Legislativo

Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 09h:14 | Atualizado: 18/11/2019, 13h:23

imbróglio

Audiência pública tenta "destravar" a internacionalização do aeroporto de VG

Com o impasse envolvendo a liberação burocrática para a permissão de voos internacionais, com saída e chegada ao Aeroporto Marechal Cândido Rondon, em Várzea Grande, o deputado federal José Medeiros (Podemos) protocolou requerimento na Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU), da qual é vice-presidente, nesta semana, para que todos os atores envolvidos no processo participem de uma audiência pública, em Brasília.

Assessoria

Deputado federal Jos� Medeiros  (Podemos)

Deputado federal José Medeiros lembra que existe interesse mútuo em resolver a questão

A intenção de Medeiros é que as arestas sejam definitivamente aparadas e a classe política, que parece ser a mais interessada em dar fim ao imbróglio, além da população, consiga saber ao certo qual o nó que ainda precisa ser desatado. “É muito angustiante quando temos uma pauta que o Estado quer e obviamente que nós parlamentares também, o Executivo se mostra disposto, mas a técnica engessa a coisa”, comentou.

No requerimento, o vice-líder do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na Câmara Federal inclui o chamado a um representante da Secretaria Nacional da Aviação, da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC e um da Receita Federal, além de um profissional responsável pela Empresa Consórcio Aeroeste, que este ano assumiu a gestão do aeroporto de Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta. Além dos parlamentares federais de Mato Grosso.

Na justificativa para a audiência pública, que deve ser realizada ainda neste ano, Medeiros afirma que comercialmente já há uma inclinação de várias empresas aéreas a implantaram novas rotas, inclusive um processo avançado da Azul para voo direto para Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. “Existe um interesse mútuo do Mato Grosso em expandir esse mercado do turismo internacional e das aéreas. Temos Nobres, Chapada dos Guimarães e tantos outros potenciais turísticos, que infelizmente vemos limitados por este tipo de entrave. Essa questão da Bolívia se arrasta desde a Copa de 2014”, criticou Medeiros.

O deputado adiantou que, como boa parte das demandas de Mato Grosso, a internacionalização esbarra em filigranas da parte técnica. “Temos rodovias carentes em infraestrutura no nosso estado que já possuem projetos aprovados, dinheiro garantido, mas esbarramos no componente indígena e outros caprichos, enquanto isso o povo sofre. O mesmo vale para esta questão da expansão do aeroporto e alfandegamento. A Receita Federal exigia uma sala de alguns metros maior e depois altera em outro documento. O que nos anima é que o Governo Bolsonaro quer tanto quanto nós acabar com isso”, garantiu.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • DICESAR AMARAL | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 15h50
    0
    0

    Nossa, vai ser uma abertura para nosso povo mato grossense alavancar o turismo e ao mesmo tempo gerar parcerias internacionais de suma importancia para ambas os países, Brasil e Bolivia...eu pessoalmente, conheci só San Matias ali na divisa com Cáceres, e já achei o máximo..!!....trabalho na área do Turismo e garanto que é um retorno garantido tanto pra quem trabalha com receptivo quanto pra quem usufruirá dos passeios bilaterais...!!

  • Moreira | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 11h17
    0
    0

    VG não tem aeroporto. O aeroporto serve e só está lá por causa de Cuiabá.

Matéria(s) relacionada(s):

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

Muitos cuiabanos votam em Chapada

thelma de oliveira 400 curtinha   A ex-deputada federal Thelma de Oliveira (PSDB), que em 2016 transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para Chapada dos Guimaráes, já está trabalhando nos bastidores o projeto de reeleição. E, agindo nos bastidores e de forma estratégica, ela conseguiu um...

Câmara cassará 4º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o quarto vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.