Legislativo

Domingo, 02 de Março de 2014, 07h:45 | Atualizado: 02/03/2014, 07h:51

Apesar de pressões, presidente diz que data de sessões não vão mudar

.

romoaldo junior

Presidente Romoaldo Júnior quer manter sessões às terças, quartas e quintas

O presidente da Assembleia, deputado estadual Romoaldo Júnior (PMDB), garante que não vai alterar os dias das sessões no Legislativo neste semestre. Apesar da pressão por parte de alguns parlamentares, a mudança só deve ocorrer de fato depois de junho, quando acontecem as convenções e a campanha eleitoral começa. A tendência é que as sessões de quinta passem a acontecer às quartas. Assim, será uma na terça (noite) e 3 na quarta (manhã, tarde e noite).

A medida permitirá que os pré-candidatos à reeleição tenham mais tempo para visitar os municípios e fortalecer projetos políticos, especialmente em suas bases eleitorais.

A maioria dos deputados estaduais já se encontra em pré-campanha para as eleições proporcionais deste ano. Há ainda o fator Copa do Mundo, por isso, a tendência é que Romoaldo seja pressionado a rever a data das sessões. Caso contrário, o esvaziamento do Plenário, que já vem ocorrendo, deve ser cada vez mais frequente. Na última quinta (27) os trabalhos tiveram que ser suspensos por falta de quórum. Romoaldo determinou o corte do salário dos deputados.

Para se ter uma ideia, de quanto as eleições interferem no Legislativo estadual, Dos 24, apenas os deputados Luiz Marinho (PTB), Alexandre César (PT) e José Riva (PSD) não devem buscar a reeleição. O petebista está com problemas de saúde e decidiu ficar fora da disputa. Já petista voltará a atuar como procurador do Estado e deve participar ativamente das articulações para as eleições. Riva, por sua vez, não pode concorrer por questões judiciais e pretende lançar a filha Janaína Riva (PSD). Para assegurar uma vaga cada candidato e/ou coligação precisa obter cerca de 70 mil votos, o quociente eleitoral. Trata-se de uma missão árdua, por isso, parlamentares buscam se fortalecer nas cidades.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

Ex-vereador do DEM recua da disputa

ivan evangelista 400 curtinha   O pecuarista e ex-vereador Ivan Evangelista (foto) vai mesmo jogar a tolha. Apontado como uma das apostas do DEM na briga por vaga no Legislativo cuiabano, Ivan não se empolgou, notou dificuldades para se obter êxito nas urnas e vai comunicar a direção do partido de sua desistência da...

Gestão Tatá sob várias irregularidades

tata amaral 400 curtinha   A gestão Tatá Amaral (foto), em Poconé, está sendo marcada por uma série de irregularidades. Uma denúncia feita junto ao TCE pelo auditor público interno municipal, Ademar Vivan Júnior, foi confirmada. Descobriu-se, por exemplo, contratação...

Ucamb é multada por irregularidades

edio 400 curtinha   Numa sessão realizada por videoconferência, o TCE puniu o líder comunitário Édio Martins de Souza (foto) por irregularidades num convênio de 2009 com o Estado. Na época, Édio presidia a União Cuiabana de Associações de Moradores de Bairro (Ucamb)....

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.