Legislativo

Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014, 20h:14 | Atualizado: 24/04/2014, 20h:15

Polêmica

Câmara adia votação de representação contra Júlio e dá sinais de arquivar

Davi Valle/Rdnews

dilemario-alencar-camara-municipal-de-cuiabá-22-04-2014-Davi-Valle-(36).jpg

Vereador Dilemário Alencar acredita que processo contra Julio Pinheiro não prospera na Câmara

A Câmara de Cuiabá adiou a votação da representação proposta pelo PEN pedindo o afastamento do presidente, vereador Júlio Pinheiro (PTB). Além disso, os vereadores deram sinais de que irão arquivar a denúncia antes mesmo de investigá-la. Outra expectativa era que o novo pedido de cassação contra João Emanuel fosse apreciado hoje (24), mas também não entrou na pauta.

Para “ajudar” o correligionário, Dilemário Alencar (PTB) pediu a retirada do processo de afastamento de pauta para que os vereadores possam saber exatamente do que se trata. “Os vereadores não tiveram acesso a essa documentação. Não há nenhuma manobra para proteger Júlio, só não tem como votar em algo que não se sabe o que é”, garante.

A estratégia foi a mesma usada por Maurélio Ribeiro (PSDB) na última sessão para que os colegas não se manifestassem sobre processo contra João Emanuel.

Júlio Pinheiro é acusado pela legenda nanica de improbidades administrativas em sua primeira gestão como presidente da Casa. Segundo a denúncia, em conluio com o ex-prefeito de Cuiabá Chico Galindo (PTB), ele teria aprovado irregularmente suplementação de mais de R$ 200 milhões ao orçamento municipal sem submeter o pedido ao Plenário.

Dilemário dá sinais que a denúncia deve ser arquivada de imediato porque o PEN não teria legitimidade para propor afastamento ou cassação de qualquer parlamentar. “Conforme a legislação, partido que não tem representatividade na Câmara não pode propor nada”, afirma.

Além disso, alguns vereadores não dão moral à representação porque consideram que foi arquitetada por João Emanuel e o deputado José Riva para coagir os demais vereadores para não cassarem o mandato do social democrata. Nos bastidores a informação é de que o segurança de João Emanuel que agrediu a ativista Ivonete Jacob já presidiu o PEN.

Eles acreditam que a mesma tentativa de intimidação estaria ocorrendo com o anúncio de um suposto dossiê que enquadraria vereadores no crime de extorsão a João Emanuel na eleição da Mesa Diretora.

“Querem tirar o foco da investigação com esse pedido de afastamento do Júlio”, opina o vereador Ricardo Saad (PSDB), relator da Comissão de Ética da Câmara.

Toninho de Souza (PSD) argumenta que com Júlio a situação é diferente da de João Emanuel porque o processo disciplinar só foi instaurado após investigação e Operação Aprendiz do Gaeco. “Esta documentação em relação ao Júlio não existe dentro do Gaeco, há uma série de falhas e precipitações nesta representação”, garante.

O vereador diz que até o momento a Comissão não foi acionada para investigar ou se posicionar em relação à denúncia contra Júlio Pinheiro e portando não deve agir neste caso.

A Câmara também deixou para a próxima sessão a apreciação do novo pedido de cassação de João Emanuel (PSD) por conta da agressão do segurança dele à ativista.

Mesmo que não fossem retiradas de pauta as representações não seriam votadas por falta de quórum. Propositalmente ou não, a sessão de hoje contou com a presença de pouquíssimos vereadores e são necessários 2/3 dos 25 parlamentares para colocar em plenário a apreciação.

Caso os parlamentares decidam pela aprovação da denúncia contra Júlio e João Emanuel abre-se novos processos administrativos na instituição para investigar a quebra de decoro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • claudinete soares | Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014, 19h30
    0
    0

    Abre processo contra o presidente, por ter espancado a mulher dele, isso configura falta de decoro também.

  • CEARA | Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014, 17h48
    0
    0

    Todos os vereadores tem rabo preso com esse Julio Dinheiro esse DILEMARIA é outra que fez festa na secretaria mas isso é bom para o povo cuiabano tomar na cara tem que sofrer mesmo

Ex-deputada vai à vereadora em VG

zilda pereira 400 curtinha   A ex-deputada estadual Zilda Pereira Leite (foto) permaneceu pouco tempo na base dos Campos em Várzea Grande. Chateada por não ter sido renomeada como secretária de Educação, de cuja pasta havia se afastado por problemas de saúde, Zilda se filiou ao PSB, do pré-candidato...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

Dorner vai tentar prefeitura de novo

roberto dorner 400 curtinha   Em Sinop, o empresário e ex-deputado federal por alguns meses Roberto Dorner (foto), que deixou o PSD e aderiu ao Republicanos, está disposto a encarar de novo a disputa a prefeito. Em 2016, ele perdeu para Rosana Martinelli (PR) por uma diferença de 3.388 votos. É possível que ambos...

Um líder sob insatisfação dos colegas

dilmar dal bosco curtinha 400   O líder do governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (foto), tem enfrentado crítica velada e insatisfação dos colegas, principalmente dos deputados da base. Reclamam que o interlocutor do governador Mauro não move uma palha em defesa da liberação das emendas e, nas...

Jogada do prefeito Francis em Cáceres

paulo donizete 400 curtinha caceres   A sete meses de concluir o mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (PSDB) lançou uma jogada estratégica para ver se "cola". Apoia publicamente para prefeito o seu diretor da autarquia Águas do Pantanal, Paulo Donizete (foto), do mesmo partido, inclusive participou da reunião...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.