à defesa na Câmara. “Nós já nos colamos à disposição da Justiça, fizemos requerimento anteontem à juíza, pedindo que ela preste atenção no vídeo onde mostra que João é inocente. Ele sempre esteve à disposição e colaborando com as investigações, então por que prendê-lo?”, questiona.

Após a prisão, um estagiário de João Emanuel esteve na Polinter para levar a íntegra da decisão da juíza Selma Rosane Santos Arruda, a fim de que o vereador pudesse se inteirar sobre os fatos. Mahon também informa que o pedido de Habeas Corpus já foi impetrado, no entanto, a resposta deverá sair entre amanhã ou sexta (28). O RDTV já divulgou reportagem sobre a prisão do social-democrata. Veja abaixo.

João Emanuel é preso; defesa alega má-fé no Ministério Público

 

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Zé Poxoréo | Sexta-Feira, 28 de Março de 2014, 15h31
    1
    0

    Pena que a opinião pública jamais é ouvida pelo judiciário, pois se ouvisse faltaria cadeia para colocar esses políticos de Mato Grosso, aqui o sujeito entra na politica e rapidinho já esta dando rasantes por ai de jatinho novo, fazendinhas aqui e acola, empresas, emissoras de rádio e TV e por ai vai, o que impressiona é saber que o salário do sujeito somando todo mandato sem gastar nenhum centavo não paga seus bens! Inexplicável!

  • Ariosvaldez Rodrigues de Lima | Sexta-Feira, 28 de Março de 2014, 07h22
    0
    0

    Tomara que vire moda: depois que o colendo STF mandou os mensaleiros passarem uns di-inhas no xilindró, o restante do judiciário parece que gostou da ideia... Eia, avante que tem mais gente ainda com vaga garantida!

  • garcia | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 16h55
    1
    0

    joão joão joão EMA é o rei da criação........... josé josé josé RAIVA................. falta mais quem????????

  • Nelson | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 15h59
    2
    0

    Se a opinião publica influenciasse alguma coisa o julgamento do mensalão, quanto a formação de quadrilha, teria outro resultado e a parte politica do bando ficaria em regime fechado!!!

  • aninha cpa | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 10h22
    3
    0

    Nos casos em que se trata de pessoa pública eleita pelo povo, como é o caso do Sr.Veredor João Emanuel, que publicamente traiu os votos e expectativas concedidas democraticamente pela população cuiabana, não há se falar em desprezo da opinião pública, nem tampouco em isenção. A situação é de envolvimento de toda população, de todo cidadão, de todo homem e mulher que verdadeiramente quer uma cidade melhor, e um Brasil melhor para nós e para nossos filhos, a publicidade dos erros do Sr.Vereador não nos deixa brechas para isenção ou dúvidas. É certo que a Constituição diz que todos tem o direito ao contraditório e a ampla defesa, mas infelizmente Dr.Mahon dessa vez o Sr. escolheu o LADO ERRADO! Já se perguntou de onde vem o dinheiro dos seus caros honorários? #ficadica

  • ROBERTO RUAS | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 10h01
    2
    0

    ROBERTO RUAS, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Ariosvaldez Rodrigues de Lima | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 09h57
    2
    0

    Essa história que "a opinião pública vai influenciar" não passa de anedota e desacreditamento do Poder Judiciário! O juiz dispõe de garantias para bem analisar os autos do processo...

  • Jules | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 09h07
    1
    0

    Jules, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • ANTONIO CEZAR DA SILVA | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 07h43
    6
    1

    Caro dr Sabe tudo,,o veneno voltou,,Vs se ultilizou do mesmo expediente,,agora reclama,,,,o senhor conhece o significado da palavra HIPOCRESIA!!!!!!!!!!!!!

  • CHARLES | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 06h47
    4
    0

    Enquanto o aprendiz vai preso, o profissional YBJ é inocentado pelo TCE.

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

Candidatíssima à vereadora em Cuiabá

gisele almeida 400 curtinha   A apresentadora de TV, Gisele Almeida (foto), vai mesmo encarar o teste das urnas como candidata à vereadora em Cuiabá. Irmã do ex-vereador, ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, ela não perde tempo nas articulações. Recentemente, recebeu no...

Quebra-cabeça para definir a chapa

eduardo botelho 400 curtinha   Eduardo Botelho (foto) está postergando ao máximo a definição dos nomes de sua chapa ao comando da Mesa Diretora. A eleição já acontece no dia 10, na próxima semana. Como 12 dos 24 deputados brigam por espaço, o presidente da Assembleia sabe que, ao final,...

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.