Legislativo

Domingo, 09 de Março de 2014, 08h:11 | Atualizado: 09/03/2014, 08h:15

Legislativo

Após recesso, deputados prometem votar polêmico projeto do MT Saúde

Rodinei Crescêncio/Rdnews

emanuel_pinheiro_saude.jpg

Deputado Emanuel Pinheiro (PR), membro da CPI

Com o retorno das sessões na Assembleia, após o feriado prolongado do Carnaval, os deputados prometem, enfim, colocar em votação o polêmico projeto relativo à reestruturação do plano MT Saúde. A princípio ele seria apreciado no ano passado, contudo, os parlamentares protelaram e “empurraram” a mensagem para este ano. O deputado Emanuel Pinheiro (PR) pondera que já há 12 emendas apresentadas, todas apresentadas por ele, que relatou a CPI do plano.

O republicano destaca duas como sendo as principais: uma contra a medida do Governo em zerar a sua participação financeira no plano e outra que beneficia os aposentados. Ambas tendem a sofrer resistência do Executivo, que deve escalar o presidente do Legislativo, Romoaldo Júnior (PMDB), e o líder Jota Barreto (PR) para barrar os pedidos.

Conforme o projeto, o Governo tem o prazo de 10 anos para zerar a participação no plano, ou seja, em 2024 não passará a contribuir com o MT Saúde e todo o custo será pago pelos próprios servidores. Diante disso, Emanuel quer garantir que pelo menos 30% sejam arcados pelo Palácio Paiaguás. Salienta que o Executivo estadual arca com 70% do plano. Dessa forma, com a reestruturação este percentual deve cair.

O imbróglio vai longe. Isso porque o TCE alega que o governo não pode pagar nada, por acreditar ser inconstitucional que o Estado pague um plano de saúde. O ideal é proporcionar investimentos nesta área, uma vez que a saúde é um dos setores que mais precisam de “atenção” em Mato Grosso. Em contrapartida, Emanuel afirma que não há ilegalidade e que o Governo deve continuar investindo no plano. “Estou pronto para o debate, inclusive, com o TCE. O que há é uma interpretação equivocada, em minha opinião. O Estado como patrão deve, sim, ajudar no plano de saúde”. 

A outra proposta do deputado que tende causar polêmica é a respeito de pessoas acima dos 60 anos. O republicano quer que estes não tenham a tarifa do plano reajustada. Uma das alterações será justamente a readequação da tabela de preços. Hoje os idosos são os que mais pagam num plano de saúde. “Os aposentados usam mais, porém, já contribuíram. Então, não acho justo”, explica. O deputado é membro da CPI instaurada na Assembleia, ano passado, para investigar a situação do MT Saúde, criado em 2003 pelo ex-governador Blairo Maggi (PR). Atualmente beneficia 12 mil servidores, o que totaliza 30 mil pessoas contando os dependentes.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • pedro | Domingo, 09 de Março de 2014, 09h36
    0
    0

    falta macho nesse executivo pra administrar os recursos da previdencia do estado, má administração levou a isso, governador tem que largar de conversar fiado, esse ano tem eleiçoes...

MDB em clima de racha em Tangará

joao jose 400 curtinha   Em Tangará da Serra, o MDB enfrenta racha. O prefeito Fabio Junqueira, com apoio de filiados históricos, quer lançar à sucessão municipal o seu secretário de Infraestrutura e antigo gestor do Serviço de Água e Esgoto, Wesley Lopes Torres, sobrinho do ex-vereador Daniel...

Advogados disputam cadeira no TJ-MT

andre pozetti 400 curtinha   É extensa a lista de advogados que estão se movimentando, nos bastidores, para a cadeira vitalícia de desembargador do Tribunal de Justiça, sob indicação do Quinto Constitucional da OAB/MT. Caberá ao Colégio de Conselheiros da Ordem, composto por 33 advogados,...

Max insiste em ficar na 1ª Secretaria

max russi 400 curtinha   Max Russi (foto) ainda não desistiu de continuar na Primeira-Secretaria na próxima Mesa Diretora, mas, como possui menos apoio do que a emedebista Janaina Riva, deve mesmo ocupar outro posto, o de primeiro-vice-presidente. A eleição, que marcará a reeleição de Botelho na...

Deputados criticam membros da CCJ

elizeu nascimento 400 curtinha   Membros da CCJ da Assembleia, especialmente o presidente e o vice, respectivamente, Dilmar Dal Bosco e Sebastião Rezende, foram bastante criticados pelos colegas em sessão nesta quarta. Deputados como Thiago Silva, Wilson Santos e Elizeu Nascimento (foto) disseram que a Comissão, uma das mais...

Testemunhas pra protelar investigação

camila silva 400 curtinha   Os vereadores poconeanos Camila Silva (foto), do PP, e Ademir Zulli (PTB) usaram de uma estratégia jurídica para protelar, ao máximo, a conclusão dos trabalhos da recém-criada Comissão de Investigação e Processantes (CIP) para apurar denúncia de quebra de...

Luta de Misael e asfalto no Despraiado

misael galvao curtinha 400   O presidente da Câmara da Capital, Misael Galvão (foto), está comemorando uma vitória suada: a retomada das obras de pavimentação em toda extensão das ruas Afonso Pena e Oswaldo Correa, no bairro Despraiado. Ele fez várias indicações para...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.