Legislativo

Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 10h:33 | Atualizado: 17/06/2019, 17h:26

SALÁRIOS

AL propõe estender lei do ganho real da Educação até 2026 para encerrar greve

O líder do governo na Assembleia, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), disse que os parlamentares estudam alterar a Lei 510/2013, que dá ganhos reais aos salários dos servidores da Educação. O não pagamento de uma parcela de 7,69% de reajuste, com vencimento em maio, deste ano, está entre os motivos para a greve mobilizada pelos servidores.

JLSiqueira

Dilmar Dal Bosco

Líder Dilmar Dal Bosco pondera que lei foi feita sem nenhum critério ou planejamento

O mesmo percentual está previsto anualmente até 2023 pela lei, aprovada pela Assembleia em 2013. O objetivo dos deputados é que a alteração preveja estender o prazo, possivelmente até 2026.

“É uma lei que foi feita sem nenhum critério de onde viria esse dinheiro, ano a ano. Não tem uma planilha dizendo de onde iria acrescentar todo ano, além da RGA, esse ganho real. O que nós vamos tentar é ver se tem a possibilidade de alterar na mesma de lei para que, ao invés de vencer em 2023, que vença em 2024, 2025, até 2026... Achar uma proposta para equilibrar esses pagamentos futuros. Hoje o Estado não tem condições financeiras de fazer o pagamento”, disse Dilmar.

O governo foi notificado, em maio, pelo Ministério Público Estadual (MPE) para que não pagasse o reajuste da Educação previsto para aquele mês e também os reajustes previstos em lei de 5,5% aos servidores da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) para 1º de junho e de 4% a servidores do grupo TAF para 1º de julho.

O MPE indicou que o Executivo estourou o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) previsto para gastos com a folha de pagamentos.

Achar uma proposta para equilibrar esses pagamentos futuros

Dilmar Dal Bosco

“Primeiro que eu acho que os servidores tinham que fazer uma reflexão. A lei está garantida. Só que nós temos três leis, uma que concedeu aumento, a lei complementar 510 lá de 2013, que dá a dobra de salário aos servidores da Educação, que vai até 2023... E nós temos a Lei de Responsabilidade Fiscal, tanto federal quanto estadual, que não permite ao governo passar do limite prudencial, ele está estourado. Tanto que nós temos dificuldades até no empréstimo com o Banco Mundial devido a essa lei de responsabilidade. Ele passou os índices já dentro do Estado de Mato Grosso”, declarou o líder do governo.

O Executivo tenta renegociar a dívida dolarizada com o Bank of America. A intenção do governo é repassar o empréstimo para o Banco Mundial e, com isso, receber R$ 250 milhões que iriam dar folga ao caixa.

“Hoje o Estado, se tiver interesse de ajudar, mesmo que o governador queira pagar, ele está impedido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Não tem dinheiro para isso. Então, nós estamos com dificuldade. Se você analisar, nós estamos com salário atrasado ainda, nós estamos com 13º que era pago no vencimento de aniversário do servidor e não está sendo pago, está acumulando, e nós temos ainda essa dívida do Bank of America que se não sair o financiamento, tem uma parcela pagar em setembro”, lembrou o parlamentar.

O governo entrou com pedido de liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir que o Governo Federal dê aval para a negociação com o Banco Mundial. A parcela de setembro ainda com o Bank of America é de US$ 38,8 milhões de dólares e o governador Mauro Mendes espera aprovar o aval da União, que ainda passa pelo Congresso, até julho.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • ROBSON JOSÉ | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 17h30
    4
    0

    Sempre o servidor, principalmente o da educação tem que fazer uma "reflexão". Muito engraçado, os deputados não fazem reflexão sobre seus salários, os desembargadores e juízes não fazem reflexão sobre seus reajustes, os membros do MPE não fazem reflexão sobres seus reajustes. Estranho essa conversa, quando é no lombo de quem trabalha de verdade, tudo é fácil, é só fazer reflexão. A greve tem que continuar!! Esperamos que a SEMA e o TAF também venham a exigir seus direitos.

  • EDTADO VAO QUEBRAR | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 12h57
    6
    12

    CANCELA ESSA LEI É IMPAGÁVEL ESSE VALOR OLHA OBTANTO DE PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO QUE EXISTE O ESTADO VAI QUEBRAR.

  • joao | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 12h26
    8
    4

    Primeiro o governo não pode contar com o empréstimo, empréstimo já era, segundo estender a lei do ganho real até o ano de 2026. Se o governo não está cumprindo este ano, em 2026 é brincadeira de mal gosto. Os servidores da educação têm que continuar com a greve.

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

Suposta delação tira sono de Alencar

alencar soares 400 curtinha   A notícia de que o STJ já teria homolagada delação de Sérgio Ricardo caiu como uma bomba. Mesmo depois do ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE vir a público desmenti-la, assegurando não ter motivos para fazer tal colaboração premiada, os efeitos...

SD também deseja Taques ao Senado

pedro taques 400 curtinha   Empolgado com resultado de uma pesquisa interna, na qual estaria bem pontuado, aparecendo entre os preferidos ao Senado, mesmo após deixar o cargo de governador bastante desgastado, Pedro Taques (foto) passou a flertar não só com o Cidadania, conduzido no Estado pelo seu ex-secretário Marco...

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.