Legislativo

Segunda-Feira, 25 de Fevereiro de 2019, 09h:52 | Atualizado: 25/02/2019, 09h:59

Legislativo

Assembleia endurece regras do TCE e determina prestação de contas mensal

Em meio à polêmica sobre a criação de um novo rito para a indicação da vaga de conselheiro, proposto pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), a Assembleia publicou alterações na Lei Orgânica da Corte. Com as novas regras, o TCE fica obrigado a encaminhar trimestralmente suas contas à Assembleia, antes a exigência era apenas anual.

A segunda obrigação é que o TCE terá que prestar contas ao Poder Legislativo, mensalmente e anualmente, por meio de balancetes encaminhados nos trinta dias seguintes ao encerramento do mês e balanço geral no prazo de 60 dias da abertura da sessão legislativa.

A Assembleia impôs também que, no relatório anual, o Tribunal apresentará análise da evolução dos custos do controle e da sua eficiência, eficácia e economicidade. A alteração na Lei Orgânica se deu por meio da Lei Complementar 615/2019, de autoria das lideranças partidárias.

Na prática, enrijece o controle sobre as contas do TCE, que é um órgão independente, mas cuja missão é auxiliar o Poder Legislativo. Chama atenção, que a iniciativa das lideranças partidárias se dá em um momento turbulento entre a Assembleia e o TCE, isso porque desde 31 de janeiro desde ano, quando o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, liberou a Assembleia para fazer indicação da vaga deixada pelo conselheiro aposentado Humberto Bosaipo.

Desde então, o disputado pleito para o preenchimento da vaga colocou as duas casas em embate, isso porque os conselheiros substitutos do TCE defendem a indicação de um nome técnico do que político. Sob  Domingos Neto, o TCE abnalisa três sugestões de ritos.

Na última semana, a Assembleia indicou o deputado Guilherme Maluf (PSDB) para a vaga de conselheiro, mas uma decisão em primeiro grau suspendeu, atendendo pedido do MPE.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • João da Costa | Segunda-Feira, 25 de Fevereiro de 2019, 15h14
    1
    0

    Resumindo: tudo a base de troca, a lei existe mas só se coloca em prática se quando há conflito entre as partes, do contrário nada é feito cada instituição faz o que bem entender.

  • Anderson | Segunda-Feira, 25 de Fevereiro de 2019, 11h27
    1
    2

    Também chama a atenção de todos o fato do MPE se preocupar com a vaga do TCE do neste momento, enquanto que no escândalo dos precatórios do MPE nada foi feito por parte deste mesmo MPE ...... !!!!! Onde estavam vc estes dois promotores ??? Onde estava este juiz ????? Alguém me responda por favor !!???

Matéria(s) relacionada(s):

Morre presidente do Grupo Barralcool

petroni barralcool curtinha 400   Morreu neste sábado, em Cuiabá, aos 88 anos, o diretor-presidente do Grupo Barralcool, João Nicolau Petroni (foto). Ele foi um dos pioneiros no setor sucroenergético do Estado e o primeiro presidente do Sindicado das Indústrias Sucroalcooleiras de MT (Sindalcool). Era...

Abracrim cita arbitrariedade na SESP

michelle marrie abracrim curtinha 400   Michelle Marrie (foto), presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Estado, contesta a nota em Curtinhas entitulada "Secretário, Abracrim e saia-justa", sobre o fato de uma advogada ter se infiltrado na coletiva à imprensa concedida pelo...

Governo monitora crise na segurança

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro monitora de perto a crise instaurada no setor de segurança devido à operação desencadeada na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, para acabar com regalias de presos "da pesada", que comandam o crime organizado de dentro das celas. Houve...

Faissal se licencia e Oscar assume vaga

oscar_curtinha_400   O deputado estadual de primeiro mandato Faissal Calil (PV), a partir de quarta (21), vai se licenciar por 4 meses. Assim, dará lugar para o retorno do ex-deputado Oscar Bezerra (foto), que disputou à reeleição no ano passado, sem sucesso. Oscar, que tem base eleitoral em Juara, teve 11.827 votos e...

Fora do Podemos e dando pitacos

marcelo_curtinha   O presidente do Podemos-MT, José Medeiros, se diz surpreso com as declarações do adjunto de Turismo da Capital Marcelo Pires, que se posiciona contra a filiação de Niuan no partido. O absurdo disso é que Marcelo sequer é filiado e muito menos militante. Só participou de uma...

Melhorias refletem no Mutirão Fiscal

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) está empolgado com a intensa procura dos contribuintes para negociação de dívidas municipais e ficou mais animado quando tomou conhecimento dos comentários de muitos, inclusive daqueles menos favorecidos, que estão indo à Arena Pantanal,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.