Legislativo

Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019, 11h:55 | Atualizado: 16/09/2019, 16h:34

BAIXA NO PSL

Barbudo aponta saída traumática e se reúne com senadora: "não se adequou"

O deputado federal Nelson Barbudo (PSL), presidente regional do partido em Mato Grosso, avalia que a saída da senadora Selma Arruda da sigla é um questão de "falta de adequação". Barbudo afirma que ainda não conversou com a juíza aposentada sobre a questão e que a decisão de migração para o Podemos é de foro íntimo. Pondera que viaja para Brasília hoje (16) e que deve conversar com a juíza aposentada que ingressa na nova legenda na quarta (18) e fez várias críticas ao PSL em entrevista ao Estadão.

Facebook

Nelson Barbudo e Selma Arruda

Nelson Barbudo, ao lado de Selma Arruda que deixa PSL nesta semana e se filia ao Podemos, sob Medeiros em MT

O Barbudo classifica a perda da senadora como “ruim e traumática”. Ele rebate, entretanto, a reclamação de Selma que critica a falta de apoio do partido a ela em relação ao processo na Justiça Eleitoral - que culminou na sua cassação no TRE-MT por crime de caixa 2. “Sempre tratei outros assuntos com a senadora, para mim isso é de foro íntimo, nunca me envolvi, mas sempre me coloquei à disposição para o que fosse preciso”, salienta.

O deputado também rebate a reclamação de Selma de que ninguém do PSL se importou com a saída dela do partido, afirmando que seus correligionários estejam dando “graças a deus” por sua desfiliação. “Pode ser a opinião dos outros, a minha não. Nunca darei graças a Deus, sou amigo da Selma e não tenho motivo nenhum para querer que ela saia do partido”.

Os problemas partidários sempre acontecem, faz parte do processo de adequação, a Selma não se adequou. Assim como Alexandre Frota

Nelson Barbudo

Quanto a decisão de Selma em permanecer na base do Governo, Barbudo diz que é algo tranquilo visto que o Podemos é da base do governo Jair Bolsonaro. Nesta linha, destaca que o deputado federal José Medeiros (Podemos) é o vice-líder do Governo na Câmara. “Os problemas partidários sempre acontecem, faz parte do processo de adequação, a Selma não se adequou. Assim como Alexandre Frota (deputado) também não se adaptou, infelizmente”, exemplifica, numa referência a outra baixa de filiado com partido.

Sem liderança

Com as malas prontas para deixar a legenda, a senadora não pupou críticas aos ainda correligiolários. Afirmou que um dos motivos para deixar o PSL é a falta de liderança, ausência de ideologia e o reducionismo que atribui que todos os adversários são comunistas ou petistas. Questionou também o fato de Bolsonaro não atuar nas decisões partidárias. “Essa é uma posição dela, não acho que esteja bagunçado e nunca tive nenhum tipo de problema com a nacional, pelo contrário sempre fui bem recebido. O que ela fala é de foro íntimo”.

Ressalta ainda que, sob sua presidência, o PSL de Mato Grosso cresceu 117%. E frisa que Selma tem participação nisso, uma vez que atua como vice-presidente. Em relação a Bolsonaro, Barbudo diz que o presidente tem executado o seu plano de governo e que não deve focar em questões partidárias. O rompimento de Selma com o PSL se deu após ela supostamente ter recebido pressão interna para retirar assinatura do pedido de CPI para apurar a Lava Toga.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Thales Marino Fonseca | Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019, 07h48
    0
    0

    PSL, um partido nanico em 2022 !

  • Xitu | Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019, 16h33
    1
    0

    Não mesmo; ela cita enjoos. Imaginemos o caos que deve ser!

  • ZACARIAS OLIVEIRA ALVES | Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019, 15h19
    2
    0

    Todos nós queremos saber se Nelson Barbudo apoia a CPI da Lava Jato.

  • marques | Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019, 15h10
    4
    0

    conte a historia direito não se adequou por causa do filho querido do presidente, Barbudo explica melhor sem fake news.

  • ronaldo araujo | Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019, 13h53
    0
    0

    ronaldo araujo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • MONICA | Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019, 12h07
    1
    11

    O Brasil e a questão partidária, é uma lastima! Continuo apoiando a Senadora Selma Arruda e o Dep. Federal Nelson Barbudos, independente do partido em que estejam, só deixarei de apoiar se suas atitudes forem diferentes daquelas esperadas!

Matéria(s) relacionada(s):

Will sai do PSDB e adere ao Podemos

itamar Will 400   O líder comunitário do bairro Pedro 90 Itamar Will, conhecido por fazer a defesa apaixonada do ex-governador Pedro Taques nos grupos de Whatsapp, apresentou carta de desfiliação do PSDB após 22 anos de militância  e está aderindo ao Podemos. Agora, passa a ser...

Advogado de MT toma posse no CARF

thiago dayan curtinha advogado 400   O advogado Thiago Dayan (foto) tomou posse no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF), em Brasília, na última terça (15). Ele se tornou o único representante de Mato Grosso no Conselho Federal, responsável por julgar decisões de instância administrativa,...

Dutrinha será reinaugurado só em abril

francisco vuolo curtinha 400   Convocado a comparecer nesta quarta à reunião da Comissão de Trabalho, Administração, Serviços e Obras da Câmara Municipal, para explicar sobre a situação do estádio Dutrinha, especialmente em relação ao andamento das obras, o...

Botelho, vaidade e implante capilar

Eduardo Botelho _ 400   Vaidoso, o presidente da AL Eduardo Botelho vai se submeter a um procedimento estético. Se afasta por uma semana para realizar um implante capilar. Bem humorado, anunciou que ficará fora alguns dias para atender pedidos femininos. Depois, disse que vai usar boné e pediu para não ser fotografado...

CPI da Energisa e resultado incerto

elizeu_curtinha_400   O deputado de primeiro mandato Elizeu Nascimento (foto) vai presidir os trabalhos da CPI da Energisa, que realiza a sua primeira reunião nesta 4ª. Thiago Silva, Paulo Araújo e Carlos Avalone vão atuar ativamente nas investigações, sendo membros titulares, mas o resultado ainda é...

Prefeito Pátio tira verba da Santa Casa

jose medeiros 400 curtinha   O ex-senador e deputado federal José Medeiros (foto) reclama da postura oportunista do prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis. Explica que, por meio de emenda de bancada, foram destinados R$ 12,9 milhões para a Santa Casa atender pacientes do SUS da região Sul, compreendendo 20...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.