Legislativo

Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 09h:02 | Atualizado: 24/06/2019, 12h:22

BR163/364

Após pedido de recuperação, senador defende que Rota Oeste perca concessão

Diante da recuperação judicial da Odebrecht, o ministério do Transporte estuda uma forma para transferir a concessão da BR-163 da Rota do Oeste para outra empresa. Desde 2014, a concessionária, que é um braço logístico da empresa, detém os direitos de exploração econômica e manutenção de aproximadamente 500 km da rodovia.

Waldemir Barreto

Jayme Campos

Jayme Campos avalia que a Rota Oeste não vai conseguir executar obras na BR-163/364

O senador Jayme Campos (DEM) defende que a concessão seja retirada da empresa e avalia que, diante da situação de recuperação, ficará impedida de acessar novos financiamentos, e com isso, não conseguir realizar o plano de duplicação da rodovia.

A empresa, por usa vez, sustenta que não será afetada pelo processo da  Odebrecht S/A, a holding do grupo. Acontece que a Rota do Oeste é uma empresa da Odebrecht TransPort, que não entrou na recuperação judicial.

Com passivo superior a R$ 90 bilhões, sendo que apenas R$ 51 bilhões são negociáveis, já que a outra parte é de passivos firmados entre empresas do próprio grupo, a Odebrecht entrou em recuperação depois de enfrentar a complexa investigação da Operação Lava Jato, já que o principal acionista da empresa, Marcelo Odebrecht, é acusado de ser um dos financiadores de esquemas de corrupção junto ao Governo Federal.

Quando a Rota do Oeste assumiu a concessão da BR-163, em março de 2014, estabeleceu o plano de duplicação de 453 km da rodovia. O investimento seria em torno de R$ 6,8 bilhões. A maior parte deste valor deveria ter sido contratada junto ao banco de fomento federal, BNDES, mas acabou não ocorrendo.

Com isso, a empresa acabou não conseguindo cumprir a meta de duplicação dentro de cinco anos, conforme estipulado no contrato de 30 anos, sendo que nos cinco primeiros anos todo o trecho deveria estar pronto. Até março de 2016, a empresa conseguiu duplicar um trecho de 117 km entre a divisa de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e Rondonópolis.

Em visita a Mato Grosso, o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, informou que está sendo estudada uma medida que ameniza os danos nos casos das devoluções das concessões. A ideia, segundo o ministro, é garantir que os planejamentos sejam mais estruturais, e que os as metas não sejam irreais. O ministro apontou também os usuários não estão conseguindo perceber o investimento que fazem com o pagamento do pedágio.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • falo mesmo | Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 16h28
    0
    0

    falo mesmo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • paula goetz | Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 13h55
    0
    1

    Impressionante que até a própria ANTT, em audiência pública em Sorriso recentemente, defendia a permanência da Rota do Oeste no trecho bem como também defendia que o contrato/concessão na avaliação do quinquênio fosse, o trecho duplicado, Sinop/Gil postergado até 2039...interesses obscuos e interessantes.

Matéria(s) relacionada(s):

Vice do DEM-Cuiabá elogia gestão EP

joao celestino 400 curtinha   O advogado João Celestino (foto), vice-presidente da comissão provisória do DEM de Cuiabá e ligado ao senador Jayme Campos, se mostra simpático à gestão Emanuel Pinheiro, do MDB. Aliás, na segunda, Celestino fez uma visita ao prefeito e elogiou a...

Prefeito Beto faz mistério sobre apoio

beto farias 400 curtinha   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (foto), que está no segundo mandato e com a popularidade em alta, não revela quem apoiará para a disputa à sucessão, nem para aqueles aliados mais próximos. Quando perguntado, o emedebista costuma dizer que não está...

Filho de ex-prefeito, enfim, é cassado

thomaz 400 curtinha   Quase dois anos depois de cassado, enfim, o vereador tucano de Chapada dos Guimarães, Thomas Jefferson Xavier (foto), deixa efetivamente o cargo. O juiz Ramon Fagundes Botelho, da 34ª Zona Eleitoral, determinou, em decisão da última quinta (7), que a presidência da Câmara convoque de...

Bolsonaro, partido, Barbudo e Galli

nelson barbudo 400 curtinha   Da bancada federal de MT, composta por 11 parlamentares, apenas um deve acompanhar o presidente Bolsonaro para outro partido: Nelson Barbudo (foto). Ele vai sair do PSL junto com o capitão. A intenção de Bolsonaro é de se desfiliar e ficar um bom tempo sem partido. Até lá...

Prédio da Câmara receberá decoração

misael 400 curtinha   A Câmara Municipal de Cuiabá vai gastar R$ 41 mil com decoração natalina. E quem executará os serviços para deixar o prédio do Legislativo todo iluminado é a Capriata de Souza Lima & Souza, vencedora do pregão eletrônico. Com seus 25 vereadores, 521...

Avalone aposta em Nigro pra prefeito

carlos avalone 400 curtinha   Carlos Avalone (foto), hoje vice-presidente da Executiva estadual do PSDB, está cheio de planos como futuro presidente tucano. Já anunciou que em fevereiro Paulo Borges renuncia ao comando partidário e, então, passa a tocar a legenda no Estado e com a missão de coordenar os trabalhos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.