Legislativo

Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 15h:04 | Atualizado: 10/10/2019, 18h:56

Billy usa palavras de baixo calão ao atacar prefeita e munícipes no WhatsApp - ouça

Gilson Carlos de Almeida Costa

Billy Dal Bosco

Billy Dal Bosco em discurso na sessão plenária, em que proposta da prefeita foi rejeitada

O vereador por Sinop (a 503 km ao Norte de Cuiabá) Billy Dal Bosco (PL) cometeu uma série de grosserias ao criticar sua correligionária,  a prefeita Rosana Martinelli, por ter criticado publicamente os oito parlamentares que votaram contra o parecer da Comissão de Constituição Justiça e Redação (CCJR) da Câmara que autorizava a prefeitura a negociar a área do  Estádio Gigante do Norte com o Grupo Assaí, em troca da construção de uma arena esportiva. Com isso, a matéria acabou arquivada.

Em áudio que acabou vazando no aplicativo WhatsApp, Billy usa palavras de baixo calão para se referir a Rosana. Além disso, o parlamentar também diz que o Grupo Assaí se instalará em Sinop na "PQP" ou na "casa da mãe da prefeita".

Nem mesmo a Câmara Municipal e a população sinopense foram poupados da fúria do parlamentar. Enquanto a instituição é chamada de "porra", os munícipes são tratados pelo vereador como "idiotas" e "bando de inútil (sic)".

“Ela [prefeita Rosana Martinelli] faz questão de falar contra os vereadores. O Grupo Assaí virá para Sinop independente de onde for, pode ser na 'PQP', na 'casa da mãe da prefeita' ou qualquer outro lugar, eles vão vir. Isso já é fato concretizando. Eles estiveram comigo enquanto secretário na Sedec”, disse o parlamentar.

"Se colocar lá, como era pra colocar, onde o povo possa ver a construção da arena simultânea à construção do empreendimento e não da lua, porque não tem terreno em lugar nenhum. A população tem que entender que é um monte de mentira”, completou Billy Dal Bosco.

O vereador também afirma que a população deve ir na Câmara de Sinop para saber o que está falando. Segundo Billy, os eleitores não pregam um prego na areia, nem são capazes de separar o lixo em suas casas, e se acham no direito de criticar o trabalho dos parlamentares.

“A população tem que ir na porra da Câmara acompanhar as votações para saber o que está acontecendo na cidade de Sinop. São um bando de idiotas para ficar falando merda dos vereadores. Não sabem o que estão falando. Um bando de inútil (sic) que tem nessa cidade, que não pregam um prego na areia, não ajudam em nada a sociedade. Não é só gerar emprego não. Tem que ajudar no lado social, fazer a parte. Igual falar em coleta do lixo, mas na casa dele não fazer a coleta seletiva e querer que os outros façam. Nós temos que fazer primeiro na nossa casa e depois cobrar dos outros. Eu não vou ficar quieto”, concluiu.

Além de Billy Dal Bosco, votaram contra o parecer da CCJR os vereadores Adenilson Rocha (PSDB),  Dilmair Callegaro (PSDB), Ícaro Severo (PSDB), Joacir Testa (PDT), Leonardo Visera (PP), Lindomar Guida (MDB) e Luciano Chitolina (PSDB).

Já Rosana disse que ficou tremendamente decepcionada com o resultado da votação na Câmara. "Os vereadores realmente não querem o desenvolvimento de Sinop”, desabafou. Existe o risco do Grupo Assaí desistir do empreendimento no municípios e se instalar em Rondônia.

O áudio atacando a prefeita com palavras de baixo calão vazou um dia após Billy ter sido tachado de machista, junto com outros sete vereadores, por ter votado contra um projeto que obrigava estabelecimentos noturnos a oferecer proteção a mulheres em situação de risco. A matéria acabou rejeitada.

Billy disse que seu advogado deve se manifestar sobre o assunto nas próximas horas. O espaço continua aberto.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Air Francisco Costa | Sexta-Feira, 11 de Outubro de 2019, 08h50
    2
    0

    O político é o reflexo da sociedade. A educação deve passada pela família com os seus valores morais e o respeito é um deles. O conhecimento - é a ciência e é passado pelas instituições de ensino. Logo se nota que o nobre parlamentar não tem nenhum e nem outro, pois faltar com respeito a uma mulher, independente da posição social que ela ocupa na sociedade. Pode criticar sem ofender ou desrespeitar, basta ter um bom números de palavras em seu vocabulário pessoal.

  • Gladston | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 21h32
    4
    0

    Bily, isso lá é nome de homem? Mais um "dal bosco" pra fu... o estado, se não bastasse os dois que o fazem, começando por Sinop!

Matéria(s) relacionada(s):

TCE-MT aprova e elogia gestão Binotti

binotti 400 curtinha   O conselheiro interino do TCE, Isaías Lopes, rasgou elogios ao primeiro ano de mandato do prefeito e empresário Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Relator das contas do exercício de 2018 da prefeitura, com aprovação unânime pelo Pleno, Isaías destacou que os resultados...

Primavera fará 4 intervenções na BR

leonardo 400 curtinha   Com recursos próprios, a Prefeitura de Primavera do Leste fará quatro intervenções na BR-070, no perímetro urbano, com readaptação e construção de trevos para ajustar o trânsito a uma nova e moderna realidade do município com quase 100 mil...

Vice do DEM-Cuiabá elogia gestão EP

joao celestino 400 curtinha   O advogado João Celestino (foto), vice-presidente da comissão provisória do DEM de Cuiabá e ligado ao senador Jayme Campos, se mostra simpático à gestão Emanuel Pinheiro, do MDB. Aliás, na segunda, Celestino fez uma visita ao prefeito e elogiou a...

Prefeito Beto faz mistério sobre apoio

beto farias 400 curtinha   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (foto), que está no segundo mandato e com a popularidade em alta, não revela quem apoiará para a disputa à sucessão, nem para aqueles aliados mais próximos. Quando perguntado, o emedebista costuma dizer que não está...

Filho de ex-prefeito, enfim, é cassado

thomaz 400 curtinha   Quase dois anos depois de cassado, enfim, o vereador tucano de Chapada dos Guimarães, Thomas Jefferson Xavier (foto), deixa efetivamente o cargo. O juiz Ramon Fagundes Botelho, da 34ª Zona Eleitoral, determinou, em decisão da última quinta (7), que a presidência da Câmara convoque de...

Bolsonaro, partido, Barbudo e Galli

nelson barbudo 400 curtinha   Da bancada federal de MT, composta por 11 parlamentares, apenas um deve acompanhar o presidente Bolsonaro para outro partido: Nelson Barbudo (foto). Ele vai sair do PSL junto com o capitão. A intenção de Bolsonaro é de se desfiliar e ficar um bom tempo sem partido. Até lá...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.