Legislativo

Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 16h:33 | Atualizado: 29/05/2020, 16h:36

"LIBERDADE DE EXPRESSÃO"

Barbudo pressiona senadores a votar contra projeto que pune fake news no país

Waldemir Barreto

 Davi Alcolumbre

Presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP) diz que o Projeto de Lei que trata das fake news deve ser votado na sessão remota da próxima terça (02)

O deputado federal Nelson Barbudo (PSL), aliado do presidente da República Jair Bolsonaro, está preocupado com a possibilidade de aprovação do chamado PL das Fake News. Segundo o presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP), a matéria deve ser votada na sessão remota da próxima terça (02).

O texto do PL 2.630/2020 contém uma série de normas e mecanismos de transparência para redes sociais e serviços de mensagens da internet para combater abusos, manipulações, perfis falsos e a disseminação de fake news. O autor da proposta, que institui a Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência na Internet, é o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). 

Para Barbudo, o combate as fake news é uma ameaça à liberdade de expressão. Por isso, exige voto contrário dos senadores Wellington Fagundes (PL), Jayme Campos (DEM)  e Carlos Fávaro (PSD)  votem contra e provocou seus seguidores nas redes sociais a provocar a pressioná-los.

“Absurdo. O Senado está prestes a votar o PL 2630/2020, de autoria do senador sergipano Alessandro Vieira que trás censura explícita disfarçada de combate a fake news. Querem calar o povo com a prerrogativa de estar barrando falsas notícias! Não vamos acreditar nisso!  Queremos o posicionamento contrário dos nossos senadores”, defendeu Barbudo.

Absurdo. O Senado está prestes a votar o PL 2630/2020, de autoria do senador sergipano Alessandro Vieira que trás censura explícita disfarçada de combate a fake news

Deputado federal Nelson Barbudo

Projeto de Lei

A nova norma persegue três objetivos: fortalecer a democracia por meio do combate a informações falsas ou manipuladas; buscar maior transparência sobre conteúdos pagos oferecidos aos usuários; desestimular o uso de contas duvidosas, criadas ou usadas para desinformar ou plantar informações enganosas contra alguém. 

O presidente do Senado confirmou que haverá a votação do projeto após o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) afirmar que viu uma notícia sobre uma correligionária de Davi do estado do Amapá. Davi explicou que se tratava de fake news.

“É por isso e por outras que nós priorizamos o projeto do senador Alessandro Vieira, para que a gente possa de fato punir as pessoas que cometem crime atrás de um perfil falso. O projeto de Alessandro, que combate as mentiras da internet, já está agendado para ser votado na terça-feira da semana que vem. Cada cidadão brasileiro é agredido todas as horas, todos os minutos nas redes sociais. A gente precisa fazer uma legislação que possa, de fato, fazer com que aqueles que espalham essas mentiras tenham uma aplicação exemplar da lei, para que sejam punidos com os rigores da legislação”, disse Davi, lembrando que os senadores Otto Alencar (PSD-BA) e Angelo Coronel (PSD-BA) foram vítimas de notícias falsas recentemente.

(Com informações da Agência Senado).

 

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Cirlene | Sábado, 30 de Maio de 2020, 09h02
    1
    0

    Liberdade de expressão não é igual a inventar um fato e publicar como sendo verdadeiro. Até isso estão fazendo, induzindo a erro a população, ou seja invento uma estória sobre alguém, público, acabo com a vida da pessoa e depois me defendo dizendo que é liberdade de expressão?

  • Aguiar | Sábado, 30 de Maio de 2020, 07h54
    2
    0

    Quem tem c. Tem medo né nobre deputado kkk

  • Joaquim Alves | Sábado, 30 de Maio de 2020, 00h17
    1
    0

    O shrek do cinema pelo menos era legal, divertido.

  • Ggm | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 21h37
    0
    0

    Ggm , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Everton | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 19h52
    16
    2

    Está com medo de que? Só pode ser para que os desmandos, fakes, mentiras da família miliciana não venham a tona, ou quer livrar a pele desses facistas. Ou ele mesmo está envolvido nos fake news da familícia.

  • jose | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 18h50
    15
    2

    esse deputado e seu presidente sua senadora foram eleitos a poder das fake news pagas com dinheiro publico privado éssa é a turma do estrume

  • joaoderondonopolis | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 18h37
    10
    2

    Perdi meu voto.

  • Benedita da Silva | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 17h34
    3
    1

    Museu de novidades, a perfeita tradução da metafisica do vazio, a busca da essência do nada. Sugestão ao deputado pra quarentena youtubers Paulo Giraldheli e Nando Moura, dois antagonistas, mas convergentes quanto ao tema.

  • ronaldo araujo | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 17h10
    21
    4

    Sem futuro esse sujeito.

Joelson e as traições política e familiar

joelson 400   Dos 23 vereadores pela Capital que vão à reeleição, o que mais deve enfrentar dificuldades para obter êxito nas urnas é o sargento Joelson (foto), que aproveitou a janela de março e trocou o PSC pelo Solidariedade. Primeiro, por causa da atuação pífia. Trata-se de um...

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.