Legislativo

Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 17h:00 | Atualizado: 12/02/2019, 12h:47

TRINCHEIRAS NO LEGISLATIVO

Base governista se divide em 2 blocos na AL e deve controlar as 13 comissões veja

Rodinei Crescêncio/Arte/Rdnews

Quadro blocos na AL

Quadro de como está se desenhando os blocos dentro do Legislativo; bloco governista é o maior, mas pode diminuir com saída de Ulysses Moraes

O líder do governo na Assembleia Dilmar Dal Bosco (DEM) dividiu  os apoiadores do governador Mauro Mendes (DEM) em dois blocos parlamentares. Com isso, poderão assumir a presidência e a relatoria das 13 comissões permanentes.      

Liderado pelo próprio Dilmar, o bloco governista tem 12  membros. São eles Doutor Gimenez (PV), Doutor João (MDB), Eduardo Botelho (DEM), Guilherme Maluf (PSDB), Nininho (PSD), Paulo Araújo (PP), Romoaldo Júnior (MDB), Sebastião Rezende (PSC), Sílvio Fávero (PSL), Thiago Silva (MDB), Ulysses Moraes (DC) e Xuxu Dal Molin (PSC).  

Já o bloco independente articulado por Dilmar reúne o líder Doutor Eugênio (PSB), Faissal Calil (PV),  Valmir Moretto (PRB) e Max Russi (PSB). O número de membros pode ser ampliado já que existe a expectativa de atrair Ulysses e as conversações com o parlamentar do DC prosseguem.  

Na semana passada foi anunciado o bloco  Resistência Democrática, que será liderado pela deputada Janaina Riva (MDB).  Além da emedebista, também compõem o bloco:  Lúdio Cabral e Valdir Barranco, ambos do PT; Delegado Claudinei (PSL), Elizeu Nascimento (DC) e João Batista do Sindispen (Pros). 

O deputado Wilson Santos (PSDB) ainda não ingressou em nenhum dos blocos. Entretanto, descarta compor com os governistas liderados por Dilmar. “Tenho convite para integrar os dois blocos independentes e estou avaliando. A decisão deve ser tomada nas próximas horas, mas posso garantir que não estarei junto à base governista”.

Já Dilmar ressalta que a composição dos blocos garante para base governista a presidência e a relatoria das 13 comissões permanentes. Mesmo assim, pontua que está disposto a fazer concessões para oposição com o objetivo de manter o diálogo em aberto.  

“Estamos dispostos a fazer composições. A oposição tem interesse de integrar comissões como de Orçamento, Educação, Saúde e Segurança Pública e vamos atender na medida do possível”, pontuou o líder do governo.

Os blocos formados serão utilizados somente para composição das comissões permanentes. Depois, novas articulações serão feitas para atuação em plenário.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • TIRADENTES | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 13h41
    0
    0

    Quanto será que levaram por debaixo da mesa para dar apoio a esse governo desgovernado, já estamos gravando tudo e todos, todos os traidores do povo, ficar do lado do governador prepotente, arrogante é tiro certo no pé, 2022 está bem aí, não só não vamos votar nesses canalhas como faremos campanha contra esses traidores, aguardem. Dal Bosco, que o MPE te pegue.

  • Dividir para conquistar | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 10h32
    1
    0

    Dividir para conquistar.

Matéria(s) relacionada(s):

5 ensaiam em Cáceres pela oposição

tulio fontes curtinha   Enquanto três tucanos da base do prefeito Francis vivem expectativa por candidatura pelo palanque situacionista em Cáceres, grupos de oposição se movimentam para lançar nomes competitivos. O advogado e ex-prefeito por dois mandatos Túlio Fontes (foto), do PV, demonstra certo...

Base de Francis, Júnior e divergências

eliene liberado curtinha   O prefeito de Cáceres Francis Maris, no segundo mandato e, portanto, fora do projeto majoritário de 2020, não esconde mais de ninguém que o nome preferencial para a disputa à sucessão é do seu secretário de Turismo, Júnior Trindade. E isso não tem...

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

Governador, Nota MT e provocação

mauro mendes curtinha   Ao lançar a Nota MT, programa que estimula e incentiva o contribuinte a pedir nota em toda compra de mercadoria, o que ajuda na cultura do combate à sonegação fiscal, o governador Mauro Mendes (foto) copia para o Estado a mesma proposta implantada em Cuiabá na época em que foi...

Cândida Farias troca MDB pelo DEM

candida farias curtinha   Aos 68 anos, completados nesta segunda (17), a empresária Cândida Farias (foto), segunda-suplente do senador Jayme Campos, está desembarcando do MDB e vai se filiar ao DEM. Apesar da mudança de legenda, ela não tem pretensões de concorrer a cargo eletivo nas urnas de 2020....

Vander forte pela oposição em Tangará

vander masson curtinha   O nome mais forte hoje da oposição em Tangará da Serra, do ponto de vista da densidade eleitoral, é do empresário Vander Masson (foto), que ficou em terceiro lugar para prefeito em 2016 e, no pleito do ano passado, concorreu e perdeu para deputado federal. Filho do ex-prefeito e...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.