Legislativo

Quarta-Feira, 04 de Dezembro de 2019, 15h:08 | Atualizado: 04/12/2019, 20h:06

BO DE SERVIDORA

Botelho descarta tese de que Defaz tenha sido usada politicamente contra Emanuel

JLSiqueira

Eduardo Botelho

Eduardo Botelho comanda sessão plenária da AL na manhã desta 4ª; democrata comentou ofício de Emanuel

O presidente Eduardo Botelho (DEM) avalia que a Assembleia não tem muito o "que fazer" em relação a denúncia apresentada pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). O parlamentar afirma que vai conversar com a procuradoria da Casa e que distribuirá cópia do documento aos demais deputados, mas antecipa que não é possível ao Poder Legislativo se aprofundar em relação ao documento apresentado.

Na segunda, Emanuel entregou um ofício a Botelho e à vice-presidente da Mesa Diretora, deputada Janaina Riva (MDB), alegando que a Defaz estaria sendo utilizada politicamente para perseguí-lo e incriminá-lo na denúncia de distribuição de proprina a vereadores para influenciar na cassação do vereador Abílio Júnior (PSC), que responde a processo de cassação de mandato na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara. Botelho relata que no documento, Emanuel diz que teria recebido a informação de que dois delegados foram afastados por terem recusado incriminá-lo. 

“O prefeito veio e protocolou essa denuncia. Vou chamar o procurador, ver qual é o encaminhamento. Vou passar uma cópia para os deputados. Semana que vem, a gente reúne e vê se vai encaminhar ao Ministério Público. Vamos acompanhar de longe essa investigação. Não tem fundamento nenhum para a Assembleia fazer algo a mais”, diz Botelho em entrevista à imprensa na manhã desta quarta (4).

Botelho afirmou que ainda não conversou com o governador Mauro Mendes (DEM) sobre o assunto, mas descarta a tese de que a Delegacia Fazendária tenha sido usada politicamente.

“Nem o Silval Barbosa quando era governador utilizou a polícia de forma política. Não tem fundamento para criar uma CPI, para isso tem que ter argumentos e fatos concretos, não vejo necessidade. A ALM só pode acompanhar. Certamente vou criar uma comissão para ficar indo lá na delegacia e ver como está”, pondera.

Na segunda, o delegado-geral da PJC, Mário Dermeval, negou que a transferência dos delegados Lindomar Tofoli e Anderson Veiga tenha ligação com a denúncia contra Emanuel, e justificou que a remoção de delegados é ato legal e frequente na Polícia Civil, sendo que foi motivada pela criação da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção, que foi criada em outubro deste ano por meio de decreto.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Davi | Quarta-Feira, 04 de Dezembro de 2019, 21h59
    0
    0

    Esse Botelho nunca inspirou confiança. É cria do Silval + Pedro Taques + Mauro Pinóquio.

Matéria(s) relacionada(s):

Expediente suspenso e posse no TCE

guilherme maluf 400 curtinha   O expediente no TCE-MT será suspenso na segunda, a partir das 12 horas. É que às 15 horas acontece a sessão especial na Escola Superior de Contas, marcando a posse de Guilherme Maluf (foto) na presidência do órgão fiscalizador. O hoje presidente Domingos Neto passa ao...

Túlio, desgaste e disputa em Cáceres

tulio 400 caceres   Derrotado a deputado estadual duas vezes, a última em 2018, Túlio Fontes (foto) não sustenta mais o que declarou há três meses, quando anunciou que ficaria de fora da corrida à Prefeitura de Cáceres. Mesmo tendo abandonado o município por um bom tempo, desde quando concluiu...

Disputa em Sinop e vaga na Câmara

juarez costa 400 curtinha   O deputado federal Juarez Costa (foto) tem espalhado que será candidato a prefeito de Sinop, posto já ocupado por ele por dois mandatos. No fundo, o emedebista espera que Rosana Martinelli (PL), que foi sua vice e depois se elegeu prefeita nas urnas de 2016, desista do projeto de reeleição...

Francis forçando a barra ao Senado

francis maris 400 curtinha   Francis Maris (foto), empresário e prefeito de Cáceres, é mesmo corajoso. Ele anunciou que vai reunir colegas prefeitos da região Oeste para discutir a ideia de entrar na disputa ao Senado, na eleição suplementar para a vaga de Selma, cassada esta semana. Francis se acha "o...

Sindal repudia postura de "indicado"

O presidente do Sindal Jovanildo da Silva se diz traído por Osmar Capilé, representante dos segurados da AL e que exerce cargo de diretor dos Aposentados, que votou favorável a nova alíquota de 14% no Conselho da Previdência. O apoio ao aumento da cobrança gerou revolta entre os servidores do Legislativo, que partiram para cima de Jovanildo cobrando explicações. Em nota de repúdio, o sindicato, que o indicou como representante no...

Arena fechada ao público por 3 dias

virginia mendes curtinha 400   Nos seis primeiros dias de portas abertas, a Arena Encantada, considerada o maior parque natalino que Mato Grosso já viu, recebeu quase 10 mil visitantes. Mas ficará três dias inacessível ao grande público. Na segunda (16), a Arena será exclusiva das milhares de crianças...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.