Legislativo

Quinta-Feira, 17 de Abril de 2014, 08h:54 | Atualizado: 17/04/2014, 09h:09

Pretexto

AL culpa a falta de presidente em Comissão para não votar MT Saúde

Rodinei Crescêncio/Rdnews

emanuel_pinheiro_saude.jpg

 Emanuel Pinheiro pede a aprovação do projeto para que o MT Saúde fique viável

A falta de um presidente na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia prejudica a votação de projetos, especialmente o que prevê a reestruturação do plano de saúde dos servidores, MT Saúde, que tramita há várias semanas. Na sessão ordinária de ontem (16), a indefinição sobre as composições permanentes foi debatida entre os parlamentares, assim como os motivos de protelação da apreciação desta proposta em específico.

O deputado José Domingos Fraga (PSD) criticou o fato de o Legislativo ainda não ter deliberado sobre quem compõe as comissões, mesmo que as atividades parlamentares tenham sido retomadas há meses. O recesso de fim de ano foi encerrado no dia 4 de fevereiro.

Nesta quarta, quando falta de quórum foi apontada como entrave para a apreciação do projeto do MT Saúde em segunda votação, o autor, deputado Emanuel Pinheiro (PR), questionou o presidente da mesa diretora, deputado Romoaldo Júnior (PMDB), sobre demais projetos. “Se não tem quórum pra votar o MT Saúde, como pode ter para aprovar essas outras mensagens?”, indagou.

Em resposta, o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), que é membro titular da CCJ, usou a tribuna para explicar que o novo plano de saúde dos servidores públicos ainda não foi apreciado devido a existência de duas emendas de autoria de Zé Domingos que precisam ser submetidas ao parecer técnico da Comissão. Uma das alterações propostas diz respeito à retirada do período de carência. “Queremos que o servidor, que é quem mais contribui, possa usufruir do plano assim que ele for aprovado no Plenário”, justificou o democrata.

Romoaldo já havia demonstrado preocupação com a realização dos trabalhos permanentes, uma vez que 2014 é o ano de realização da Copa do Mundo, em junho, e das eleições gerais, em outubro. Ele chegou a informar que reduziria o dia de sessões de três para dois dias semanais para evitar falta dos parlamentares.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.