Legislativo

Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 19h:38 | Atualizado: 26/05/2020, 19h:42

TRILHOS EM MT

ANTT antecipa renovação de contrato da Rumo e possibilita ferrovia até Cuiabá

Da assessoria

 Senador Wellington Fagundes

Senador Wellington Fagundes (PL-MT) participará da cerimônia de renovação do contrato da Rumo Malha Paulista; fato abre caminho para expansão em MT

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou, nesta terça, 26, a renovação antecipada do contrato de concessão da Rumo Malha Paulista. A assinatura dos termos deverá acontecer nesta quarta (27), no Ministério da Infraestrutura. Presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura (Frenlogi), o senador Wellington Fagundes (PL-MT) foi convidado a participar da reunião colegiada e celebrou o ato como “um marco histórico” para Mato Grosso. 

A renovação do contrato impacta inicialmente sobre o escoamento da produção de grãos e de produtos da cadeia animal em Mato Grosso e também, segundo o senador do PL, “abre caminho para a concretização do grande sonho da população”, que é a chegada dos trilhos até Cuiabá e depois para o Norte do Estado, atingindo as principais regiões produtoras.

“Será a materialização - como se diz em Mato Grosso - da ferrovia avançando para dentro da roça para escoar com mais competitividade a nossa expressiva produção de grãos” – comemorou.

O novo contrato vai permitir a antecipação de investimentos que visem à mitigação dos conflitos urbanos existentes na malha paulista, o que aumentará a capacidade de carga transportada. Estão previstos R$ 6,3 bilhões para a realização de intervenções urbanas (R$ 2,6 bilhões), melhoria da infra e da superestrutura ferroviária existente (respectivamente, R$ 822 milhões e R$ 2,2 bilhões) e aquisição de locomotivas e vagões (R$ 1,1 bilhão para cada), entre outros investimentos de valores menores.

Será a materialização - como se diz em Mato Grosso - da ferrovia avançando para dentro da roça para escoar com mais competitividade a nossa expressiva produção de grãos

Senador Wellington Fagundes

Sem a realização de investimentos imediatos, a demanda ficará restrita a 30 bilhões de toneladas por quilômetro-útil até o ano de 2029. Agora, com a melhoria a demanda deve crescer já a partir deste ano, chegando a aproximadamente 44 bilhões de toneladas por quilômetro em 2024 e estabilizando nesse valor até o final da concessão.

Atualmente, o tempo médio de percurso, segundo o senador, no lado da Malha Norte é de 25 horas e 20 minutos. Por outro lado, o tempo percorrido, na Malha Paulista, é 59 horas e 44 minutos, o dobro devido principalmente aos gargalos no trecho de Campinas até Santos principalmente. Já o consumo médio de diesel, por um milhão de tonelada, enquanto na Malha Norte, que é esse trecho de Rondonópolis até Aparecida do Taboado, é de 2,8 litros, na Malha Paulista é de 4,1, também aproximadamente quase o dobro. Portanto, no atual cenário não existiria a possibilidade de avançar os trilhos em Mato Grosso, porque a malha paulista está operando com sua total capacidade.

Estudos realizados pela Empresa de Planejamento de Logística (EPL), indicaram que a extensão da ferrovia de Rondonópolis até Cuiabá deve aumentar a capacidade de escoamento do modal em 8 milhões de toneladas por ano. A capacidade atual é de 15 milhões de toneladas. Na reunião da ANTT, Wellington fez questão de ressaltar que que a ferrovia Vicente Vuolo tem papel estratégico para Mato Grosso e para o Brasil.

Mais tarde, em pronunciamento no Senado, Wellington ressaltou que a renovação antecipada do contrato da Rumo Malha Paulista deve significar também um grande passo para o fortalecimento do modal ferroviário no Brasil. Ele lembrou que o Brasil já teve quase 40 mil quilômetros de ferrovia e, hoje, a malha ferroviária situa-se no mesmo patamar de 100 anos atrás, com pouco mais de 30 mil quilômetros – 1/3 construída ainda na época do império.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Corrida de Teis no noticiário nacional

waldir teis 400 curtinha   As imagens que mostram o conselheiro afastado do TCE Waldir Teis (foto) descendo em alta velocidade as escadas de um prédio para jogar no lixo vários cheques rasgados que somavam R$ 450 mil ganharam o noticiário nacional, com destaque neste domingo em veículos, como Folha de S. Paulo, G1 e IG....

Esforço de ex-senadora para eleger 2

rafael ranalli curtinha 400   Eleita no pleito de 2018 e cassada em definitivo em abril deste ano, a ex-senadora Selma Arruda, presidente do Podemos de Cuiabá, pode deixar o partido após o processo eleitoral deste ano. Segundo informações, a juíza aposentada se afastaria da política partidária para...

6 parlamentares já foram infectados

wilson santos 400 curtinha   Desde o início da pandemia, em março, seis dos 24 deputados estaduais já testaram positivo para Covid-19. O último foi Wilson Santos (foto). Ele disse que recebeu medicação e está em isolamento. Observa que a doença está no início e segue trabalhando...

Pedido para TSE definir data da eleição

sebastiao carlos 400 curtinha   Na última quarta (2), um dia após a Câmara aprovar a PEC que adia as eleições municipais para 15 de novembro, André de Albuquerque Teixeira, advogado de Sebastião Carlos, que concorreu ao Senado e um dos que denunciaram Selma Arruda por crimes eleitorais, já...

Uma das apostas do PP para vereador

alex rodrigues 400 curtinha   O PP já tem no rol de possíveis eleitos a vereador em Cuiabá o jovem Alex Rodrigues (foto), de 31 anos. Filho do empresário Valúcio Rodrigues e sobrinho do secretário de Obras Públicas da Capital, Wanderlúcio Rodrigues, Alex criou uma comunidade com mais de mil...

Prefeito, efeito pandemia e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Mesmo com o poderio da máquina, considerada preponderante para cooptar partidos e aliados por causa da oferta de cargos e do assistencialismo, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, terceira em população e segunda no ranking da economia estadual, terá muitos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.