Legislativo

Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 18h:08 | Atualizado: 19/11/2019, 18h:15

honraria cancelada

Após reclamação, AL suspende certificado de responsabilidade social a Energisa

Ronaldo Mazza

Elizeu Nascimento

Deputado Elizeu Nascimento, presidente da CPI da Energisa, durante sessão plenária na AL

O deputado Elizeu Nascimento (DC), que preside a CPI da Energisa, atuou para barrar que a concessionária de energia recebesse o certificado de responsabilidade social, entregue pela Assembleia na quinta (14). Após tomar conhecimento de que a empresa receberia a honraria, solicitou o cancelamento da homenagem, que foi acatado pelo presidente da Mesa Diretora Eduardo Botelho (DEM).

“Quando tomamos consciência de pronto documentamos e solicitamos a suspensão do certificado à Energisa, que é acusada, com várias denúncias, por abuso no aumento de energia elétrica. Agradeço ao presidente Eduardo Botelho, e ao José Domingos, porque a partir do momento que documentamos a suspensão da homenagem, foi acatado este pedido”, disse o deputado durante sessão na manhã de hoje (19).

O parlamentar alegou que é um abuso que a empresa, que está sendo investigada, receba um certificado como se estivesse prestando “um bom serviço”. “Existe denúncia de que houve aumento na fatura de 700%, é um cúmulo uma empresa dessas ser certificada por qualidade social”.

O certificado social concedido pela Assembleia desde 2002, reconheceu atuação de 55 empresas nesta 14ª edição. As empresas são selecionadas a partir da análise pela Comissão Mista de Responsabilidade de Mato Grosso, que pondera uma série de requisitos como qualidade da relação das empresas com seus empregados, cumprimento de cláusulas sociais, participação dos empregados nos resultados econômicos, além de desenvolvimento pessoal e gestão ambiental.

Elizeu aproveitou para pedir mais cautela por parte dos responsáveis pela certificação para analisar as empresas a serem homenageadas, para que não ocorra mais o ato falho de reconhecer aquelas que eventualmente possam estar sendo alvo de investigações parlamentares.

A CPI da Energisa foi instalada na Assembleia, em outubro, e apesar de não ter poder punitivo, pode encaminhar à autoridades competentes os relatórios com pareceres que possam indicar outras medidas em esfera administrativa ou judicial. A comissão é presidida pelo deputado Elizeu, tem Carlos Avallone (PSDB) como relator, e Thiago Silva (DEM) como vice-presidente. Paulo Araújo (PP) e Dr. Eugênio (PSB) são membros titulares.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Elias | Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019, 09h29
    0
    0

    Parabéns deputado..continue assim.e.na próxima.nao esqueceremos do Sr..

Matéria(s) relacionada(s):

Sindal e a traição por alíquota de 14%

jovanildo antonio sindal curtinha 400   Jovanildo Antonio da Silva (foto), presidente do Sindal que já tem uma atuação pífia, agora está levando porrete de todo lado dos servidores da Assembleia. É que, ao invés de sair em defesa da categoria e se manifestar contra o projeto do governo de elevar a...

2ª suplente de Selma amarga 2 perdas

clerie fabiana curtinha 400   Clérie Fabiana Mendes (foto), que surgiu do nada na vida pública e ganhou notoriedade como 2ª suplente da senadora Selma Arruda, vai perder duas vezes. Primeiro, ficará sem o cargo eletivo, por causa da cassação da chapa, encabeçada por Selma, por caixa 2. Segundo,...

Após aprontar, Abílio pede desculpas

juca do guaran� curtinha 400   Acuado, Abílio Brunini (PSC) recorreu agora a uma outra estratégia na esperança de escapar da cassação do mandato, depois de tanto aprontar, com denúncias sem provas, constrangimento, brigas, manipulação e ataques a diversas pessoas. Da...

Cervejaria cuiabana devolve R$ 270 mi

rogerio gallo 400 curtinha   Após negociação, por intermédio do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (CIRA), uma cervejaria de Cuiabá vai devolver aos cofres públicos cerca de R$ 270 milhões nos próximos dias. O montante se refere a diferenças no ICMS...

Lei em Cuiabá veta cortar luz e telefone

misael galvao 400 curtinha   Seguindo exemplo de outros municípios, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), rejeitou veto do prefeito Emanuel e promulgou uma lei, que proíbe empresas de gás e concessionárias de serviço público de energia elétrica, no caso a Energisa,...

Visita a todos setores e agradecimento

domingos neto tce 400 curtinha   Numa demonstração de humildade e respeito aos servidores, o presidente do TCE Domingos Neto visitou nesta 4ª todo os setores do Tribunal para agradecer pessoalmente o esforço, dedicação e a contribuição de cada colaborador para que sua gestão do...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.