Legislativo

Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 14h:44 | Atualizado: 21/10/2019, 16h:17

CONFUSÃO NO PSL

Barbudo pode "perder" Incra-MT por não assinar nova lista pró-Eduardo Bolsonaro

JLSiqueira

Nelson Barbudo

O deputado federal Nelson Barbudo, que foi tachado de traidor do presidente Jair Bolsonaro

O deputado federal Nelson Barbudo, que foi tachado de traidor do presidente da República Jair Bolsonaro por ter apoiado a permanência do Delegado Waldir (GO) como líder do PSL na Câmara dos Deputados na semana passada, não subscreveu a lista com 29 assinaturas que o destituiu para colocar Eduardo Bolsonaro (SP) no posto de liderança. O documento foi apresentado na manhã desta segunda (21).

Nos bastidores já circula a informação que postura de Barbudo de não favorecer o filho do presidente da República foi encarada pelo Palácio do Planalto como uma nova traição a Bolsonaro que terá reflexos na Superintendência do Incra em Mato Grosso. Isso porque o superintendente Ivanildo Teixeira, o Paulista, indicado pelo parlamentar, deve ser exonerado assim que o chefe do Executivo retornar da viagem pela Ásia e Oriente Médio.

Em vídeo postado nas redes sociais, Barbudo alega que foi colocado no meio da crise por colegas de bancada que brigam pelo controle do PSL nos seus estados. Garantiu ainda que está indo para Brasília para continuar "defendendo Bolsonaro" na tribuna e voltou a negar que tenha traído o presidente da República por não assinar a lista a favor do seu filho Eduardo. 

Waldir abre mão da liderança

O documento foi protocolado pelo líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo (GO) e contém 29 assinaturas, entre elas a dos cinco deputados que seriam suspensos pelo partido. O anúncio da suspensão foi feito na semana passada, mas estava esperando a confirmação pela presidência da Câmara para ser efetivado.

Nesta segunda, no entanto, o Delegado Waldir publicou um vídeo dizendo que a legenda desistiu da suspensão. "O meu partido PSL decidiu retirar a ação de suspensão de cinco parlamentares, e aceitamos democraticamente uma nova lista que foi feita por parlamentares ", afirmou no vídeo.

Na publicação, Waldir afirma também que está "a disposição do novo líder", mas critica a interferência do Executivo na decisão do cargo. "A Constituição prevê que o Executivo não deve interferir no parlamento em nenhuma ação", disse.

Reflexos no Incra

Indicado por Barbudo, Paulista deve ser exonerado da superintendência do Incra de Mato Grosso como retaliação a postura do parlamentar. A confirmação depende do novo presidente nacional do órgão, José Geraldo Câmara Ferreira de Melo Filho.

O Paulista é parente do advogado Houseman Tomaz Aguliari,  que representa Silvino Dal Bo, pai do chefe de gabinete de Barbudo, Rafael Klas Dal Bo, em demanda judicial com Incra. A nomeação deixou margens a interpretação que a escolha tem o objetivo de favorecê-lo em detrimento do órgão que promove a reforma agrária.

A terra que resultou em demanda com o Incra é o projeto assentamento Barra Norte, na gleba Nhandú, localizada no município de Novo Mundo, região Norte do Estado. A ação tramita na 2º Vara Civil Especializada em Direito Agrário de Cuiabá.  A área adquirida por Silvino Dal Bó e seu filho foi ocupada por sem terra em 2001.

 Quando o general João Carlos Jesus Corrêa deixou a presidência do Incra, denunciou a ingerência política, inclusive citando Barbudo. Isso porque o deputado federal do PSL derrubou Claudinei Chalito da Silva da superintendência em Mato Grosso, o acusando de petista, para garantir a nomeação do Paulista no seu lugar.

Entretanto, Barbudo nega qualquer interesse escuso no Incra. Afirma que sua bandeira é a regularização fundiária e que está prestando assistência aos “coitados” que foram abandonados pelo PT.

A lista de Eduardo

Os parlamentares que assinaram a lista de Eduardo são: Vitor Hugo (GO), Alê Silva (MG), Aline Sleutjes (PR), Bia Kicis (DF), Bibo Nunes (RS), Carla Zambelli (SP), Carlos Jordy (RJ), Caroline de Toni (SC), Chris Tonietto (RJ), Coronel Armando (SC), Coronel Chrisóstomo (RO), Daniel Freitas (SC), Daniel Silveira (RJ), Dr. Luiz Ovando (MS), Eduardo Bolsonaro (SP), Enéias Reis (MG), Filipe Barros (PR), General Girão (RN), General Peternelli (SP), Guiga Peixoto (SP), Helio Lopes (RJ), Junio Amaral (MG), Léo Motta (MG), Luiz Lima (RJ), Luiz Philippe de Orleans e Bragança (SP), Marcelo Brum (RS), Marcio Labre (RJ), Ricardo Pericar (RJ) e Sanderson (RS) (Com informações do Congresso em Foco).

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Lucas Ferraz | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 11h30
    3
    0

    Esse Nelson Barbudo está se revelando em um grande oportunista, pois se elegeu através da "Onda Bolsonaro" e agora não apoia a renovação e transparência no PSL sob o comando do Dep. Eduardo Bolsonaro, preferindo defender o Presidente do PSL, Luciano Bivar, que está sendo investigado por candidaturas laranjas e corrupção no fundo partidário.

  • Jose tortorelli | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 21h34
    3
    0

    Esse dep e tremendo de um falso moralista

  • Mauro Sergio | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 19h26
    2
    0

    Mauro Sergio , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

Nomes do DEM para vereador de VG

pablo 400 curtinha   O DEM do casal Jayme-Lucimar, senador e prefeita, respectivamente, é dono da maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com sete dos 21 vereadores. Destes, cinco já estão trabalhando projeto de reeleição, sendo eles Gisa Barros, que era do PSB; Valdemir Bernadino, o Nana; Pedro...

Flerte com candidato de outro partido

selma arruda 400 curtinha   Apesar de estar filiada ao Podemos, a ex-senadora Selma Arruda, que teve o mandato cassado por crimes eleitorais e deixou a cadeira neste ano, continua flertando com o pedetista, empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, que não demonstra mais tanto ânimo para continuar com o projeto de disputa...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.